fbpx

quinta, 07 de julho de 2022

Wilson assina acordo de cooperação para recadastrar pescadores do AM

Com o Acordo de Cooperação Técnica (ACT) entre os governos Estadual e Federal, a meta é atender cerca de 10 mil pescadores; recadastramento inicia nesta sexta-feira (1º/10).

30 de setembro de 2021

Compartilhe

De acordo com o Mapa, todo o procedimento de cadastramento e recadastramento será realizado de forma 100% on-line (Foto: Divulgação)

O governador do Amazonas, Wilson Lima, assinou, nesta quarta-feira (29), um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) com o Governo Federal para viabilizar o recadastramento dos pescadores artesanais do estado. O recadastramento – que será realizado de forma on-line – inicia na próxima sexta-feira (1º/10) e segue até 22 de setembro de 2022. A meta é cadastrar e recadastrar aproximadamente 130 mil pescadores.

Os pescadores e entidades de classe receberão assistência técnica prestada por meio da parceria entre a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Além disso, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) também apoiará as ações, que ocorrerão em escolas da rede estadual de ensino no interior.

A assinatura foi acompanhada por membros de federações que representam 127 mil pescadores no estado: Federação dos Trabalhadores da Pesca e Aquicultura do Amazonas (Fetape-AM), Federação do Estado do Amazonas e Roraima (Fepesca) e Federação dos Sindicatos de Pescadores Artesanais do Amazonas (Fesinpeam). O superintendente da Federal de Agricultura no Amazonas, Guilherme Pessoa, também esteve presente.

“É compromisso nosso, apesar de ser uma política do Governo Federal, eu não posso deixar ninguém de fora. A gente tá beneficiando uma categoria que foi muito prejudicada por conta da pandemia e por conta da questão da doença urina preta. Ninguém ficará para trás”, disse Wilson Lima.

A primeira ação ocorrerá no município de Itacoatiara, nesta sexta-feira, a partir das 9h, no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Dom Jorge Edward Marskell, localizado na avenida José Tadros, 1535, a partir das 9h.

“Hoje nós estamos muito felizes e contentes com a assinatura deste ACT. Só temos é que agradecer. O que está sendo construído hoje é um protótipo de um modelo que começa pelo Norte”, disse Walzenir Falcão, da Fepesca.

O atual Governo do Amazonas é o que mais investiu no setor primário. O trabalho é reconhecido pelos profissionais da pesca. “Ao longo desses 25 anos eu não havia visto um governo de coragem que pudesse mudar a cara do setor primário. Ganhamos o respeito e a dignidade de um governo que se preocupa com seu povo”, relatou Jocenir Oliveira, da Fetape.

SisRGP 4.0

De acordo com o Mapa, todo o procedimento de cadastramento e recadastramento será realizado de forma 100% on-line, pelo Sistema Informatizado do Registro Geral da Atividade Pesqueira (SisRGP 4.0), permitindo o cruzamento de dados, beneficiando os profissionais da pesca, combatendo fraudes, desburocratizando o processo e garantindo direitos como o recebimento do seguro-defeso.

O novo sistema do Governo Federal, lançado no dia 29 de junho, fará o levantamento de situações de inatividade de pescadores por morte, recebimentos indevidos de benefícios por pessoas que não se enquadram na condição de pescadores; bem como a identificação de pessoas que ainda não recebem os benefícios por nunca terem sido cadastradas.

Capacitação

Na manhã desta quarta-feira, técnicos da Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura da Sepror receberam uma capacitação para auxiliar no cadastramento e recadastramento dos pescadores e pescadoras, utilizando a estrutura dos Cetis da Seduc no interior.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Justiça do AM suspende show de Wesley Safadão com cachê de R$ 700 mil

Show de Wesley Safadão estava marcado para acontecer em agosto, mas o MPAM entrou com ação contra a Prefeitura e provocou a decisão da Comarca de Tabatinga.

6 de julho de 2022

Parlamento europeu pode condenar ataques do presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro havia afirmado que Dom e Bruno, assassinados em junho deste ano no Vale do Javari, no Amazonas; estavam em uma aventura não recomendável.

6 de julho de 2022

Lula tem 45% contra 31% de Bolsonaro no primeiro turno, mostra Quaest

Na pesquisa anterior da Quest, divulgada em junho, Lula tinha 46% das intenções de votos contra 30% do presidente Bolsonaro, comprovando estabilidade na disputa do eleitor.

6 de julho de 2022

Com cota feminina mantida, cresce preocupação com candidaturas laranjas

Após virar lei, e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinar que a mínima de 30% de candidaturas femininas deverá ser cumprida, individualmente

6 de julho de 2022

Legítima defesa da honra em feminicídios pode ser proibida no Brasil

Comissão na Câmara Federal aprovou projeto de lei que proíbe o uso da tese da "legítima defesa da honra" como argumento para a absolvição de acusados de feminicídio.

6 de julho de 2022

Pré-candidaturas femininas são as mais competitivas no PCdoB, avalia Eron

Das nove vagas que a sigla esquerdista tem direito na federação, quatro são ocupadas por pré-candidatas. O PCdoB lançou quatro pré-candidaturas femininas.

6 de julho de 2022

PT do AM já reconhece que executiva nacional definirá apoio a Braga

Sinésio Campos afirmou que vai acolher qualquer decisão do comitê nacional da sigla e confirmou que o nome do senador Eduardo Braga não está descartado.

6 de julho de 2022

Paulo Guedes vai ter que explicar na Câmara ameaças à Zona Franca

O requerimento para a convocação de Paulo Guedes, de autoria do deputado federal Zé Ricardo (PT), foi aprovado nesta quarta-feira (6). Agora, ele será obrigado a comparecer.

6 de julho de 2022