fbpx

terça, 15 de junho de 2021

Projeto que transforma clubes de futebol em empresas vai para Câmara

Senado aprovou o Projeto de Lei cria o Sistema do Futebol Brasileiro, mediante a tipificação da Sociedade Anônima do Futebol. Texto segue para análise dos deputados.

11 de junho de 2021

Compartilhe

Atualmente, a maior parte dos clubes é organizada sob a forma de associação (Foto: Reuters)

O Senado aprovou ontem (10) um projeto de lei (PL) que traz incentivos à transformação de clubes de futebol em empresas. O projeto cria o Sistema do Futebol Brasileiro, mediante tipificação da Sociedade Anônima do Futebol (SAF). Também estabelece normas de governança, controle e transparência; institui meios de financiamento da atividade futebolística e prevê um sistema tributário específico. O texto vai à Câmara.

Atualmente, a maior parte dos clubes é organizada sob a forma de associação. De acordo com o projeto, clube que quisesse se tornaria uma SAF e isso consiste em uma companhia cuja atividade principal consista na prática de futebol em competições profissionais. E, desta forma, poderá explorar os direitos de propriedade intelectual de sua titularidade e formar e negociar direitos econômicos de atletas profissionais, dentre outras atividades.

“O principal objeto do PL é a criação de um novo tipo societário, exclusivamente para o futebol, para que, com regras específicas de objeto social, constituição, capitalização, governança e mecanismos de saneamento, possa aprimorar o ecossistema do futebol brasileiro”, afirmou o relator do projeto, Carlos Portinho (PL-RJ).

Portinho destacou que, à exceção de poucos clubes, a situação financeira dos clubes de futebol é notória pela oscilação e pela precariedade. E com a pandemia o quadro se agravou. “Houve redução das receitas dos clubes com o consequente aumento do endividamento. As entidades que tinham condições viram-se obrigadas a usar reservas de capital e a venderem jogadores para se manter. Outras, testemunharam o agravamento de uma já comprometida situação financeira e fiscal”.

Segundo Portinho, não será a salvação do futebol. “Mas estamos dando uma alternativa de mercado. Estamos mudando a forma de atrair investimentos, dando mais responsabilidades aos dirigentes e permitindo mais arrecadação para o governo”, disse.

O senador citou um estudo encomendado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para mostrar que, em 2018, a cadeia produtiva do futebol foi responsável por 0,72% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, com a geração de aproximadamente 156 mil empregos e a movimentação de quase R$ 53 bilhões. Segundo o relator, existem mais de 7 mil clubes registrados no Brasil, que reúnem em torno de 360 mil atletas atuantes em cerca de 250 competições.

Fonte: Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Braga ‘esquece’ que defendeu abertura do comércio em dezembro

Crítico da gestão de Wilson Lima (PSC) e em busca da cadeira de governo do Estado, o senador Eduardo Braga (MDB) chegou a afirmar que não era "hora de fechar o comércio".

15 de junho de 2021

Para comprometer Wilson, Braga flerta com governistas na CPI da Covid

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

15 de junho de 2021

Governo Federal não atendeu as demandas do Amazonas, diz ex-secretário

Em depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito, ex-secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo considerou que socorro a Manaus não foi o adequado e nem o esperado.

15 de junho de 2021

Marcelo Serafim pede que FVS-AM inclua grupo de 12 a 17 anos na vacinação

Órgão de vigilância em saúde explicou que é responsável pela distribuição das vacinas contra Covid no Estado e que é o Ministério da Saúde quem define os grupos prioritários.

15 de junho de 2021

Mayra recomendou tratamento precoce em Manaus, diz Campêlo à CPI

Apesar da recomendação, o ex-secretário informou à CPI da Covid que o governo jamais usou essa estratégia para conter o avanço da doença e a explosão de casos em Manaus.

15 de junho de 2021

Versão reforçada: crise de oxigênio em Manaus durou apenas 2 dias

Tese defendida pelo ex-ministro Eduardo Pazuello e pelo ex-secretário-executivo Élcio Franco sobre o desabastecimento de oxigênio em Manaus foi repetida por Marcellus.

15 de junho de 2021

Nunes Marques suspende quebra de sigilo de Élcio Franco na CPI

Nunes Marques suspendeu quebra de sigilo do ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde Elcio Franco e de Helio Angotti, secretário de Ciência e Tecnologia da pasta.

15 de junho de 2021

Processo de Waldívia Alencar, ex-Seinfra, e mais 31, serão julgados no TCE

Entre as contas a serem apreciadas pelo Tribunal de Contas, também está a do ex-diretor da Suhab, Diego Afonso, referente ao exercício no ano de 2018.

15 de junho de 2021