fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

‘Já temos 11 crimes de Bolsonaro’, diz Renan sobre relatório da CPI

Renan Calheiros afirmou que possui a especificação de 11 crimes e vários agravantes, mas que a conclusão só será emitida após ouvir o parecer dos outros membros da CPI.

9 de outubro de 2021

Compartilhe

A previsão é de leitura do relatório no dia 19 de outubro (Foto: Reprodução)

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), afirmou, em entrevista à Folha de São Paulo, que seu texto final terá três personagens centrais: o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e seu braço-direito, o coronel Élcio Franco. Renan chegou a dizer os casos envolvendo a empresa de assistência médica, Prevent Senior e o colapso do oxigênio nos hospitais de Manaus no começo do ano, foram os mais assustadores de toda a apuração.

”Em Manaus, a delegação da morte, que é a comitiva oficial do Ministério da Saúde, matou pessoas asfixiadas”.

Sobre Bolsonaro, ele afirma que o chefe do Executivo, é um “mercador da morte”, e que está clara e comprovada a sua participação em crimes e que por isso não há dúvidas de que ele será responsabilizado.

O senador do MDB também acrescenta que cogita propor o indiciamento de filhos de Bolsonaro por suas ações com a negociação de vacinas contra a Covid-19, pela ligação com o caso Prevent Senior e com o gabinete paralelo.

Além das tipificações que vêm sendo mencionadas para enquadrar os responsáveis —como prevaricação, crime contra a vida, charlatanismo e crimes de responsabilidade—, o relator afirma trabalhar com a hipótese de incluir nas sugestões de indiciamentos homicídio comissivo, quando é cometido por omissão.

O relator afirma que se tivesse a chance, gostaria de ouvir o empresário Luciano Hang, proprietário das lojas Havan. ”Se tivesse que ouvir, eu ouviria novamente o Luciano Hang com as suas mentiras, com as suas imprecisões, suas contas em paraísos fiscais, com a falsificação da certidão de óbito da sua própria mãe, para não desmerecer a eficácia do tratamento da Covid, que era um produto brasileiro que o governo brasileiro queria vender com a Prevent Senior para o exterior”. 

Renan afirmou ainda que o aprofundamento da investigação o levou a diversas caracterizações várias, de procedimentos criminosos, e que em função disso irá usar vários tipos penais, desde crime de responsabilidade, passando pelos crimes comuns, chegando aos crimes contra a saúde pública e contra a humanidade. Mais de 40 pessoas serão indiciadas.

Ele disse ainda que possui a especificação de 11 crimes e vários agravantes, mas que a conclusão só será emitida após ouvir o parecer dos outros senadores que compõem a CPI. O que já adiantou é que há um consenso de que o Bolsonaro é um mercador da morte. 

”Sua trajetória é autoexplicativa: defendeu matar 30 mil brasileiros, ainda quando deputado federal. Idolatra ditadores carniceiros como Pinochet, Ustra, Stroessner, Médici, tem vínculos inegáveis com a face mais assustadora da morte, as milícias”.

Renan classificou o presidente como um facínora. ”É um facínora, e esse governo criou o gabinete da morte, um ministério paralelo, também responsável pelo extermínio dos brasileiros. Por causa disso tudo, desse impedimento óbvio e majoritário, ele será responsabilizado”.

A leitura do relatório do senador Renan Calheiros está prevista para o dia 19 de outubro.

Com informações da Folha de São Paulo

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson Lima se reúne com agricultores no Ramal do Brasileirinho

Governador conversou com cerca de 1 mil agricultores do ramal do Brasileirinho, na zona rural de Manaus, onde ouviu demandas do setor primário do Estado.

7 de agosto de 2022

Multidão invade ruas de Maués em apoio à comitiva do PSD e aliados

A comitiva percorreu ruas do município e foi seguida por uma multidão de apoiadores que prestigiaram o lançamento da candidatura de Sidney Leite à reeleição na Câmara.

7 de agosto de 2022

Bolsonaro paga R$ 89 milhões em campanhas que elogiam sua gestão

Três campanhas institucionais são as mais caras pagas pelo Governo Bolsonaro. 60% do valor gasto até o momento é com ênfase nas redes sociais.

7 de agosto de 2022

Campanha de Lula quer Petrobras fora de privatização e ações da Eletrobras

Proposta da campanha de Lula inclui ainda a fusão da Petrobras com a Eletrobras criando uma estatal da energia. Assessores veem erros nas privatizações de Bolsonaro.

7 de agosto de 2022

Ambev pode sair do Amazonas e causar desemprego, alerta senador

Omar Aziz alertou que decretos de redução do IPI de concentrados ameaçam empregos em Maués, pois a Ambev, que compra guaraná do município; pode sair do Amazonas.

7 de agosto de 2022

Michelle Bolsonaro diz em culto que Planalto já foi ‘consagrado a demônios’

Michelle Bolsonaro reforça aspecto evangélico da campanha de Bolsonaro e tenta diminuir rejeição do presidente junto ao eleitorado das mulheres.

7 de agosto de 2022

1º debate com candidatos ao Governo do AM acontece neste domingo

Band Amazonas mantém tradição com debate e com o formato, anunciando o fim do botão de tempo que era administrado pelos próprios candidatos.

7 de agosto de 2022

Mais de 23 milhões de eleitores estão aptos a votar voluntariamente

A Constituição Federal estabelece o voto facultativo, ou seja, opcional, para os jovens de 16 e 17 anos de idade; pessoas com 70 anos ou mais e também para analfabetos.

7 de agosto de 2022