fbpx

quinta, 30 de junho de 2022

Produtoras do Amazonas de audiovisual (filmes, séries, documentários, animações etc) reduzirem, em média, em 40%, as contratações nos últimos dois anos devido a descontinuidade das políticas públicas para o setor e por causa da pandemia da Covid-19. A informação consta de um mapeamento do setor no Estado, o ‘Tela Amazônia‘. O estudo identificou que a maioria das produtoras locais estão no mercado há dez anos, sendo 98,4% formalizadas.

Grande fomentador de projetos entre longas, séries, animações e outros formatos entre 2014 até 2018, os editais do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) foram suspensos a partir do impeachment da presidente Dilma Roussef (PT) o que impactou o setor no País como um todo.

“A gente vinha de um crescente do setor no Brasil desde 2014 com políticas que fizeram descentralizar o repasse de recursos, em varias linhas de fomento de produções fora do eixo. A partir do impeachment da Dilma as politicas não tiveram continuidade e isso se refletiu nos Estados e Municípios”, diz o produtor executivo do mapeamento, Clemilson Farias.

Ele destaca que além disso, a pandemia da Covid-19, entre 2020 e 2021 também contribuiu para essa redução de contratações pois a atividade foi bastante afetada com as medidas restritivas, que embora necessárias para conter o vírus, restrigiram filmagens e exibições para grande audiências.

Falta de incentivos e de recursos é o principal gargalo

A descontinuidade das políticas públicas e a falta de recursos são apontados por 54% como os principais impedimentos para o desenvolvimento da produção Audiovisual no Estado. Para 85% dos entrevistados, o desenvolvimento do setor, no Amazonas, necessita de políticas públicas fortalecidas e contínuas, mas também de maior compreensão das ferramentas de captação de recursos privados e formação especializada dos agentes do setor local.

“Isso expõe que as empresas têm consciência de que elas ainda são muito dependentes das políticas públicas e que precisam também buscar e conhecer modelos de negócios que as ajudem a superar essa dependência”, explica Clemilson.

O setor aguarda no momento a decisão do presidente Jair Bolsonaro em relação às leis Aldir Blanc 2 e Paulo Gustavo, que destinam recursos para a Cultura, incluindo o setor audiovisual. Se sancionadas, as leis podem reativar linhas de fomento que reaqueçam a atividade no País.

O próprio levantamento foi contemplado com edital do Programa Cultura Criativa – 2020/Lei Aldir Blanc – Prêmio Feliciano Lana, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Amazonas, com a supervisão da Secretaria Especial de Cultura vinculada ao Ministério do Turismo.

Demandas

O mapeamento também identificou outras demandas do setor como a procura por capacitação de funções técnicas para execução dos projetos. Em especial, as principais demandas são por roteiro, profissionais de som direto, de pós-rodução de som, edição e preparação
de elenco.

Como diz o texto do estudo, “a falta de mão de obra qualificada faz com que muitos dos processos de produção das obras, realizadas no estado, necessitem ser finalizadas nas outras regiões do País”.

Apesar das deficiências, mais da metade das produtoras (53%) já licenciaram conteúdo para a televisão. No entanto, 66% delas não realizaram coprodução nacional. Outros 83% não realizaram coprodução internacional e somente 8% tiveram produção exibida em circuito comercial de cinema.

Por isso memo, 64% têm como meta ter produções voltadas para exibição em circuito comercial de cinema.

Veja mais vídeos

Há 20 anos Brasil era Pentacampeão na Copa do Mundo

Em 2002, a Seleção Brasileira vencia a Alemanha por 2 a 0, em Yokohama, no Japão, e conquistava o quinto título da Copa do Mundo.

Há 25 minutos 30 de junho de 2022

Brasil desaba em ranking de liberdade de expressão e tem 3ª pior marca

O ranking leva em conta fatores como liberdade de imprensa, controle de redes sociais, liberdade artística e acadêmica, participação social e violência política, entre outros

Há 1 hora 30 de junho de 2022

Governo do AM entrega mais R$ 10 mi para operação enchente 2022

No evento de entrega o governador anunciou um novo sistema de alerta de enchente para a municípios ameaçados pela enchente.

Há 3 horas 30 de junho de 2022

PIM fecha primeiro quadrimestre com alta de 8,96% no faturamento

Entre janeiro e abril, o faturamento total do Polo Industrial de Manaus ficou em R$ 52,68 bilhões, o que representa alta de 8,96% em relação ao mesmo período de 2021.

Há 4 horas 30 de junho de 2022

Sobre Wilson: ‘ele tem habilidade e é um dos favoritos para essa eleição’

Hissa Abrahão, pré-candidato a deputado federal (Avante-AM) avalia ainda o cenário econômico do país e afirma que vai lutar pelas reformas tributária, fiscal e industrial.

Há 6 horas 30 de junho de 2022

Substituta de Damares, ministra da Mulher recebe título de Cidadã do AM

Ministra de Bolsonaro, Cristiane Britto cumpre agenda de governo em alguns municípios do Amazonas, incluindo a capital Manaus – onde receberá título de cidadã amazonense.

Há 6 horas 30 de junho de 2022

Lufthansa planeja retorno do Airbus A380 em 2023

O A380 é a maior aeronave de passageiros do mundo e a reativação está relacionada ao forte aumento na demanda dos clientes.

Há 8 horas 30 de junho de 2022

R$ 100 reais passa a valer apenas R$ 13,43, entenda

A nota de R$ 100, que em julho de 1994 pagava o valor de um salário mínimo e ainda deixava troco, vale agora apenas R$ 13,43.

Há 9 horas 30 de junho de 2022

Anatel abre consulta para padronizar carregadores de celular

A estratégia vai ajudar a reduzir o lixo eletrônico e oferecer uma facilidade na hora da comprar smartphones.

Há 10 horas 30 de junho de 2022

Luva de Pedreiro fecha contrato para ser agenciado por Falcão

A troca acontece após uma série de polêmicas com o ex-empresário Allan de Jesus.

Há 1 dia 29 de junho de 2022

Governo das Filipinas manda fechar site de jornalista vencedora do Nobel da Paz

O site fez diversas denúncias contra o presidente A ordem de fechamento foi emitida pela Comissão da Valores Mobiliários das Filipinas.

Há 1 dia 29 de junho de 2022

Brasileiro é aprovado em 28 universidades nos Estados Unidos por habilidades em Fortnite

O Fortnite é um jogo on-line que contém elementos de exploração e sobrevivência. Todas as universidades o aprovaram e desejam contar com as habilidades do atleta de e-sports.

Há 1 dia 29 de junho de 2022