fbpx

terça, 09 de agosto de 2022

‘Não foi a melhor decisão’, admite Mourão sobre redução do IPI

Mostrando-se contrário à decisão do Palácio do Planalto, que reduziu o IPI de produtos da ZFM, o vice-presidente acredita que o tributo será recuperado para o Amazonas.

30 de junho de 2022

Compartilhe

Mourão abriu oficialmente a programação da ExpoAmazônia Bio&TIC 2022 (Foto: Lucas Raposo/RealTime1)

O vice-presidente da República e presidente do Conselho Nacional da Amazônia Legal (CNAL), general Hamilton Mourão, abriu oficialmente a programação da ExpoAmazônia Bio&TIC 2022 na tarde desta quinta-feira (30), em Manaus. Na ocasião, ele foi questionado sobre a decisão do Planalto pela redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

O evento, que acontece no Centro de Convenções Vasco Vasques, tem por objetivo fomentar os polos de bioeconomia e de tecnologia da informação e comunicação como vetores complementares à matriz econômica da região.

Durante seu discurso, Hamilton Mourão destacou a importância da Zona Franca de Manaus para a geração de empregos na região.

Questionado sobre os prejuízos que a redução do IPI sobre a competitividade do modelo ele se demonstrou contrário à decisão do Palácio do Planalto.

“Toda renúncia fiscal tem que dar um retorno e a Zona Franca de Manaus tem dado um retorno positivo, que são os cerca de 100 mil empregos diretos aqui na Amazônia. Então acho que essa redução do IPI não foi a melhor decisão que a gente poderia ter tomado”, declarou o vice-presidente.

Lembrando de o decreto que reduziu as alíquotas do IPI está suspenso por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), Mourão disse acreditar que o tratamento fiscal diferenciado da ZFM deverá ser recuperado.

“É um assunto que ainda pode ser retomado. E é óbvio que, com o passar do tempo, algumas atividades terão a isenção padrão”, tranquilizou.

Texto: Lucas Raposo

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Michelle Bolsonaro ataca Lula e associa religiões africanas a ‘trevas’

Em vídeo divulgado por Michelle, Lula se encontra com representantes de religiões de matriz africana. Para ela, o ato corresponde a "principados e potestades das trevas".

9 de agosto de 2022

DC refaz contas para garantir mínimo da cota feminina nas Eleições do AM

Antes, o partido não havia apresentado o mínimo de candidaturas femininas para a disputa na Câmara Federal. Agora, a sigla conta com duas mulheres e quatro homens.

9 de agosto de 2022

Após definir palanque com Braga e Omar, Lula vem ao AM em setembro

Viagem está marcada para o início do mês de setembro, conforme informou ao RealTime1 o presidente estadual do PCdoB, Eron Bezerra.

9 de agosto de 2022

TRE-AM realiza curso para Prestação de Contas das Eleições 2022

O treinamento visa a correta prestação de contas, desde a utilização do sistema da Justiça Eleitoral até o lançamento das receitas e despesas. Inscrições encerram dia 12.

9 de agosto de 2022

Chico diz que tentará Senado de forma avulsa, mas pode ser impugnado

O alerta é do advogado Augusto Sampaio que aponta que Chico Preto não pode ser beneficiado pela decisão do TSE porque o Avante apoia coligação que já tem senador.

9 de agosto de 2022

Silas Câmara declara patrimônio de R$ 3,5 milhões à Justiça Eleitoral

O patrimônio do deputado federal evoluiu de R$ 2,1 milhões para R$ 3,5 milhões. Em 2006, quando ele foi eleito pela 3º vez para Câmara, os bens declarados somavam R$ 574 mil.

9 de agosto de 2022

Patrimônio dos irmãos Pinheiro evolui de R$ 557 mil para R$ 3 milhões

Candidata à reeleição, Mayara Pinheiro declarou possuir o patrimônio de R$ 1,9 milhão. A soma é R$ 864,6 mil a mais que os bens declarados pelo irmão, Adail Filho.

9 de agosto de 2022

O que faz um suplente de senador? O AM já definiu estes nomes; confira

Candidatos a suplentes nas chapas majoritárias são empresários, ex-dirigente de partido, professores e membros da comunidade indígena.

9 de agosto de 2022