fbpx

quinta, 06 de maio de 2021

Governistas tentam suspender CPI e atrapalham início da sessão

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) usou uma medida cautelar do ministro do STF Celso de Melo, sobre a impossibilidade de colher depoimentos de forma remota na CPI.

29 de abril de 2021

Compartilhe

O início da sessão de hoje foi demorada em virtude dos pedido de ordem dos governistas (Foto: Agência Senado)

A base governista tentou novamente, nesta quinta-feira (29), suspender os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da pandemia no Senado alegando a impossibilidade de realizar as investigações de forma híbrida com o intermédio da internet.

Aliado do governo, o senador Marcos Rogério (DEM-RO) usou uma medida cautelar do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Melo, no qual ele alegou que dentre outras funções a CPI deve prezar pelo sigilo das informações repassadas em depoimento, o que na opinião do parlamentar não seria possível em videoconferência.

“Não há como, sem ser leviano, assegurar que um depoimento desse tipo não acabem sendo vazados por mais que procure instrumentos tecnológicos”, disse o senador, lembrando que outras CPI também foram interrompidas em virtude da impossibilidade de realizar a comissão sem que fosse presencialmente.

O senador Rogério Carvalho (PT-SE) contra argumentou lembrando que os trabalhos dos órgãos do judiciário ao longo da crise sanitária regulamentou o uso da internet para viabilizar o funcionamento dos serviços.

“Só há uma situação que se questiona o trabalho remoto da justiça brasileira que é a audiencia de custódia, portanto todo resto da justiça brasileira funciona em trabalho remoto. Esses argumentos em um momento de pandemia e no momento extraordinário em que vivemos eles não se sustentam”, afirmou.

Por Giovanna Marinho

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Tribunal de Justiça escolhe dois novos desembargadores na terça-feira

O Pleno do TJAM vai escolher entre 15 juízes. Na pauta, também está prevista a remoção de magistrados entre comarcas do interior do Amazonas.

6 de maio de 2021

TCE suspende contrato de R$ 3 mi para locação de carros de luxo em Coari

O contrato previa pagamento superior a R$ 3 milhões. por ano, à empresa Adminsitradora de Bens Good LTDA, que alugaria carros blindados para serem usados na prefeitura.

6 de maio de 2021

Pazuello recebe Onyx após pedir mudança na data para depor na CPI da Covid

O encontro entre os dois não consta na agenda oficial do ministro da Secretaria-Geral da Presidência que, no horário, indicava outra reunião no Palácio do Planalto.

6 de maio de 2021

Tasso quer ouvir Abin sobre guerra química citada pelo presidente

Senador pelo Ceará solicitou a presença de um representante da Agência Nacional de Inteligência para falar sobre guerra química empreendida pela China, segundo o presidente

6 de maio de 2021

PT não chega a acordo sobre ‘embarque’ no governo Wilson Lima

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

6 de maio de 2021

Estado vai pagar R$ 300 às famílias afetadas pela enchente no AM

Cartão Auxílio Estadual vai garantir benefício provisório no valor de R$ 300, em parcela única, a aproximadamente 100 mil famílias atingidas pela cheia dos rios no Amazonas.

6 de maio de 2021

Corrupção colaborou para o caos no sistema de saúde, diz Queiroga

O ministro, Marcelo Queiroga, disse que o desvio de recursos federais para estados e municípios pode ter colaborado para o colapso, mas MS não tem investigações.

6 de maio de 2021

‘Presidente foi irresponsável ao prescrever cloroquina’, diz senador

O senador Otto Alencar, que também é médico, afirmou que a 'ciência não pode se render aos leigos' e espera que o ministro Marcelo Queiroga tenha autonomia.

6 de maio de 2021