fbpx

sábado, 21 de maio de 2022

Em Manaus, Queiroga defende vacinação mas critica passaporte vacinal

Marcelo Queiroga pediu esforço dos estados para aumentar os níveis de vacinação, mas criticou a adoção do passaporte vacinal ao dizer que o documento não ampliaria os números

22 de janeiro de 2022

Compartilhe

Ação de estímulo à vacinação foi realizada simultaneamente nos sete estados da região Norte (Foto: Antônio Pereira / Semcom)

Na manhã deste sábado (22) o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, participou de uma ação para estimular a imunização contra Covid-19 e a testagem nos sete estados da região norte. Durante o encontro, no Sambódromo de Manaus, o ministro estava acompanhado do governador Wilson Lima (PSC), do prefeito David Almeida (Avante) e representantes das secretarias municipal e estadual de saúde.

Queiroga reforçou as ações do Ministério da Saúde na região Norte desde o começo da gestão Bolsonaro e afirmou que o momento, apesar de preocupante, é melhor que o cenário de 2020 e 2021.

”Hoje nós estamos mais fortes, nosso sistema de saúde tem capacidade de atender casos graves de síndromes respiratórias. A região norte merece nossa atenção especial, mas é uma região continental, cheia de desafios, com áreas remotas de difícil acesso”, afirmou.

O ministro fez um apelo para que a população se vacine. ”Levem aqueles que você conhece que não tomaram a segunda dose da vacina ou a dose de reforço, só assim seremos efetivos em evitar casos graves dessa doença”. Entretanto, fez críticas às discussões sobre o passaporte vacinal, afirmando que o documento não geraria um aumento nos índices de imunização do país.

”Não é só querer inventar passaporte disso ou passaporte daquilo achando que isso vai ampliar a cobertura de vacina”, declarou o ministro, que no final do encontro assinou uma portaria prorrogando o contrato com os médicos do programa Mais Médicos que foram convocados pela Prefeitura de Manaus durante a segunda onda de Covid-19 em janeiro do ano passado.

Durante o encontro, o governador Wilson Lima (PSC) enfatizou que os investimentos feitos na gestão dele contribuíram para que o estado esteja em uma situação melhor em relação à primeira e a segunda onda de Covid-19 e agradeceu a parceria do ministro.

”Quando eu assumi, o Hospital Delphina Aziz tinha 130 leitos, agora tem 350. É um hospital que não deixa nada a desejar para o Sírio Libanês ou o Albert Einstein em São Paulo”.

Wilson disse ainda que e breve o Amazonas vai receber mais usinas de oxigênio. ”O estado não tinha nenhuma usina de oxigênio, hoje temos 41 e na semana que vem vamos receber mais 26”.

O prefeito David Almeida (Avante) também agradeceu a parceria com o governo Federal. ”Todas vezes que eu precisei, eu pude contar”, completou. David também destacou a importância da vacinação para a diminuição de casos graves de infecções pelo coronavírus.

”Em janeiro de 2021 [sem a vacina] nós tivemos 2167 mortes por Covid em Manaus, até o dia 18 desses mês nós tínhamos registrado 14 óbitos”.

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson destina mais de R$ 57 milhões para os municípios Caapiranga e Anamã

Os investimentos do Governo do Amazonas têm o objetivo de melhorar a infraestrutura, o escoamento da produção agrícola e a trafegabilidade nos dois municípios.

20 de maio de 2022

Moraes bloqueia bens de Daniel Silveira para garantir pagamento de multas

Medida do ministro Moraes visa garantir que Daniel Silveira pague as multas acumuladas em mais de R$ 600 mil pelo descumprimento do uso de tornozeleira eletrônica.

20 de maio de 2022

Wilson anuncia R$ 1,3 milhão para equipamentos no Hospital de Caapiranga

O hospital recebeu reforma geral, passando por ampliações e adaptações, sendo necessário para o completo atendimento aos usuários, e reforço na estrutura.

20 de maio de 2022

Aliados de Bolsonaro indicam nova visita do presidente ao AM no dia 28 de maio

O anúncio da vinda do presidente foi feito por seus aliados no Amazonas. No entanto, a agenda presidencial ainda não foi divulgada oficialmente pelo Planalto.

20 de maio de 2022

Lula estabiliza em 44% contra 32% de Bolsonaro em nova pesquisa Ipespe

Pesquisa foi realizada por telefone, entre os dias 16 e 18 de maio, com 1 mil entrevistados com idade a partir de 16 anos, em todas as regiões do país.

20 de maio de 2022

Prefeitos do AM criam novo fórum e esvaziam Associação de Municípios

Desde a eleição de Jair Souto para o comando da AAM, os demais prefeitos reclamam da falta interlocução dele com o Governo do Estado para sanar demandas do interior.

20 de maio de 2022

Escolha de ouvidor-geral nas Defensorias deve ser em lista tríplice

Segundo relator Gilmar Mendes, as atribuições conferidas aos membros da Ouvidoria-Geral das Defensorias Públicas estão entre as previstas na Constituição Federal

20 de maio de 2022

‘Wilson levou asfalto onde jamais imaginavam’, diz pré-candidato do Republicanos

Pastor da Igreja Universal diz que não é bolsonarista e tem opinião própria sobre a corrida presidencial, mas se for eleito buscará parceria mesmo com Lula na presidência.

20 de maio de 2022