quinta-feira, 25 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Tecnologia fortalece produção agrícola no município de Barreirinha

Parceria entre Governo e agricultores rurais estimula mecanização agrícola em Barreirinha. A expectativa é o aumento da produção de frutas e hortaliças.
COMPARTILHE
Tecnologia

Na região do Baixo Amazonas, o incentivo à mecanização agrícola tem levado a agricultores rurais a expectativa no aumento da produção de frutas e hortaliças.

Exemplo desse incentivo se dá no município de Barreirinha, por meio da parceria entre a Associação dos Moradores do Distrito de Terra Preta do Limão e o Governo do Amazonas, por meio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam).

A mecanização realizada no Distrito de Terra Preta do Limão, localizado à margem direita do Paraná do Ramos, zona rural de Barreirinha, iniciou neste mês de agosto. Na localidade, o Idam tem auxiliado os produtores desde o preparo do solo, orientações sobre o manejo da cultura até a fase de colheita.

De acordo com o diretor-presidente do Idam, Valdenor Cardoso, o desenvolvimento rural só é possível quando se dispõe de uma equipe qualificada. Pois, dessa maneira, a equipe pode atender os agricultores em todas as etapas de produção, seja na assistência técnica, acesso ao fomento ou apoio à comercialização.

“Nossa missão é intensificar cada vez mais os serviços prestados ao agricultor familiar que precisa de estrutura para ampliar sua produção. Temos comprometimento com as questões do setor primário”, destacou Cardoso.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Sendo assim, a equipe está empenhada no atendimento aos mais de 670 beneficiários dos serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) prestados pelo Idam na região.

Mais produção

A mecanização está facilitando as práticas de campo e possibilitando a troca de enxadas e terçados por máquinas e implementos agrícolas.

Nesse sentido, o produtor Silvio Souza, que atualmente trabalha com os plantios de milho, hortaliças, maracujá, pimenta-de-cheiro e criação de aves.

“Temos que evoluir e acompanhar a tecnologia. Aos poucos vamos deixando o uso de enxadas e terçados por máquinas e implementos, diminuindo o esforço físico de quem trabalha no campo. E o Idam tem nos ajudado até com capacitação para operar essas máquinas e equipamentos”, relatou o produtor.

Ainda conforme o produtor, os trabalhadores estão ansiosos para triplicar a produção nas áreas que estão sendo mecanizadas. “A nossa intenção é que, até o mês de outubro deste ano, possamos iniciar o plantio de cinco hectares da cultura do milho”, destacou.

Na localidade, o Idam, com apoio dos agricultores, implantou duas Unidades Demonstrativas (UDs) de cultivo irrigado de maracujá consorciado com a pimenta-de-cheiro. Cada UD possui 0,5 hectare, e o objetivo é ampliar para 3 hectares até o final do ano.

Crédito Rural

Recentemente, o Idam elaborou três projetos de crédito rural no valor de R$ 180 mil, por meio dos programas de Pró-Mecanização e Pró-Calcário. Os projetos foram aprovados no mês de julho pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

COMPARTILHE