fbpx

sexta, 25 de junho de 2021

Empate: população está dividida sobre impeachement de Bolsonaro

A pesquisa DataFolha divulgada hoje (15) indica um empate técnico entre as pessoas que aprovariam, ou não, um processo de impeachement ao presidente Jair Bolsonaro.

15 de maio de 2021

Compartilhe

Em comparação a pesquisa feita em abril do ano passado a rejeição ao impeachement caiu 4 pontos (Foto: reprodução)

A pesquisa DataFolha divulgada neste sábado (15) aponta pela primeira vez a quantidade de apoioadores do impeachement do presidente Jair Bolsonaro, a frente do número de pessoas contrários a saída dele por esse meio. São 49% a dos respondentes a favor, ante os 46% contra. No entanto, esses números indicam um empate técnico já que a margem de erro é igual a dois pontos percentuais para mais ou menos.

Em alguns nichos sociais como os homens e no Sul do país a rejeição ao impedimento do presidente é de 52%. A mesma tendência foi observada entre os respondentes dizem não ter medo do coronavírus, onde Bolsonaro alcança 60% de desaprovação a sua saída. E em seu reduto eleitoral, os evangélicos, a ideia não agrada 57% das pessoas.

No outro lado desses espectro, os jovens são os que mais reprovam a permanência de Bolsonaro no poder, somando 57%, mesmo quantitativo registrado entre os nordestinos. Os problemas econômicos refletem também nesses números quando observado 62% dos desmpregados a favor do declínio do chefe do executivo do poder, bem como as pessoas que temem o coronavírus (60%).

Na série de pesquisas do Datafolha feitas desde abril de 2020, o impeachment chegou a ser rejeitado por 53% dos entrevistados em janeiro, ante 42% dos que apoiavam a cassação. Com 95% de confiabilidade a pesquisa realizada nesta terça e quarta-feira (11 e 12) entrevistou presencialmente 2.071 pessoas em todo o Brasil.

Com informações da Folha de São Paulo

Leia mais sobre Política

Maioria do STF impede convocação de governadores pela CPI da Covid

Os ministros seguem decisão individual da ministra Rosa Weber, que suspendeu as convocações de governadores determinadas pela CPI da Pandemia.

24 de junho de 2021

Por ordem de Alexandre de Moraes, Daniel Silveira é preso novamente

O ministro do STF alega em sua decisão que Daniel Silveira violou mais de 30 vezes as regras da prisão domiciliar que o deputado está cumprindo desde o início do ano.

24 de junho de 2021

Câmara autoriza candidatura de gestor multado por conta irregular

A lei aprovada por 345 favoráveis, 98 contrários e quatro abstenções, libera para concorrer os gestores que foram punidos apenas com multa. A matéria segue para o Senado.

24 de junho de 2021

Irmãos bolsonaristas prometem ‘bomba’ na CPI para derrubar República

Além de revelar que possuem informações quentes do Governo Federal, os irmãos Miranda pediram segurança à CPI após intimidação de Onix Lorenzoni.

24 de junho de 2021

Filipe Martins ganha liminar para ficar calado em depoimento na CPI

Assessor Internacional da Presidência da República será ouvido para esclarecer a presença dele na reunião com representantes da Pfizer, em novembro, para a compra de vacinas.

24 de junho de 2021

Luis Miranda pede prisão de Onyx Lorenzoni e Elcio Franco à CPI

O deputado federal encaminhou um ofício ao presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz, no qual afirma que Onyx e Élcio estariam buscando coagi-lo antes do seu depoimento.

24 de junho de 2021

Hallal: ‘país precisa vacinar mais de 30 milhões em 21 dias de lockdown’

O epidemiologista, que presta depoimento nesta quinta-feira (24), afirmou que só o fechamento radical e vacinação em massa poderiam jogar o número de casos para baixo.

24 de junho de 2021

Em sessão ‘miojo’, deputados criticam política ambiental de Bolsonaro

Serafim Corrêa comemorou a saída do, agora, ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Wilker Barreto usou o tempo de fala para exaltar a ZFM para manutenção da floresta.

24 de junho de 2021