fbpx

sábado, 22 de janeiro de 2022

A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) pode ter, em 2022, o retorno de um político com mais de 30 anos de vida pública. O deputado federal Bosco Saraiva (Solidariedade), em entrevista exibida nesta quarta-feira (4), à TV RealTime1, anunciou que na próxima Eleição disputará uma vaga no parlamento estadual. Bosco falou, também, sobre a proposta de voto impresso auditável defendida pelo Governo Federal e avalia os argumentos de Bolsonaro como uma formar de discriminação ao povo brasileiro.

O deputado federal avalia que, no atual momento, pode construir muito mais com o povo do Amazonas estando no Estado que o elegeu para a Câmara Federal.

Bosco Saraiva já foi vereador da cidade de Manaus, esteve na Aleam, foi secretário de governo, vice-governador do Amazonas e atualmente cumpre o mandato de deputado federal após ter sido eleito com mais de 55 mil votos em 2018, representando 3,1% dos votos válidos.

“Eu percorri muitas estradas diferentes. A pauta de Brasília é muito interessante, mas a pauta estadual me interessa mais que a federal. A pauta de debate federal é muito interessante, mas tem 518 pra cuidar. Levando em conta um pouco da experiência que adquiri durante os 30 anos de atividades interruptas na vida pública, eu pretendo contribuir com a juventude, se assim o povo aceitar e me permitir fazendo política por mais quatro anos, cuidando do meu Estado. Com a experiência vivida em Brasília, com as relações construídas em Brasília e o fortalecimento dentro do meu partido, acho que contribuo melhor para o meu povo estando aqui”, explica o deputado.

Voto impresso auditável é retroceder ao passado

Para Bosco, o voto impresso é um retrocesso e Bolsonaro não conseguiu provar o que vem falando desde que foi eleito: que possivelmente houve fraude nas urnas. “Bolsonaro não falou em provas, falou em possibilidade de indícios. Tem uma realidade muito distante daquilo que seria necessário para influenciar a comissão, da qual eu faço parte. De 1996 pra cá não há um único caso que tenha sido comprovado de fraude nas Eleições no formato que temos”, avalia Bosco Saraiva.

Para o deputado do Solidariedade, os argumentos de Bolsonaro se resumem a discriminação ao povo brasileiro. “Essas coisas de dizer que só tem Brasil botão [voto eletrônico nas urnas], isso é de uma discriminação tão grande com a capacidade brasileira de fazer as coisas. Quem usa esse argumento é tão pobre de argumentação que diminui a capacidade do Brasil de produzir coisas”, dispara.

O que Bolsonaro quer, segundo Bosco Saraiva, é conferir aquilo que já está conferido. Para o deputado, é preciso observar que a notícia do voto impresso rememora na mente de muitos aquele sistema antigo [antes das Eleições de 1996, com o uso das urnas eletrônicas].

“O manuseio desses milhões de votos, no Brasil inteiro, não só nas capitais, mas nos Bolsões de pobreza [algumas comunidades do Norte e Nordeste], no sertão, no interior da Amazônia, no Vale do Jequitinhonha, onde muitos territórios ainda tem dono, nas áreas periféricas onde o crime organizado comanda sim algumas áreas, pode ter a possibilidade de haver manipulação”, acredita o deputado.

Texto: Isac Sharlon

Veja mais vídeos

Prefeitura de Manaus registra aumento de furtos em cabos de semáforos

A Avenida Cosme Ferreira foi a que mais sofreu com os furtos e vandalismos nos semáforos.

Há 12 horas 21 de janeiro de 2022

Wilson Lima anuncia mais 2 mil contemplados com a CNH Social

O projeto oferece gratuidade para as pessoas de baixa renda a primeira habilitação de motorista e troca de categoria para quem já é habilitado.

Há 13 horas 21 de janeiro de 2022

PIM deverá produzir 880 Mil bicicletas em 2022, alta de 17,4%

Duas fábricas do Polo Industrial de Manaus anunciaram ampliação da capacidade produtiva. Investimentos visam atender ao aumento de pessoas que aderiram ao hábito de pedalar.

Há 14 horas 21 de janeiro de 2022

Sesc Balneário abre matrículas para atividades esportivas

O Sesc oferta aulas para as modalidades de Futsal, Voleibol, Natação e aulas de artes marciais como MMA Fit e Jiu Jitsu.

Há 15 horas 21 de janeiro de 2022

Vacinação de idosos contra Covid-19 reduziu mortes em 63%, em Manaus

Estudo da Fiocruz/Amazônia feito em Manaus comprovou eficiência da vacinação contra Covid na redução de óbitos e internações de pessoas com mais de 60 anos, em mais de 60%.

Há 16 horas 21 de janeiro de 2022

Produção de motos do PIM deve crescer quase 8% em 2022

Abraciclo projeta que a produção de motos deve atingir 1.290.000 unidades em 2022. Volume representa crescimento de 7,9% na comparação com as 1.195.149 produzidas em 2021.

Há 16 horas 21 de janeiro de 2022

A Internet mudou as eleições e os políticos estão se adaptando, diz Santiago

Cientista político e advogado eleitoral, Carlos Santiago fechou a série de entrevistas promovidas pela TV RealTime1 sobre a nova lei que vai reger as eleições deste ano.

Há 20 horas 21 de janeiro de 2022

Estudantes da rede estadual desenvolvem embalagens biodegradáveis

De julho a dezembro de 2021, os estudantes de Manacapuru produziram em laboratório protótipos de bioembalagens.

Há 21 horas 21 de janeiro de 2022

Recarga de cartões do transporte público em Manaus pode ser feita via Pix

A ferramenta está disponível para recargas do cartão cidadão, vale-transporte e passagem estudantil.

Há 22 horas 21 de janeiro de 2022

ANS obriga planos de saúde a cobrir testes rápidos de Covid

O teste deve ter pedido médico e vale para pacientes sintomáticos, entre o 1º e o 7º dia desde o início dos sintomas.

Há 2 dias 20 de janeiro de 2022

Para comércio, medidas de prevenção à Covid são ‘prudentes e necessárias’

Maioria (38%) dos empresários ouvidos pela pesquisa consideram as ações "prudentes e necessárias". Outros 37%, "concordam plenamente" com a adoção de medidas de restrição.

Há 2 dias 20 de janeiro de 2022

Amazonastur participa de Feira Internacional de Turismo na Espanha

A participação da Amazonastur acontece de forma cooperada com a Embratur e ao lado de estados brasileiros que se apresentam no stand de cerca de 305 metros quadrados.

Há 2 dias 20 de janeiro de 2022