fbpx

sábado, 08 de maio de 2021

Pros tem nova direção e planeja fazer dois deputados federais

Partido quer voltar a ter relevância no Amazonas, onde já teve um deputado federal e um governador, José Melo. Meta para 2022 é garantir vagas na Câmara Federal.

15 de abril de 2021

Compartilhe

Henrique Oliveira (à esquerda) e Doutor Mike (centro) devem ser os candidatos a deputado federal pelo Pros. (Foto: Reprodução))

O Partido Republicano da Ordem Social, o Pros, planeja crescer no Amazonas e voltar a dar as cartas na política amazonense como na metade da década passada, quando ocupava o Governo do Estado, com José Melo, e o vice, Henrique Oliveira. Para isso, renovou o diretório estadual nessa semana e assumiu a missão de espalhar o partido pelos municípios elegendo ao menos dois deputados federais.

O novo presidente é o dentista Ezequiel Nascimento, o doutor Mike, que trabalhou no governo Wilson Lima (PSC) como presidente da Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social (AADES), que tinha também a esposa dele Kathlen Braz como uma das diretoras.

Doutor Mike também foi dirigente do PSC, partido do governador. Embora uma aliança com Wilson não esteja descartada, Doutor Mike diz que uma candidatura majoritária também não está fora dos planos.

“ Já estamos preparando uma nominata, para que possamos construir uma candidatura e concorrer de igual pra igual, a fim de termos dois deputados federais do partido na bancada do Amazonas no Congresso Nacional”, declarou Doutor Mike, adiantando qual será a prioridade do partido.

Um dos nomes para encabeçar o projeto político do Pros é exatamente o de Henrique Oliveira, que sonha em reverter a sentença da justiça eleitoral que o tornou inelegível em 2017 quando cassou o ex-governador José Melo e o próprio Henrique.

“Nossa missão é organizar, estruturar, viajar todos os municípios do interior, reestruturando os diretórios municipais, fortalecendo cada um deles, para que possamos fazer do Pros o maior partido do Estado do Amazonas, e, se Deus quiser, um dos maiores do Brasil. Essa é nossa missão e a gente está aqui com muita força e determinação pra chegarmos lá”, declarou.

O partido, fundado em 2011, conta com mais de 123 mil filiados nacionalmente e cinco mil filiados distribuídos pelos 62 municípios do Amazonas.

No ano passado, o Pros se aliou ao Avante para conquistar a prefeitura de Manaus com David Almeida, conseguindo com isso eleger um vereador em Manaus: Elan Alencar. Doutor Mike disputou essa eleição pelo PSC, mas não conseguiu se eleger.

Texto: Gerson Severo Dantas, com informações de assessoria

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Codajás recebe quase R$ 400 mil em projetos de crédito rural do Governo

Os valores foram destinados para pesca artesanal (R$301.656,85) e agricultura familiar (R$96.288,00), sendo financiados pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

7 de maio de 2021

Pacheco escreve a embaixador chinês e fala em ‘relação construtiva’

O presidente do Senado finaliza a carta convidando Yang Wanming para uma visita à Casa Legislativa assim que as condições pandêmicas tornarem o encontro favorável.

7 de maio de 2021

Auxílio Enchente começa a ser pago em Anamã pelo governador Wilson Lima

Operação Enchente leva ajuda humanitária, água potável e ações nas áreas social, de saúde e de fomento aos municípios em Situação de Emergência.

7 de maio de 2021

Gasolina do Cotão dos 24 deputados estaduais enche 300 tanques

No período em que a presença física nas sessões é facultativa, dois dos 24 deputados consumiram gasolina suficiente para ir e voltar sete vezes a Boca do Acre.

7 de maio de 2021

Carlos Almeida não deve ser ouvido pela CPI da Covid no Senado

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

7 de maio de 2021

Vereadores gastam R$ 272 mil com assessoria e divulgação

O vereador campeão nesse gasto foi Ivo Neto (Patriota), que utilizou R$ 19.800 nessas atividades. No entanto, assessoria não evitou que ele apresentasse um projeto repetido.

7 de maio de 2021

Não vai ter ‘pizza’: para 38% dos brasileiros, CPI atingirá objetivos

Segundo levantamento EXAME/IDEIA, 38% acreditam que a CPI vai apontar culpados pelas falhas no combate à pandemia, aumentar o ritmo da vacinação e a elevar valor do auxílio.

7 de maio de 2021

Mourão diz que Pazuello foi ‘risco’ à Saúde e o quer em ‘traje civil’ na CPI

Para o vice-presidente, decisão em colocar o general Pazuello à frente do Ministério foi um risco e que ser general 'da ativa ou reserva' não o impede de ir ao Senado depor.

7 de maio de 2021