fbpx

sexta, 07 de maio de 2021

ZFM e vacinas: Amazonas prejudicado pelo governo do ‘amazonense’ Bolsonaro

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

29 de abril de 2021

Compartilhe

O governo comandado pelo cidadão amazonense Jair Bolsonaro (sem partido) desferiu pelo menos dois duros golpes contra o Amazonas nos últimos dias. Um deles foi a manobra do Secretário de Competitividade, Emprego e Produtividade do Ministério da Economia, Carlos Costa, que retirou da pauta da Reunião do Conselho de Administração da Suframa (CAS), o projeto técnico econômico no qual a empresa LG Electronics pedia autorização para produzir em sua planta de Manaus microcomputadores e monitores de vídeo. O outro golpe foi a suspensão da vacinação em primeira dose em Manaus a pedido do Ministério da Saúde.

____

FORA DO BRASIL

A proposta da multinacional LG Electronics tinha o parecer favorável dos demais membros do CAS. Era uma vantagem que o Amazonas havia conquistado quando a empresa anunciou que iria fechar sua fábrica de celulares em Taubaté (SP). Representante do Ministério da Economia, Carlos Costa simplesmente retirou o projeto de investimento no Amazonas da pauta, defendendo os interesses de São Paulo. O resultado é que a LG considera encerrar suas atividades no Brasil. Para os dirigentes da empresa sul-coreana, a decisão de Carlos Costa demonstra a instabilidade jurídica para se investir no País.

___

REINCIDENTE

Caso a LG Electronics decida efetivamente sair do Brasil, não será a primeira vez que uma decisão do Governo Federal prejudicando a ZFM “empurra” uma multinacional para fora do Brasil. O mesmo ocorreu no caso envolvendo o IPI dos concentrados, quando a fabricante de refrigerantes Pepsi decidiu fechar sua fábrica em Manaus e simplesmente sair do Brasil. Ou seja, os empregos que foram tirados do Amazonas não foram para São Paulo, como parece querer a política econômica do governo Bolsonaro. Saíram do Amazonas e foram beneficiar cidadãos de outro país.

___

NO PLENÁRIO DA CÂMARA FEDERAL

O deputado federal Zé Ricardo (PT) denunciou a manobra de representantes do Ministério da Economia, impedindo que a LG invista R$ 325 milhões, com geração de emprego e renda no Amazonas, no plenário da Câmara Federal, na manhã desta quinta (29). Zé Ricardo afirmou que irá questionar tanto a Suframa quanto o Ministério da Economia sobre essa medida que afeta os empregos e a arrecadação pública do Estado. Ele lembrou ainda de outra ação recente do Governo Federal e prejudicial à economia, ao tentar reduzir as alíquotas de Imposto de Importação, para facilitar a aquisição de produtos de informática vindos de outros países.

___

SEM VACINAS

No caso da suspensão da aplicação da primeira dose da vacina contra o coronavírus em Manaus, a orientação do Ministério da Saúde se dá por falta de vacinas suficientes para garantir a segunda dose a quem estaria se vacinando nesses dias. Estima-se que a paralisação na vacinação em primeira dose dure aproximadamente 15 dias. O resultado é que Manaus estará mais vulnerável ao coronavírus no advento de uma já bastante anunciada terceira onda da pandemia. Sem falar que fez o Amazonas cair para o 10º lugar no ranking nacional de vacinação.

___

CUIDANDO DA IMAGEM

Com vários holofotes de alcance nacional apontando em sua direção, o senador e presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD), decidiu cuidar de sua imagem virtual nas redes sociais. O senador, que não era conhecido por ser um dos mais atuantes nas redes sociais, aproveitou os holofotes para, enfim, trocar suas fotos de perfil do Facebook e ainda criou um perfil no Instagram, onde pediu que os seguidores acompanhassem seu trabalho. Foto de perfil do Twitter foi igualmente atualizada.

___

AUTOGOLPE

O deputado Dermilson Chagas (Podemos) levou duras invertidas ao sugerir que a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) fechasse as portas. Dermilson estava irritado com o fato de que o comandante da PM, Ayrton Ferreira do Norte, declinou do convite amigável do deputado Wilker Barreto (Podemos), para ir à Aleam prestar esclarecimentos sobre recursos repassados para a compra de fardamentos dos PMs. “Se essa casa não tem força para nada, feche”, declarou um revoltado Dermilson.

___

PEDE PRA SAIR

A sugestão de Dermilson não agradou os colegas. Presidindo a mesa, o deputado Carlinhos Bessa (PV) argumentou que a Aleam não pode ser fechada por ser a “Casa do Povo e disse que o respeito tem que começar pelos próprios deputados. Irritado, Felipe Souza (Patriota) foi mais ríspido com Dermilson: “O deputado se sente sem força para demonstrar o seu trabalho? Ele tem a oportunidade de ir à tribuna e renunciar. Se alguém acha que está tolido no seu trabalho e não consegue representar os seus eleitores é só subir na tribuna, renunciar, o suplente assume e o jogo segue”, disparou.

___

HOMENAGENS

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) concede, nesta quinta-feira (29) a medalha Ruy Araújo, sua mais alta comenda, ao advogado Flávio Cordeiro Antony Filho, secretário chefe da Casa Civil do governo Wilson Lima. Ele substituiu o vice-governador Carlos Almeida no cargo. Também nesta-quinta, durante a sessão ordinária da Casa Parlamentar, houve uma cessão de tempo para homenagear o Exército Brasileiro na pessoa do comandante do Comando Militar da Amazônia (CMA), general Estevam Cals Theophilo Gaspar.

Leia mais sobre Política

Codajás recebe quase R$ 400 mil em projetos de crédito rural do Governo

Os valores foram destinados para pesca artesanal (R$301.656,85) e agricultura familiar (R$96.288,00), sendo financiados pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

7 de maio de 2021

Pacheco escreve a embaixador chinês e fala em ‘relação construtiva’

O presidente do Senado finaliza a carta convidando Yang Wanming para uma visita à Casa Legislativa assim que as condições pandêmicas tornarem o encontro favorável.

7 de maio de 2021

Auxílio Enchente começa a ser pago em Anamã pelo governador Wilson Lima

Operação Enchente leva ajuda humanitária, água potável e ações nas áreas social, de saúde e de fomento aos municípios em Situação de Emergência.

7 de maio de 2021

Gasolina do Cotão dos 24 deputados estaduais enche 300 tanques

No período em que a presença física nas sessões é facultativa, dois dos 24 deputados consumiram gasolina suficiente para ir e voltar sete vezes a Boca do Acre.

7 de maio de 2021

Carlos Almeida não deve ser ouvido pela CPI da Covid no Senado

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

7 de maio de 2021

Vereadores gastam R$ 272 mil com assessoria e divulgação

O vereador campeão nesse gasto foi Ivo Neto (Patriota), que utilizou R$ 19.800 nessas atividades. No entanto, assessoria não evitou que ele apresentasse um projeto repetido.

7 de maio de 2021

Não vai ter ‘pizza’: para 38% dos brasileiros, CPI atingirá objetivos

Segundo levantamento EXAME/IDEIA, 38% acreditam que a CPI vai apontar culpados pelas falhas no combate à pandemia, aumentar o ritmo da vacinação e a elevar valor do auxílio.

7 de maio de 2021

Mourão diz que Pazuello foi ‘risco’ à Saúde e o quer em ‘traje civil’ na CPI

Para o vice-presidente, decisão em colocar o general Pazuello à frente do Ministério foi um risco e que ser general 'da ativa ou reserva' não o impede de ir ao Senado depor.

7 de maio de 2021