fbpx

quarta, 21 de abril de 2021

Nas redes sociais, Jaiza Fraxe fala em vacina para animais domésticos

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

26 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Muito ativa nas redes sociais nas últimas semanas, especialmente quando o assunto é a vacinação contra a Covid-19 no Amazonas, a juíza federal Jaiza Fraxe preferiu abordar a campanha de vacinação de animais domésticos em suas mídias sociais nesta quinta-feira (25). A postagem com fotos fofas de cachorros e gatos sendo imunizados, contudo, traz um paralelo velado com a vacinação contra Covid-19. “Muito amor por essa turma linda que não tem a menor vontade de tomar o lugar do outro”, postou Jaiza Fraxe, em alusão aos casos de “fura-filas” ocorridos em Manaus. Sobre os “fura-filas”, a juíza recorreu às redes sociais para manifestar sua opinião, à época.

___

VACINA PARA HUMANOS

Curiosamente, a postagem da magistrada sobre a imunização de animais foi publicada do mesmo dia em que ela expediu uma decisão na qual dá dez dias para o Governo do Estado comprar R$ 150 milhões em vacinas contra a Covid-19 para imunizar a população amazonense acima de 50 anos. Jaiza Fraxe autoriza o Governo do Amazonas a utilizar verba do  Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI) para a compra dos imunizantes. Sobre a decisão, Jaiza Fraxe não se pronunciou na web.

___

COMPRAR DE QUEM?

O Governo do Estado, entretanto, não vai poder acatar a decisão. Não por desobediência ou rebeldia, mas simplesmente porque não há vacinas no mercado para compra. Mesmo antes da decisão da magistrada, o governo, por meio de um consórcio de governadores do Norte-Nordeste, já havia entrado em contato com os laboratórios que têm vacinas aprovadas. A resposta de todos foi que não há doses disponíveis. A exceção foi o laboratório que produz a vacina russa Sputinik. Ainda assim, sinalizando que a compra só poderá ser executada em julho.

___

DOIS COELHOS…

O governador Wilson Lima (PSC) decidiu ir pessoalmente entregar doses de vacina aos municípios de Boca do Acre, Eirunepé e Guajará. A decisão de entregar as vacinas in loco se deu pelo fato de que os municípios também estão enfrentando as consequências de enchentes severas. Desse modo, além de entregar as doses de imunizantes, o governador pode conferir também quais são as necessidades urgentes para combater os efeitos da cheia.

___

PCDS NO GRUPO PRIORITÁRIO

Após ter solicitado junto ao Ministério da Saúde a inclusão dos coveiros e agentes funerários no grupo prioritário de vacinação do Governo Federal, o prefeito David Almeida (Avante) vai encaminhar um pedido à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) solicitando a inclusão de Pessoas com Deficiência (PcDs) nas próximas etapas de vacinação. A decisão foi tomada após reunião com a deputada estadual Joana Darc (PL), que entregou um ofício ao prefeito com a solicitação. David quer que a Semsa encontre uma maneira de incluir o grupo por vias legais.

___

CAOS NACIONAL

Subiu para 17 o número de capitais em que as UTIs do SUS estão lotadas. A tragédia experimentada em primeira mão pelo Amazonas está chegando a boa parte das demais regiões do País. O Distrito Federal, também afetado pela nova onda de contaminações, anunciou que vai adotar o lockdown nesse fim de semana. Outros estados também estão adotando medidas mais rígidas de restrição à circulação de pessoas.

___

PRESSÃO NO DELEGADO

Nas redes sociais do deputado federal Delegado Pablo (PSL) há várias postagens em que, nos comentários, internautas pedem que o parlamentar vote contra a PEC da Imunidade, também apelidada de “PEC da impunidade” ou “Lei Silveira”. O problema é que o deputado é um dos coautores da PEC, que impõe medidas que dificultam a prisão de parlamentares. Pablo também votou a favor a admissibilidade da PEC.

___

OPORTUNIDADE

Os parlamentares eleitos pelo Amazonas têm uma oportunidade de conseguir verbas para pôr em prática projetos que melhorem a vida dos cidadãos amazonenses.  Está aberto o prazo para as bancadas estaduais sugerirem emendas impositivas ao orçamento da União.  Estão disponíveis R$ 241,4 milhões, que podem ser divididos entre 15 a 20 sugestões.

Leia mais sobre Política

Sobre a ‘homenagem ao presidente’: ‘O momento não é de festejar nada’

Omar Aziz diz que não costuma questionar as decisões da Aleam, mas diz que o momento não é de festa e sim de focar todos os esforços no combate à Covid-19 no Amazonas.

21 de abril de 2021

“CPI da Covid vai fazer justiça e não vingança”, diz senador Omar Aziz

Presidente da CPI que vai investigar atos e omissões da União, estados e município durante a pandemia, Omar Aziz, falou com exclusividade ao Real Time1 nesta quarta-feira.

21 de abril de 2021

Abaixo-assinado pede revogação do título de Cidadão Amazonense de Bolsonaro

Documento foi criado pelo ex-vereador de Manaus, Waldemir José, na tarde desta quarta-feira (21). Iniciativa já conta com mais de 200 assinaturas em menos de 24 horas.

21 de abril de 2021

Movimentos sociais repudiam título de Cidadão do Amazonas a Bolsonaro

O documento, assinado por 40 entidades sociais do estado, lembra a tragédia ocorrida em janeiro no estado, quando centenas de amazonenses morreram devido à falta de oxigênio.

21 de abril de 2021

Contrário a título, Serafim classifica Bolsonaro como ‘inimigo do Amazonas’

Apesar do voto contrário de Serafim Corrêa, a concessão do título de Cidadão Amazonense a Bolsonaro foi aprovado com votos favoráveis de 19 dos 24 deputados estaduais.

21 de abril de 2021

Wilson Lima se reúne com ministro para tratar da compra de vacinas

Segundo o governador, é necessário avançar no processo de liberação pela Anvisa, para que a vacina possa vir para o Brasil. As tratativas são para doses da Sputink V.

21 de abril de 2021

Eduardo Girão faz campanha para tirar Omar da presidência da CPI

Senador cearense é da ala bolsonarista da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid, mas não aparenta ter força para tirar Omar Aziz do comando dos trabalhos.

20 de abril de 2021

Bolsonaro tem até quinta para sancionar lei de apoio a empregos

Com a aprovação do projeto, o Ministério da Economia anunciou que, destinará, nos próximos dias, R$ 10 bilhões para o BEm e até R$ 5 bilhões para o Pronampe.

20 de abril de 2021