fbpx

sexta, 27 de maio de 2022

O setor da construção civil prevê redução no emprego da mão de obra e suspensões contratuais de novos empreendimentos, nos próximos três meses, em decorrência da escalada de preços dos insumos, dos juros, dos combustíveis, acrescida da inflação alta. A alternativa para o segmento, segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM), está na adoção de medidas de realinhamento de preços por parte do governo federal.

Segundo o presidente do Sinduscon-AM, Frank Souza, o segmento aguarda tomada de atitude por parte do governo federal no sentido de rever os preços praticados pelo mercado para tentar reequilibrar os valores contratados anteriormente. O presidente afirma que, caso o cenário de valores elevados se mantenha sem intervenção do governo, em até três meses a previsão é de redução na geração de emprego e de suspensão em obras, tanto públicas quanto privadas, já contratadas.

Souza explica que a empresa ao elaborar o projeto para a construção e fechar o contrato, adota os preços dos insumos em vigência naquele determinado período. Os valores, ao sofrerem reajuste, não refletem em alteração nos contratos já feitos anteriormente, impactando nos custos para a execução dos trabalhos.

“Esse cenário de aumentos já afeta o setor porque quem tinha planos estabelecidos para construir, adia os projetos. Mas, reflexos mais expressivos poderão ser sentidos se em até três meses não houver reequilíbrio de contratos e realinhamento de preços pelo governo federal. Ocorrerá a diminuição na mão de obra e projetos interrompidos”, comentou Souza.

Aumento no preço dos insumos da construção

Souza comentou que a atual conjuntura econômica, agravada pela guerra entre Rússia e Ucrânia, resulta em reajustes que pressionam o setor da construção civil. Ele relata que dois insumos considerados fundamentais para o segmento, que são o cimento e o aço, tiveram os preços elevados recentemente. O aço, segundo o empresário, teve o preço elevado em 15% percentual que deverá chegar aos 25%.

“Há uma cadeia de aumentos no preço dos insumos, somado a elevação no preço dos combustíveis, aumento da inflação e dos juros, essa somatória resulta em desequilíbrio de contratos. Outro insumo que teve o preço reajustado foi o cimento. Mas, com certeza, o item que puxa os maiores custos da construção civil é o aço”, informou Souza.

Texto: Priscila Caldas

Veja mais vídeos

‘Ele foi covarde e pequeno como sempre é’, diz Marcelo sobre Lira

Marcelo Ramos afirmou que sua saída do cargo de vice-presidente da Câmara foi uma questão política motivada pela ira de Bolsonaro e subserviência de Arthur Lira.

Há 8 horas 26 de maio de 2022

Fome no Brasil ultrapassa média global pela primeira vez, aponta pesquisa

Segundo pesquisa da Gallup, a fome afeta mais mulheres, famílias pobres e pessoas entre 30 e 49 anos.

Há 10 horas 26 de maio de 2022

Câmara aprova limite da alíquota de ICMS sobre combustíveis

Lei classifica os setores de combustíveis, gás natural, energia elétrica, comunicação e transportes como essenciais e indispensáveis, limitando a alíquota ao máximo de 17%.

Há 11 horas 26 de maio de 2022

Anitta investe em startup brasileira que fabrica ‘carne de planta’

Em novembro do ano passado, a empresa chegou ao valor de mercado de R$ 10,6 bilhões de reais. Hoje, atua em 30 países, sete deles na América Latina.

Há 13 horas 26 de maio de 2022

Amazonas precisa qualificar 114 mil trabalhadores da indústria até 2025

A Fieam levantou a demanda de profissionais da indústria a serem qualificados até 2025 no Amazonas para atender às novas demandas do setor na Zona Franca de Manaus.

Há 14 horas 26 de maio de 2022

‘Tenho certeza que o governador Wilson se reelege no 1º turno’, avalia Bonates

Pré-candidato à deputado federal, coronel Louismar Bonates (UB-AM), avalia cenário eleitoral e diz que Wilson Lima tem grandes chances de vencer no primeiro turno.

Há 15 horas 26 de maio de 2022

Saiba quem é Simone Tebet, aposta para terceira via nas eleições presidenciais

Senadora escolhida pelo MDB para ser a candidata da terceira via na corrida à Presidência da República, Simone Tebet têm experiência no parlamento e no executivo.

Há 16 horas 26 de maio de 2022

Pesquisa do IBGE aponta que 2,9 mi de brasileiros se declaram homo ou bissexuais

O estudo evidenciou que a imensa maioria da população brasileira se autodeclara heterossexual 94,8% dos brasileiros assim se autoidentificaram.

Há 17 horas 26 de maio de 2022

Primeira edição do ‘Studio K-Pop’ será realizada no Studio 5 Shopping

O evento vai ter apresentações de grupos covers, random play dance, competição de covers solo e uma feira de artigos coreanos e geek.

Há 18 horas 26 de maio de 2022

Preço de carros usados cai pela primeira vez em 21 meses

No acumulado do primeiro quadrimestre de 2022, foram comercializados mais de 3,7 milhões de veículos usados, 1 milhão a menos do que em 2021.

Há 19 horas 26 de maio de 2022

Padre celebra casamento do neto em Porto Alegre

O casamento aconteceu neste mês, antes de ser padre, o Paulo Müller foi casado por 29 anos e teve 4 filhos.

Há 1 dia 25 de maio de 2022

Entenda como surgiu o Dia do Orgulho Nerd, comemorado nesta quarta

A iniciativa teve origem na Espanha em 2006 com o ‘Dia del Orgullo Friki’,e se espalhou pelo mundo através da internet.

Há 1 dia 25 de maio de 2022