fbpx

sexta, 30 de julho de 2021

Para comprometer Wilson, Braga flerta com governistas na CPI da Covid

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

15 de junho de 2021

Compartilhe

A afirmação do senador Eduardo Braga (MDB) de que a CPI da Covid-19 não deveria ser usada para fins político-eleitorais tem cada vez mais se mostrado uma balela. O jogo duplo do senador emedebista na CPI levou um portal nacional de notícias a afirmar que Braga não faz mais parte do G7, grupo de senadores oposicionistas e independentes da CPI. Teria virado a casaca e faria parte do grupo bolsonarista. O senador nega. O que se comenta, entretanto, é que, para atingir o Governo do Estado, Braga estaria prestando uma assessoria informal aos governistas, a quem interessa a narrativa de que toda a culpa é dos governadores.

___

APROXIMAÇÃO ESTRATÉGICA

No afã de culpabilizar Wilson Lima pelas mazelas enfrentadas no Amazonas durante a pandemia de Covid-19, o senador Eduardo Braga teria se aproximado especialmente do senador Marcos Rogério (DEM-RO). Teria sido, por exemplo, sugestão de Braga o requerimento de autoria de Marcos Rogério para que o presidente da CPI da Saúde da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o bolsonarista deputado estadual Delegado Péricles (PSL), fosse convocado para depor na CPI.

___

PÔS O PUPILO NA BERLINDA

Por ironia do destino, a suposta sugestão de Braga para o colega governista pode colocar seu pupilo, o deputado estadual Fausto Jr. (MDB) na berlinda da CPI. É que o presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD), já declarou que quem deve ser chamado é o relator da CPI da Saúde, no caso o deputado Fausto Jr. Caso seja confirmada sua convocação, o deputado estadual emedebista deve ser preparado por seu mentor Eduardo Braga antes de responder os questionamentos dos senadores em Brasília.

___

82% DOS RECURSOS FORAM DO AMAZONAS

Em seu depoimento à CPI da Covid, o ex-secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, afirmou que apenas 18% dos recursos usados pelo Estado no combate à pandemia eram do Governo Federal e 82% eram recursos próprios do Estado. Marcellus informou ainda que, quando os recursos federais do Sistema Único de Saúde chegaram na conta do Estado, a necessidade já havia sido resolvida com fundo próprio. A pressão para reabrir o comércio antes do caos em janeiro também foi relatada pelo ex-secretário.

___

BR-319 É, NOVAMENTE, PROMESSA DE CAMPANHA

Muito comemorado pelos parlamentares governistas estaduais e federais, o início das obras de pavimentação da BR-319 anunciado pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, esconde algumas verdades. Uma delas é que o trecho que começa a ser pavimentado não é o mais crítico da rodovia que liga Manaus a Porto Velho. Outra, essa já confessa pelo próprio ministro, é que as obras não ficam prontas até o fim deste mandato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O ministro chegou a sugerir que, para que as obras sejam concluídas, é preciso reeleger o presidente. Ou seja, virou, mais uma vez, promessa de campanha.

___

‘COTÃO’ SEM TRANSPARÊNCIA

Já na metade do mês de junho, a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) dá mais uma mostra de por que fica sempre em último lugar no ranking da transparência dos poderes estaduais monitorado pelo Ministério Público de Contas. Até esta terça-feira (15), os dados do mês de maio da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), também conhecida como “Cotão”, ainda não estão disponíveis no Portal da Transparência da Instituição. Perde o cidadão que fica sem o direito de saber quanto foi gasto por cada deputado.

___

PUNIÇÃO PARA FESTAS CLANDESTINAS

Recebeu parecer favorável da a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e do plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM) o Projeto de Lei de autoria do vereador Amom Mandell (Podemos) que sugere punição para pessoas jurídicas que sejam responsáveis pela realização de festas ou eventos clandestinos, promovendo aglomerações em Manaus.

___

MUNICÍPIOS ADIANTADOS NA VACINA

Enquanto Manaus comemora o sucesso da vacinação de todos acima de 40 anos, alguns municípios do interior já estão mais adiantados na imunização de seus cidadãos. Parintins, por exemplo, começou a vacinar esta semana pessoas na faixa etária dos 30 a 34 anos. Já em Maués, o esquema vacinal está ainda mais à frente, já anunciando a vacinação de pessoas a partir de 20 anos e sem comorbidades. Na zona rural de Maués, a prefeitura afirma que já foi vacinado o público de até 18 anos sem comorbidades.

___

AUXÍLIO CHEIA

O Fundo Manaus Solidária está realizando, nesta terça-feira (15) a entrega de cartões do “Auxílio  Operação Cheia 2021”, na escola Nazira Chamma Daou, rua Inácio Guimarães, bairro Educandos, até as 15h. O cartão, no valor de R$ 200, ajudará os beneficiários na compra de alimentos e proteínas. A lista com os nomes dos beneficiários já está disponível no site do Manaus Solidária, manaussolidaria.manaus.am.gov.br, além da lista dos locais que aceitam o cartão da Avancard como pagamento.

___

FALECIMENTO CAUSA COMOÇÃO

Causou uma verdadeira comoção nas redes sociais o falecimento do empresário amazonense Joaquim Loureiro, conhecido como “Jokka”, aos 70 anos. Ele era famoso em Manaus por sua peixaria, localizada no bairro São Raimundo e também pela sua forma pouco gentil de tratar os clientes, que acabou se transformando em um charme a mais para seu estabelecimento. O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), e o vice-prefeito Marcos Rotta (DEM) emitiram nota de pesar lamentando profundamente a morte de Jokka, na madrugada desta terça-feira (15).

Leia mais sobre Política

Bolsonaro ressuscita boatos de fraude nas Eleições e não prova nada

Presidente há um ano diz ter provas de que houve fraude nas Eleições em 2018. Nesta quinta-feira (29), mais uma vez não cumpriu com a palavra ao não revelar provas.

29 de julho de 2021

Punições pelo uso indevido de dados pessoais começam a valer domingo

Quem infringir a lei fica sujeito a advertência, multa simples, multa diária, suspensão parcial ou total de funcionamento, além de outras sanções.

29 de julho de 2021

CPI centrará fogo nas plataformas de redes sociais que divulgaram mentiras

O senador Omar Aziz considera um absurdo a quantidade de mentiras e desinformação que circula nas plataformas de redes sociais a partir de robôs de internet.

29 de julho de 2021

Senador do AM chama procurador do MPF de ‘militante ambiental’

O procurador proibiu que o Ibama realize audiências virtuais para expor o estudo de impacto ambiental para licenciamento da BR-319. Órgão tem 10 dias para acatar a decisão.

29 de julho de 2021

Pazuello depõe em inquérito da PF que apura prevaricação de Bolsonaro

O ex-ministro da Saúde começou a depor às 10h e até o momento segue na superintendência da Polícia Federal em Brasília. Pazuello hoje trabalha na cozinha do Planalto.

29 de julho de 2021

Procurador pede que Coari suspenda festividades pelos 89 anos da cidade

A comemoração dos 89 anos da fundação de Coari, recheada de eventos, deve ser suspensa a pedido Ministério Público do Amazonas devido ao risco sanitário.

29 de julho de 2021

STF desmente Bolsonaro sobre ‘proibir’ a União de atuar no combate à Covid

Desde o início da pandemia a ADI do STF é usada pelo presidente Jair Bolsonaro para mentir sobre a falta de ação do Governo Federal no combate à Covid-19.

29 de julho de 2021

Omar garante que CPI já tem provas que atestam crimes na pandemia

Presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz afirmou que documentos e depoimentos já tomados provam a existência de crimes cometidos por agentes públicos e particulares.

29 de julho de 2021