fbpx

sexta, 30 de julho de 2021

O jogo virou: Omar Aziz diz que vai investigar Fausto Jr. e sua mãe

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

29 de junho de 2021

Compartilhe

O senador Omar Aziz (PSD) afirmou nesta terça-feira (29) que deve requerer a investigação da família do deputado estadual Fausto Júnior (MDB). Disse, mais precisamente, que vai pedir a quebra de sigilo da mãe de Fausto, a conselheira do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Yara Lins. Fontes do RealTime1, contudo, dão conta de que, além da quebra de sigilo de Fausto e de sua mãe, o presidente da CPI irá solicitar, ainda, a quebra de sigilo de outros familiares e amigos da família do deputado e da conselheira.

___

MAIS INVESTIGADOS

Omar Aziz listou também várias empresas que atuam no Amazonas as quais pretende investigar e pedir quebra de sigilo. Na lista estão Techway, TCD Transportes, Matrix, PH Rodrigues, DR7, LBC, GA, AG, BRB, CC Batista, Podium, Live Saúde, Nova Renascer. As empresas atuam no ramo de saúde, construção, manutenção e aluguel de carros. Segundo o senador, as empresas receberam em dois anos mais de R$ 500 milhões. Omar citou também Neto Lins e o advogado André Luís Guedes da Silva, a quem Fausto disse conhecer, mas não manter relações.

___

TIRO PELA CULATRA

Estratégia armada pelo senador Eduardo Braga (MDB), a ida de Fausto Júnior à CPI acabou se revelando um tiro que saiu pela culatra. Não foi o “passeio” que ambos imaginaram que seria. Relator da CPI da Saúde no Amazonas, Fausto foi questionado pelo fato da CPI não ter indiciado o governador Wilson Lima (PSC). Demonstrou não conhecer o papel do relator de uma CPI, ao dizer que o relatório não era dele, e sim do colegiado. Também disse várias vezes que a CPI da Saúde não teve tempo hábil para investigar tudo o que poderia desde 2011.

___

OI, SUMIDO!

Após duas semanas desaparecido das sessões da CPI, Eduardo Braga ressurgiu nesta terça-feira (29) para acompanhar o depoimento de seu mais novo pupilo, Fausto Júnior. Além de ressurgir na CPI, Braga fez questão postar em suas redes sociais uma foto em que aparece no carro com Fausto. Para bom entendedor e conhecedor dos métodos políticos de Braga, ficou claro que o pupilo passou por uma sessão de treinamento com o mentor emedebista. Colocado contra a parede pelos senadores do G7, entretanto, Fausto não pôde se valer do treinamento que teria feito com seu mentor.

___

ACUADO OU SURPRESO?

Fausto Júnior não é conhecido na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) por ser um grande orador. Não se esperava, portanto, muita eloquência do deputado em seu depoimento à CPI. O que se viu, na verdade, foi um depoente por vezes acuado pelos questionamentos dos senadores, por outras sem graça com as perguntas. Houve momentos em que pareceu que Fausto acreditava que os membros da CPI só poderiam questioná-lo acerca da CPI da Saúde no Amazonas e de seu relatório. Ele chegou a afirmar aos senadores que estava ali para responder sobre isso, quando algum questionamento incômodo surgia. Na prática, o deputado descobriu que depor a uma CPI é bem mais complexo.

___

FAUSTO MENTE, DIZ DANIELA

Não bastasse o sufoco que passou durante a inquirição dos senadores do G7, Fausto Júnior também sofreu críticas nas redes sociais. A ex-secretária estadual de Comunicação Daniela Assayag o chamou de mentiroso na web. “Deputado Fausto Júnior mente na CPI. E quem o chama de MENTIROSO não sou eu é a Polícia Federal e a Procuradoria Geral da República que atesta minha inocência. Mal informado ou Mal intencionado o deputado. Talvez, ambos!”, postou daniela.

___

ADESÃO TARDIA

Demorou, mas o senador Eduardo Braga voltou atrás e assinou, na manhã desta terça-feira (29), a solicitação de prorrogação da CPI da Covid no Senado. Braga era o único do G7 que ainda não havia assinado a prorrogação. O senador tem tido que escolher entre a cruz e a espada nas últimas semanas: permanece no G7, mas flerta com os governistas ao querer incriminar o Governo do Amazonas na CPI.

___

APERTE NA TECLA CONFIRMA

Se havia alguma dúvida de que o prefeito David Almeida (Avante) era bolsonarista, essa dúvida de dissipou na manhã desta terça-feira (29). Ao vistoriar a fase final das obras do residencial Cidadão Manauara 2, etapa B, no bairro Santa Etelvina, o prefeito não só teceu vários elogios ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), como caminhou o tempo todo tendo o coronel Alfredo Menezes (Patriota) ao seu lado. David afirmou que Menezes estava representando o presidente, mesmo sem ocupar nenhum cargo no Governo Federal. O prefeito anunciou ainda que o presidente vem a Manaus entregar as obras no dia 12 de julho.

___

PUGA RECONDUZIDO

O reitor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Sylvio Puga, teve sua recondução ao cargo publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 28 de junho. Vencedor das eleições diretas em que a comunidade universitária (professores, alunos e servidores) foi consultada, o reitor teve sua reeleição confirmada oficialmente pelo Presidente da República.

Leia mais sobre Política

PEC do Voto Impresso pode ser votada por Comissão na próxima quinta

Para garantir o sigilo do voto, será proibido o uso de qualquer elemento de identificação do eleitor na cédula impressa.

30 de julho de 2021

Garantido no Senado até 2026, Plínio não quer se aventurar a vice em 2022

Senador acredita ser uma boa opção para uma terceira via na disputa pelo Governo do Amazonas, mas descarta formar chapa com o tucano Arthur Neto na Eleição majoritária.

30 de julho de 2021

Bolsonaro ressuscita boatos de fraude nas Eleições e não prova nada

Presidente há um ano diz ter provas de que houve fraude nas Eleições em 2018. Nesta quinta-feira (29), mais uma vez não cumpriu com a palavra ao não revelar provas.

29 de julho de 2021

Punições pelo uso indevido de dados pessoais começam a valer domingo

Quem infringir a lei fica sujeito a advertência, multa simples, multa diária, suspensão parcial ou total de funcionamento, além de outras sanções.

29 de julho de 2021

CPI centrará fogo nas plataformas de redes sociais que divulgaram mentiras

O senador Omar Aziz considera um absurdo a quantidade de mentiras e desinformação que circula nas plataformas de redes sociais a partir de robôs de internet.

29 de julho de 2021

Senador do AM chama procurador do MPF de ‘militante ambiental’

O procurador proibiu que o Ibama realize audiências virtuais para expor o estudo de impacto ambiental para licenciamento da BR-319. Órgão tem 10 dias para acatar a decisão.

29 de julho de 2021

Pazuello depõe em inquérito da PF que apura prevaricação de Bolsonaro

O ex-ministro da Saúde começou a depor às 10h e até o momento segue na superintendência da Polícia Federal em Brasília. Pazuello hoje trabalha na cozinha do Planalto.

29 de julho de 2021

Procurador pede que Coari suspenda festividades pelos 89 anos da cidade

A comemoração dos 89 anos da fundação de Coari, recheada de eventos, deve ser suspensa a pedido Ministério Público do Amazonas devido ao risco sanitário.

29 de julho de 2021