fbpx

segunda, 04 de julho de 2022

Fieam repudia Decreto de Bolsonaro que reduz IPI em 25% e prejudica ZFM

Em nota, a Fieam diz que medida tomada nesta sexta-feira, contradiz tudo o que havia sido acordado entre os industriários e o Ministério da Economia para resguardar a ZFM.

26 de fevereiro de 2022

Compartilhe

Decreto é "duro golpe" na competitividade dos produtos da Zona Franca de Manaus, diz a Fieam em nota (Foto: Divulgação/Fieam)

A Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) emitiu nota de repúdio ao Decreto nº 10.979, datado de 25 de fevereiro de 2022, e promulgado em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), do presidente Jair Bolsonaro e que reduz em 25% a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), para a indústria de transformação instalada em outros Estados. A medida, defendida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, ameaça a Zona Franca de Manaus, destaca a Fieam, já que as empresas aqui instaladas contam com isenção deste imposto.

Confira a nota da Fieam:

“A Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), vem, por meio desta nota oficial, externar seu repúdio à publicação do Decreto nº 10.979, datado de 25 de fevereiro de 2022, e promulgado em edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

A medida contradiz tudo o que havia sido sinalizado pelo próprio governo federal em tratativas anteriores, por intermédio do Ministro Paulo Guedes e da Secretária Especial de Produtividade e Competitividade, Daniella Consentino.

O decreto, que reduz em 18,5% o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de automóveis de passageiros, e em 25% a alíquota de IPI incidente sobre os demais produtos, exclusive tabaco e seus sucedâneos manufaturados, desfere um duro golpe na competitividade dos produtos fabricados na Zona Franca de Manaus, além de impactar as receitas de estados e municípios.

O governo se utilizou de sofismas para decretar uma medida que, em linhas gerais, reduz o apelo da produção local e torna mais vantajosa a produção em outras Unidades da Federação que não possuem as dificuldades logísticas e peculiaridades do Amazonas.

Tal acinte fere indiretamente as prerrogativas constitucionais da Zona Franca de Manaus. O segmento industrial amazonense assevera que não se posiciona contrário às medidas que beneficiem a indústria nacional e o desenvolvimento de novas matrizes para o estado. É imperioso, contudo, que essa transição seja de forma gradual e planejada, não de maneira arbitrária e abrupta. O respeito à condição legal de excepcionalidade do Amazonas é fundamental.

A Fieam permanece à disposição para discutir alternativas que resguardem o modelo de desenvolvimento mais exitoso do país e que manteve 96% da floresta preservada”.

Com informações da Assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro diz torcer para STF derrubar liminar que ampara ZFM

Presidente voltou a atribuir crise econômica no Brasil à manutenção dos incentivos para as empresas da Zona Franca de Manaus.

3 de julho de 2022

PT escolhe vereadora de Itacoatiara como suplente de Omar Aziz

Cheila Moreira é vice-presidente da Câmara Municipal de Itacoatiara e pessoa de confiança do deputado Sinésio Campos, presidente estadual do PT.

3 de julho de 2022

Reunião do PSol-AM acaba em briga e adia debate sobre disputa ao Governo

Partido reuniu filiados no último sábado no diretório regional, mas não conseguiu avançar na definição da disputa interna pela pré-candidatura ao Governo do AM.

3 de julho de 2022

Eleições 2022: restrições para agentes públicos começam a valer

Eles também não podem fazer pronunciamento oficial em cadeia de rádio de televisão, salvo em casos de questões urgentes e relevantes autorizados pela Justiça Eleitoral.

3 de julho de 2022

PT divulga nome de pré-candidatos a deputado federal e estadual no AM

Além dos pré-candidatos para a Aleam e Câmara Federal, os petistas homologaram o nome de Cheila Moreira para suplência do senador Omar Aziz (PSD).

2 de julho de 2022

Com apoio de Omar e Sidney, Manacapuru ganha escola construída sobre as águas

A escola municipal e a Quadra Poliesportiva Almir Batista da Silva, na comunidade Rainha dos Apóstolos, atenderão pelo menos 250 criança e jovens.

2 de julho de 2022

Datafolha: maioria diz que professor deve evitar falar de política

Pesquisa mostra que 54% dizem que pais têm o direito de proibir as escolas de ensinar temas que não achem adequados, mas apoiam discussão sobre pobreza e desigualdade social.

2 de julho de 2022

Com futuro incerto na disputa pelo Governo, PSol reúne filiados

Quatro nomes disputam internamente a preferência dos filiados, mas nenhum tem força suficiente para ser anunciado na briga pelo Governo sem ter que passar pelas prévias.

2 de julho de 2022