fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

No Amazonas, UB e DC apostam em novos nomes para foralecer núcleo jovem

No Dia do Jovem, comemorado nesta quarta-feira (13), o RealTime1 destaca nomes ainda pouco conhecidos na política amazonense, mas que desejam vagas no parlamento estadual.

13 de abril de 2022

Compartilhe

Número de jovens eleitores aptos a votarem em 2022 é de 290 mil até o início de abril (Foto: Divulgação/Jesocarneiro)

Cresceu em 45% o número de jovens que tiraram o título de eleitor entre fevereiro e março deste ano e, hoje, o número de jovens aptos a votar passou de 190 mil para 290 mil – o que pode aumentar tendo em vista que o prazo de emissão do documento encerra no dia 4 de maio.

Diante dos números que apontam que nessa eleição pode haver mais participação dos jovens, o RealTime1 destaca, nesta quarta-feira (13), a participação de nomes ainda pouco vistos ou até desconhecidos da política local.

É o caso da advogada Brena Dianná e vereadora em Parintins pelo União Brasil (UB); e o estudante de direito Myckaell William, que deve assumir a presidência regional do núcleo jovem do partido Democracia Cristã (DC). Os dois almejam fortalecer a participação jovem na política local e buscam espaço no cenário político em prol de melhorias para a população.

Emissão de novos títulos de eleitores teve aumento nos últimos dois meses (Foto: Divulgação)

Sem ‘laço político’, mas em busca de voz e vez

Brena cumpre o seu primeiro mandato. Ela revela que não deseja fazer da polícia uma profissão como alguns políticos, mas “ser uma nova cara da política, com boas ideias para mudar a realidade da população”, principalmente a localizada no interior do Amazonas.

“O desejo de entrar na política foi o fato de que a população não se sente representada. Vejo muitos idosos com 60 e 70 anos que não conseguiram crescer na vida por falta de oportunidade. Quero mudar isso. E por meio da juventude isso é possível. É preciso trabalhar a tecnologia ao nosso favor, seja aplicando-a na infraestrutura, como, por exemplo, asfaltamento de ruas; ou para agilizar exames clínicos”, ressalta a advogada em entrevista ao RealTime1.

jovem jovens
Brena Dianná está no primeiro mandato como vereadora em Parintins (Foto: Reprodução/Instagram)

Para ela, é preciso mais investimentos em cursos de robótica e de programação, pois, segundo ela, são áreas de profissões do futuro.

A jovem parintinense diz que é a primeira mulher advogada e também a primeira política na família por parte de mãe, e cresceu em um lar onde não houve laço político com ninguém.

“Nunca um político foi na minha casa, falar ou apresentar suas propostas. O que eu tive de informação sobre o meio político, quando eu era pequena, veio por meio da TV e, mais tarde, quando jovem, por meio das redes sociais quando eu pude ter acesso à tecnologia”, destaca a jovem.

Nem Lula e nem Bolsonaro: ‘vou de terceira via’

Por conta disso, Brena ressalta que não teve uma figura política em quem se espelhar. Mas, hoje, é simpatizante do ex-presidente americano (2009 a 2017), Barack Obama. Questionada sobre a terceira via na disputa pela presidência da República, a jovem diz que não simpatiza com Lula e nem com Bolsonaro.

“Hoje, me identifico mais com uma terceira via. Mas, por enquanto, estou analisando o cenário político que ainda está sendo construído. Mais adiante acredito chegar a um consenso e anunciar meu apoio”, conta a vereadora.

‘Minha voz acaba não sendo ouvida’

Recentemente, Brena lançou seu nome como pré-candidata na disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Segundo ela, o motivo que a levou à decisão é o de que na Câmara Municipal de Parintins sua voz acaba não sendo ouvida por todos.

jovem jovens
Brena busca uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Foto: Divulgação)

“Não me considero oposição, pois caminho ao lado de povo. E quem caminha ao lado do povo não pode ser oposição. Mas tenho sentido muita dificuldade em ser ouvida e conseguir melhorias para a população. Por isso, decidi disputar a eleição para deputada estadual. Nunca tive esse sonho, mas a movimentação política do último mês me fez tomar essa decisão”, explica a jovem.

A vereadora conta que o partido ao qual era filiada, o PSD, do senador Omar Aziz, não formou chapa para deputado estadual, e por isso, decidiu entrar para o UB.

A jovem foi eleita com pouco mais de 1,1 mil votos e está há um ano e três meses atuando como vereadora. Apesar do pouco tempo no parlamento, ela diz que em Parintins é vista por muitos como uma possibilidade real de disputar a Prefeitura de Parintins em 2024.

“As pessoas me veem mais como futura prefeita de Parintins, porque, de fato, eu represento meu povo. Estou empenhada em trabalhar para ser uma das mais bens votadas pelo UB para a Aleam, mas caso não seja eleita vou continuar na Câmara de Parintins lutando pelo meu povo”, pontua ela.

Myckaell William diz que a curiosidade o aproximou da política

O estudante de direito e futuro presidente estadual do núcleo jovem do partido Democracia Cristã (DC) no Amazonas, Myckaell William, revela que sempre foi um jovem curioso, e ressalta que a curiosidade move o ser humano. Por isso, decidiu se filiar ao DC e iniciar sua trajetória na política. Nos próximos dias, ele deve assumir a presidência jovem do partido.

jovem jovens
Myckaell William tem 20 anos e cursa o segundo período do curso de direito (Foto: Arquivo/Pessoal)

Em entrevista ao RealTime1, ele avalia que atualmente o jovem amazonense está mais ativo do que antes, principalmente por meio do usos da tecnologia, e, com isso, a juventude deve contribuir e muito para a composição do novo cenário político.

“Hoje, os jovens ficam acompanhando as notícias na palma das mãos, vão pesquisando mais, se inteirando sobre os assuntos e sendo mais participativo nas decisões. Nessa eleição, não paleteio cargo na Aleam, e meu apoio ainda está sendo definido, mas com certeza será a um dos candidatos do DC”, reforça o jovem, que está no início da vida política, mas já sabe o caminho que deve seguir: “a gente vai vendo que tem muita coisa errada se desenvolvendo, e isso acaba levando os jovens, assim como eu, a querer entrar para a política e tentar mudar esse cenário. Quero criar projetos que beneficiem a população e me empenhar na busca por melhorias para todos”, destaca.

Sobre o cenário político, o jovem diz que aposta em um candidato da terceira via por não se sentir representado nem por Lula e nem por Bolsonaro, candidatos que figuram no topo das pesquisas eleitorais de intenções de votos.

“O histórico político de Lula e Bolsonaro não é dos melhores, e prefiro avaliar um candidato pelo seu histórico político. Por isso, a minha escolha é o ex-deputado federal José Maria Eymael, que é do Democracia Cristã. Ele já fez várias promulgações, atuou na defesa da família, da cidadania e do livre arbítrio e, para mim, é um ótimo parlamentar. Ele é o candidato ideal para esse jogo de cintura que é o nosso Brasil e a disputa pela presidência da República”, avalia o jovem.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro planeja mais R$ 1,2 bi para trator e ignora famílias carentes

Ministério da Cidadania comprou 247 tratores e outras máquinas agrícolas usando recursos que deveriam ser direcionados para mitigar impacto da pandemia em comunidades pobres.

26 de maio de 2022

Roberto Jefferson usa estrutura do PTB para atacar STF, dizem ex-dirigentes

Parlamentares dizem que Roberto Jefferson utiliza pessoas da estrutura partidária "para proferir xingamentos a ministros e realizar manifestações em frente ao Supremo".

26 de maio de 2022

Senado aprova MP que altera incentivos para indústrias químicas

Aprovação da medida provisória teve a relatoria do senador Eduardo Braga (MDB-AM), que aperfeiçoou o regime tributário cobrando contrapartidas do setor.

26 de maio de 2022

‘Não desisti, mas está muito difícil’, diz Plínio sobre candidatura ao Governo

O senador Plínio Valério (PSDB) afirmou que nos próximos dias deve tomar a decisão final se premanece como pré-candidato ao Governo do Amazonas até as convenções partidárias.

26 de maio de 2022

TSE aprova federação entre PSDB e Cidadania; partidos ficam juntos por 4 anos

Criado para salvar partidos pequenos, a federação pode facilitar a eleição de quadros a cargos proporcionais, como é o caso dos deputados federais.

26 de maio de 2022

Câmara pode votar sobre venda direta de etanol aos postos de combustíveis

A Medida Provisória 1100/22 faz ajustes na tributação da comercialização de etanol para viabilizar a venda direta do combustível dos produtores ao varejo.

26 de maio de 2022

PL aciona Lula e o PT no TSE por campanha eleitoral antecipada

O PL questiona atos pró-Lula em eventos da CUT e do PSol onde teria havido infração eleitoral, já que a pré-campanha veda pedido explicito de votos e ataque a adversários.

26 de maio de 2022

Plínio questiona programa de demissões do Banco da Amazônia

De acordo com o senador, a situação desses profissionais tende a se agravar ainda mais diante da crise social e econômica que o País atravessa, provocada pela pandemia.

26 de maio de 2022