fbpx

sábado, 16 de janeiro de 2021

Joana Darc recorre a imunidade parlamentar para se defender de ataques

A parlamentar disse ainda que não irá admitir ser intimidada e, caso seja preciso, irá apresentar "documentos obscuros" que provam o que ela falou sobre a votação.

9 de dezembro de 2020

Compartilhe

A deputada usou a tribuna da Aleam para pedir a imunidade parlamentar (Foto: Reprodução)

A deputada Joana Darc (PL) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) para responder aos parlamentares que disseram que vão recorrer contra ela junto à Comissão de Ética.

Pelo menos dois deputados que votaram favoráveis ao nome de Roberto Cidade (PV) à presidência da Casa querem que Joana apresente provas da acusação de que o presidente eleito para o biênio 2021-2022 teria comprado os votos dos parlamentares por R$ 200 mil.

Na tribuna, Joana disse que tem direito à imunidade parlamentar e que vai lutar para que tenha o direito assegurado na Casa Legislativa.

O benefício é um sistema no qual membros do parlamento ou da legislatura recebem imunidade jurídica, não podendo serem processados criminalmente.

“Se for pra enfrentar a Comissão de Ética, quero enfrentar de frente e de forma pública. Não quero esticar a corda, mas se preciso for, tenho muito á falar e vou às últimas consequências para defender à mim e minha família”, disse a deputada, afirmando mais uma vez que tem como provar “ações obscuras que resultaram na vitória de Cidade”.

“Se for para fazer a minha defesa, eu não terei problema em falar tudo que sei e tudo que vi e mostrar o que tenho”, ameaçou.

Reportagem: Rosianne Couto

Leia Mais:

Veja mais notícias

Coari compra usina de oxigênio

A usina terá capacidade para atender o hospital municipal com abastecimento direto e envasar cilindros para unidades de saúde, comunidades interioranas e cidades próximas.

16 de janeiro de 2021

TCE-AM prorroga home office e prazos até o fim de janeiro

A corte considerou a crise no sistema de saúde do Amazonas. A suspensão dos prazos processuais não inclui medidas acautelatórias e eventuais termos de ajustamento de gestão.

16 de janeiro de 2021

Maia critica pedido de intervenção federal na saúde do Amazonas

Delegado Pablo Oliva enviou ofício a Jair Bolsonaro pedindo intervenção federal na pasta pela grave repercussão do caos no sistema de saúde do Amazonas.

16 de janeiro de 2021

Transferência de pacientes obedece protocolo de segurança

Os pacientes são selecionados atendendo a classificação de risco do protocolo de Manchester que estabelece as prioridades de atendimento conforme cada quadro clínico.

16 de janeiro de 2021

Governo do Amazonas tem planejamento para iniciar vacinação

Nos 62 municípios do Amazonas, serão 794 salas de vacinação. Governo estima vacinar na primeira etapa da campanha 1.154.504 pessoas de grupos prioritários em todo o estado.

16 de janeiro de 2021

Parintins tem oxigênio para 10 dias de abstecimento

A Prefeitura recebeu, neste sábado, um tanque que vai garantir 10 dias de abastecimento nos hospitais de Parintins. O município destinou 15 balas de oxigênio para Manacapuru.

16 de janeiro de 2021

Maués fornecerá oxigênio para municípios em crise

A prefeitura anunciou a compra de um equipamento que permitirá envasar oxigênio em cilindros, possibilitando a exportação e distribuição do produto para outros municípios.

16 de janeiro de 2021

Autazes compra cilindros de oxigênio de Porto Velho

O prefeito Andreson Cavalcante adquiriu 70 cilindros de oxigênio para abastecer a rede de saúde de Autazes e também enviou o produto para Nova Olinda do Norte.

16 de janeiro de 2021