fbpx

domingo, 17 de janeiro de 2021

Servidores que trabalharam com David Almeida vão depor na CPI da Saúde

Ex-gerente de gerente de Compras e ex-Secretário Adjunto de Atenção Especializada do Interior da Susam, do governo de David Almeida, vão depor na CPI da Saúde

30 de julho de 2020

Compartilhe

Foto: Divulgação

O deputado estadual Delegado Péricles (PSL), que preside a CPI da Saúde, afirmou que às 15h desta quinta-feira, Narelda da Silva Barros, ex-gerente de compras da secretaria de Estado da Saúde (Susam) vai ser ouvida pelos colegiados da Comissão.

O parlamentar também confirmou que ouvirá Edivaldo da Silva, ex-secretário Adjunto de Atenção Especializada do Interior em seguida. Ambos depoentes exerceram as atividades durante o governo de David Almeida (Avante) em 2017.

De acordo com o parlamentar, os ex-servidores tem relação direta com um possível esquema fraudulento de exames superfaturados. O deputado afirmou que durante o governo de David Almeida, a empresa Norte Serviços Médicos recebeu R$ 868 mil reais.

Segundo o parlamentar, a quantia foi paga para custear quatro dias de serviços prestados nos municípios de Guajará, Ipixuna e Envira.

O delegado Péricles afirmou que o valor foi pago para a realização de exames de coloscopia e conização nos dias 28 e 29 de julho e nos dias 10 e 11 de agosto.

Durante pronunciamento no pequeno expediente, o deputado disse que a CPI  da Saúde não vai ser utilizada como palanque político.

“Caso, posteriormente, apareça outra pessoa. Seja ex-governador ou secretário de saúde, relacionado a esse ou qualquer outro fato de corrupção. Certamente serão chamados. Mas a CPI não servirá de palanque para nenhum político”, disse o deputado.

O ex-governador David Almeida (Avante) protocolizou, no início da manhã de segunda-feira, documento na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Ele se colocou à disposição para ser ouvido pela comissão que forma a CPI da Saúde. O pedido, porém, foi negado pelo Delegado Péricles.

Próximos depoentes

Nesta sexta-feira, Maria de Belém Martins Cavalcante, Ex-secretária executiva do Fundo Estadual de Saúde (FES) vai prestar depoimento às 14h na CPI da Saúde. E às 16h, João Carlos dos Santos, Médico responsável pela realização dos exames de Coloscopia e Conização, vai ser ouvido pelos parlamentares.

Todos os servidores acionados realizaram trabalhos durante o governo de David Almeida.

Governos Anteriores

Somente em 2017, durante a transição dos governos de José Melo (PROS), David Almeida (Avante), e Amazonino Mendes (Pode), R$ 9,5 milhões foram pagos à empresa Norte Serviços.

De fevereiro a dezembro de 2018, no governo de Amazonino Mendes, a empresa recebeu R$ 7,8 milhões do Estado.

Na gestão do governador Wilson Lima (PSC), R$ 6,1 milhões foram entregues à Norte Serviços Médicos, no período entre de fevereiro a dezembro de 2019. Em 2020, a empresa recebeu R$ 1,2 milhão entre os meses de fevereiro a junho.

Texto: Izaías Godinho

Leia Mais:

Empresa recebeu quase R$ 25 milhões ao longo de quatro governos

David Almeida quer falar à CPI da Saúde e desafia Amazonino Mendes

Dr Gomes desmente antecipação de seu parecer em relatório final

Veja mais notícias

Toque de recolher e outras restrições são prorrogados até final do mês

O cenário crítico do Amazonas em relação à pandemia da Covid-19 obrigou o Governo a prorrogar as medidas de enfrentamento ao vírus.

17 de janeiro de 2021

Inep notifica estudantes do AM sobre cancelamento do Enem

As provas estavam agendadas para este domingo (17) e para o domingo da semana que vem, no dia 24 de janeiro.

16 de janeiro de 2021

Consumo de oxigênio depende do grau de comprometimento pulmonar

Médica infectologista relatou que o consumo de oxigênio em um paciente internado, na fase inicial, começa com três litros do gás e pode chegar a 15 litros por dia.

16 de janeiro de 2021

Governo do Amazonas anuncia prorrogação de decreto neste domingo

Em novo decreto a ser publicado, Governo irá prorrogar a restrição ao funcionamento do comércio não essencial em todo o estado até o fim de janeiro.

16 de janeiro de 2021

Anvisa decide neste domingo se aprova uso emergencial de vacinas

Dretoria da Anvisa irá analisar os processos das vacinas Coronavac, fabricado pelo Instituto Butantan com o laboratório Sinovac, e da Oxford/AstraZeneca, da Fiocruz.

16 de janeiro de 2021

A velha tática de contar uma mentira mil vezes até virar verdade

Repasse de R$ R$ 8.91 bilhões que Bolsonaro alega ter efetuado para o combate à Covid-19 no Amazonas não corresponde à verdade, mas é reproduzido nas redes sociais.

16 de janeiro de 2021

Bolsonaro mente ao dizer que repassou R$ 8,9 bi para Covid no AM

Dos R$ 8,9 bilhões divulgados nas redes sociais, apenas 10% foram recursos para o enfrentamento da Covid. Resumindo: apenas R$ 212,83 por habitante do Amazonas.

16 de janeiro de 2021

AM teve que remanejar quase R$ 400 milhões para a Saúde em 2020

Para se ter uma ideia, somente nos meses de março e abril, auge do primeiro pico da pandemia no estado, foram remanejados aproximadamente 200 milhões.

16 de janeiro de 2021