fbpx

sexta, 30 de julho de 2021

Projeto aumenta pena de crimes contra taxistas e motoristas de aplicativo

O Senado vai analisar o projeto que aumenta a pena dos crimes cometidos contra estes profissionais. Homicídio, sequestro e roubo podem ter a punição elevada em até a metade.

2 de julho de 2021

Compartilhe

A autoria do Projeto de Lei é da senadora emedebista Rose de Freitas (Foto: Reprodução)

Está em análise no Senado a proposta (PL 2187/2021) que aumenta a pena dos crimes cometidos contra taxistas e motoristas de aplicativo.

De autoria da senadora Rose de Freitas (MDB-ES), o projeto altera o Código Penal e eleva a punição em um terço até a metade no caso de homicídio, lesão corporal, extorsão, sequestro, furto, roubo e estupro, podendo chegar a 30 anos nos casos mais graves.

A senadora destaca que os integrantes dessa categoria profissional ficam expostos à violência e trabalham sob risco diário, pois conduzem pessoas desconhecidas e, às vezes, perigosas.

Para o especialista em segurança no trânsito, Lucio Machado, um motorista pode facilmente se tornar uma vítima, principalmente de assaltos.

“Hoje, mais do que nunca, o risco maior é, sem dúvida, em relação ao assalto. Eu posso, simplesmente, da porta da minha casa chamar e o primeiro que aparecer e aceitar a corrida vai se tornar vítima. Então, ficou mais arriscado, até mais que o taxista, ficou muito mais vulnerável esse tipo de profissional”, disse Lucio.

Na justificativa, a senadora Rose de Freitas afirma que a proposta vai servir para prevenir a ocorrência de novos crimes.

Da Redação, com informações da Agência Senado

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

PEC do Voto Impresso pode ser votada por Comissão na próxima quinta

Para garantir o sigilo do voto, será proibido o uso de qualquer elemento de identificação do eleitor na cédula impressa.

30 de julho de 2021

Garantido no Senado até 2026, Plínio não quer se aventurar a vice em 2022

Senador acredita ser uma boa opção para uma terceira via na disputa pelo Governo do Amazonas, mas descarta formar chapa com o tucano Arthur Neto na Eleição majoritária.

30 de julho de 2021

Bolsonaro ressuscita boatos de fraude nas Eleições e não prova nada

Presidente há um ano diz ter provas de que houve fraude nas Eleições em 2018. Nesta quinta-feira (29), mais uma vez não cumpriu com a palavra ao não revelar provas.

29 de julho de 2021

Punições pelo uso indevido de dados pessoais começam a valer domingo

Quem infringir a lei fica sujeito a advertência, multa simples, multa diária, suspensão parcial ou total de funcionamento, além de outras sanções.

29 de julho de 2021

CPI centrará fogo nas plataformas de redes sociais que divulgaram mentiras

O senador Omar Aziz considera um absurdo a quantidade de mentiras e desinformação que circula nas plataformas de redes sociais a partir de robôs de internet.

29 de julho de 2021

Senador do AM chama procurador do MPF de ‘militante ambiental’

O procurador proibiu que o Ibama realize audiências virtuais para expor o estudo de impacto ambiental para licenciamento da BR-319. Órgão tem 10 dias para acatar a decisão.

29 de julho de 2021

Pazuello depõe em inquérito da PF que apura prevaricação de Bolsonaro

O ex-ministro da Saúde começou a depor às 10h e até o momento segue na superintendência da Polícia Federal em Brasília. Pazuello hoje trabalha na cozinha do Planalto.

29 de julho de 2021

Procurador pede que Coari suspenda festividades pelos 89 anos da cidade

A comemoração dos 89 anos da fundação de Coari, recheada de eventos, deve ser suspensa a pedido Ministério Público do Amazonas devido ao risco sanitário.

29 de julho de 2021