fbpx

terça, 18 de janeiro de 2022

Omar critica liberação de garimpo em áreas indígenas no Amazonas

Decisão de liberar projetos de mineração em São Gabriel da Cachoeira foi tomada pelo chefe do GSI, Augusto Heleno, e alvo de críticas do senador Omar Aziz.

6 de dezembro de 2021

Compartilhe

Omar Aziz considera desastrosa a política ambiental do governo Bolsonaro, sobretudo quando envolve terras indígenas no Amazonas (Foto: Reprodução)

O senador Omar Aziz (PSD) considerou a decisão do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, de liberar projetos de mineração em áreas indígenas no município de São Gabriel da Cachoeira, na região do Alto Rio Negro, como mais um tiro no pé do Governo Bolsonaro envolvendo a Amazônia.

“Essa política desastrosa para a nossa região tem repercussão internacional muito grande. Hoje mesmo, essa decisão de liberar projetos de mineração na região que tem 95% de terras indígenas, vai ter mais repercussão ainda”, criticou o senador. “Semanalmente, são notícias negativas que impactam o nosso país”, completou.

Omar advertiu que essa autorização dada por Augusto Heleno, revelada pelo jornal Folha de São Paulo, nesta segunda-feira (6), e ações como a retirada dos garimpeiros do rio Madeira, há uma semana, são questões pequenas em face do problema do desmatamento na Amazônia que vem pelo Centro-Oeste.

“Em 2020, nossa economia não sofreu retaliações porque veio a pandemia”, avaliou.

O senador também lembrou que o discurso ambiental é uma das bases de defesa do Polo Industrial de Manaus (PIM). Para ele, quando uma decisão como a relacionada à mineração em terras indígenas e destruição de garimpo em um dos nossos mais importantes rios acontece, fica claro o prejuízo ao discurso de sustentação da Zona Franca de Manaus (ZFM).

Omar destacou que a política do Governo Federal, especificamente para os povos indígenas do Amazonas, feita por pessoas que não compreendem a região, é um fracasso.

“Em 2019, a bancada teve uma reunião com o presidente para tratar do polo de concentrados [de refrigerantes] e, na ocasião, ele disse que faria a extensão do linhão de Tucuruí até Boa Vista, lembrei que teria problemas com os Waimiris-Atroaris, mas ele disse que demitiria o presidente da Funai e faria a obra assim mesmo. Passados três anos, sem negociar com os índios, não conseguiram fazer um metro deste linhão”, lembrou Omar.

Confira a entrevista completa com o senador, abaixo:

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Sabá Reis, secretário da Semulsp, testa positivo para a Covid-19

Sabá é o terceiro secretário de David Almeida que testa positivo para a Covid nos últimos cinco dias. No dia 13, os titulares da Semcom e Semsa também testaram positivo.

18 de janeiro de 2022

Quadro pandêmico e período de chuvas faz CMM antecipar retorno das férias

O presidente David Reis disse que o momento pede que os vereadores se unam às demais autoridades para enfrentar novo quadro da Covid e ajudar pessoas afetadas pelas chuvas.

18 de janeiro de 2022

Prefeito de Rio Preto diz que ‘religião e bolsonarismo’ boicotam vacinação

Anderson Sousa disse que em Rio Preto da Eva tem dado suporte à vacinação até na zona rural, mas que o empecilho tem sido os líderes religiosos que são contra a vacina.

18 de janeiro de 2022

Municípios com baixo índice de vacinação faltam em reunião com Wilson Lima

Reunião vem após fala do governador sobre preocupação com índices de vacinação. Alguns prefeitos culparam a internet como responsável por falhas na atualização dos números.

18 de janeiro de 2022

Governo anuncia retorno do Vacina Amazonas em Iranduba para este sábado

O anúncio foi feito pelo governador Wilson Lima como uma das medidas para que os municípios do interior avancem no número de pessoas vacinadas em todo o Amazonas.

18 de janeiro de 2022

Mário de Mello e Josué Neto vão julgar contas do Governo e Prefeitura

O Pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) definiu os relatores das contas do governador Wilson Lima e do prefeito de Manaus, David Almeida, para o exercício de 2022.

18 de janeiro de 2022

Vanda Witoto entra no Rede para fortalecer candidaturas indígenas

Vanda Witoto filia-se à Rede Sustentabilidade para fortalecer candidaturas indígenas em defesa dos povos tradicionais da floresta e da representatividade das mulheres.

18 de janeiro de 2022

MPs e Defensorias recomendam passaporte vacinal ‘geral’ no AM

Para os MPs e Defensorias, não há justificativa na exceção para que os estabelecimentos em geral fiquem sem exigir a comprovação vacinal contra a Covid-19 dos clientes.

18 de janeiro de 2022