fbpx

domingo, 14 de agosto de 2022

STF prorroga inquérito sobre suposta interferência de Bolsonaro na PF

Ministro Alexandre de Moraes prorrogou por mais 90 dias o inquérito por considerar a necessidade de prosseguimento das investigações e a existência de diligências.

7 de janeiro de 2022

Compartilhe

Bolsonaro (à esquerda) e o ministro Alexandre de Moraes (Fotos: Reprodução)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes prorrogou por mais 90 dias o inquérito que apura a suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal (PF) e o crime de denunciação caluniosa por parte do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro.

“Considerando a necessidade de prosseguimento das investigações e a existência de diligências em andamento, nos termos previstos no artigo 10 do Código de Processo Penal, prorrogo por mais 90 dias, a partir do encerramento do prazo final anterior (27 de janeiro de 2022), o presente inquérito”, decidiu o ministro. 

A abertura do inquérito sobre a suposta interferência na PF foi autorizada em abril de 2020, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

O objetivo é apurar declarações do ex-juiz Sergio Moro, que ao se demitir do cargo de ministro da Justiça, naquele ano, acusou o presidente de tentar interferir na PF por meio da troca do diretor-geral da instituição. 

Desde que o ex-juiz fez as acusações, o presidente Jair Bolsonaro tem afirmado que não interferiu na PF e que são “levianas todas as afirmações em sentido contrário”.

Com informações da Agência Brasil.

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro e Lula travam disputa sobre valor do Auxílio Brasil

Promessa de manter benefício em 2023 assume papel central na campanha dos dois candidatos que lideram as pesquisas

14 de agosto de 2022

Presidenciáveis dão largada na campanha com foco no Sudeste

Região Sudeste concentra 42,6% dos eleitores do país. A dois dias do início da propaganda eleitoral gratuita, Lula se mantém na dianteira, enquanto Bolsonaro cresce.

14 de agosto de 2022

TRE-AM dá nome a cartório eleitoral de indigenista assassinado em Atalaia do Norte

O pleno do TRE-AM reconheceu, por unanimidade, colaboração do indigenista Bruno Pereira, assassinado em junho no Vale do Javari, par a instalação de novas seções eleitorais.

13 de agosto de 2022

Michelle assume protagonismo na marcha para Jesus com evangélicos

Durante a marcha, presidente falou em 'luta contra o comunismo' e convocou população para ato em Copacabana no Sete de Setembro.

13 de agosto de 2022

Wilson adere ao TikTok para ampliar comunicação com eleitores

Wilson Lima anuncia adesão ao TikTok convocando seguidores e fazendo dancinha, para buscar o eleitorado mais jovem, maioria dos perfis do aplicativo.

13 de agosto de 2022

Com medo de rejeição, aliados escondem Bolsonaro nas redes sociais

Aliados oficiais do PL não mencionaram o mandatário nenhuma vez no atual semestre. Dos 27 palanques que Bolsonaro já garantiu, 10 não fazem menção a ele nas redes sociais.

13 de agosto de 2022

Floração dos ipês cria disputa entre os aliados Arthur e Amazonino na web

A floração dos ipês deu destaque às plantas nas redes sociais e os ex-prefeitos - e aliados de momento - aproveitaram para tentar associar seus nomes à autoria do projeto.

13 de agosto de 2022

Chico Preto pede registro de candidatura avulsa ao Senado

Ex-vereador deverá enfrentar dificuldade para obter registro por fora da coligação de apoio ao governador Wilson Lima, que escolheu coronel Menezes como candidato ao Senado.

13 de agosto de 2022