fbpx

sexta, 12 de agosto de 2022

Wilson Lima destaca que concurso da PM vai corrigir déficit da tropa

Governador esteve reunido com a cúpula da corporação. Destacando que há mais de uma década não realizavam concursos para a Polícia. Wilson falou em "reparação histórica".

5 de janeiro de 2022

Compartilhe

Inscrições para o certame, que oferece 1.350 vagas, terminaram ontem (Foto: Divulgação)

Em reunião com o alto comando da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), o governador Wilson Lima destacou que o concurso público com 1.350 vagas para ingresso no quadro de servidores da corporação vai corrigir um déficit histórico.

O governador foi recebido pelo comandante-geral da PM, coronel Vinícius Almeida; pelo subcomandante-geral, coronel Algenor Maria da Costa Teixeira Filho; pelo chefe do Estado Maior, coronel Eyderson Prado da Fonseca; e outros oficiais. O encontro entre o governador e coronéis da corporação ocorreu no Comando Geral da PMAM, zona sul de Manaus.

“Há mais de dez anos que não tinha um concurso público da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Temos um déficit histórico a ser corrigido”, disse o governador.

As inscrições para o certame se encerraram ontem (4), quando também foram encerradas as inscrições para o Corpo de Bombeiros, certame que vai ofertar 453 vagas. Em até três dias, a Fundação Getulio Vargas (FGV), banca organizadora dos concursos, irá divulgar o total de inscritos. O Estado também vai realizar concurso para a Polícia Civil (PC-AM), Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-AM) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM).

No encontro com a cúpula da PM, Wilson Lima também destacou as conquistas concedidas à corporação neste ano, como a convocação de policiais que estavam no cadastro de reserva e, ainda, a transformação da Gratificação por Tempo Extra (GTE) em Serviço Extra Gratificado (SEG) aumentando a possibilidade do policial receber de R$ 900 para R$ 1,9 mil por mês”, pontuou o governador.

Wilson Lima disse ainda que quartéis da Polícia Militar serão reformados neste ano, e citou que a construção do quartel das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), já foram iniciadas, um sonho antigo da tropa.

Da Redação, com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Aliados de Bolsonaro atrelam à esquerda o manifesto pela democracia

Aliados de Bolsonaro sabem que o saldo do dia é negativo, por isso criaram nas redes sociais a hashtag #ADemocraciaÉdeTodos para se contraporem aos atos.

11 de agosto de 2022

Em vídeo, Wilson reitera compromisso de entregar rodovia AM-010

O governador do Amazonas diz que este ano serão entregues 100 quilômetros pavimentados da estrada e a meta é reduzir em uma hora o tempo da viagem Manaus-Itacoatiara.

11 de agosto de 2022

Bens de Ricardo Nicolau diminuem R$ 156 mil de uma eleição para outra

Em 2020, quando disputou a Prefeitura de Manaus, Ricardo Nicolau declarou R$ 296 mil em bens. Agora, na disputa pelo Governo, o total é de apenas R$ 141 mil.

11 de agosto de 2022

No AM, PCO aposta em candidatura única e feminina à Câmara Federal

O partido de esquerda aposta na candidatura de Tereza Cristiny Lima Cavalcante à deputada federal e apoia Lula na disputa pela presidência, mas rejeita Geraldo Alckmin.

11 de agosto de 2022

Deputados federais do AM registram bens que somam R$ 10,2 milhões

O patrimônio dos sete deputados que buscam a renovação do mandato cresceu R$ 3 milhões em quatro anos. Parlamentares bolsonaristas registram os maiores ganhos nesse período.

11 de agosto de 2022

Amazonenses realizam ato pela democracia na Praça da Saudade

Evento está programado para iniciar às 15h desta quinta-feira (11), com a presença de entidades estudantis, sindicatos e partidos políticos locais.

11 de agosto de 2022

Ato pró-democracia mira Bolsonaro com pedido de respeito às urnas

O documento reúne mais de 600 mil assinaturas de membros do setor produtivo e presidenciáveis. A carta reage às falas do presidente contra as urnas.

11 de agosto de 2022

Decisão do TSE tira Pros de Amazonino e o entrega para Henrique

O julgamento do TSE, que decidiu por 4 a 3 manter Eurípedes Júnior na presidência nacional do Pros, beneficiou candidatura majoritária de Henrique Oliveira no AM.

11 de agosto de 2022