fbpx

domingo, 17 de janeiro de 2021

Em audiência, AM Energia diz que vai trocar rede elétrica até o KM 41 da BR-174

Embora o evento tenha ocorrido com a ajuda de um gerador de energia providenciado pelos comunitários, a concessionária garantiu a substituição de toda rede elétrica da área,

19 de outubro de 2020

Compartilhe

O o serviço só foi restabelecido ao final da reunião (Foto: Divulgação)

Em audiência pública promovida pela Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CDC/Aleam) na manhã desta segunda-feira (19), a Amazonas Energia se comprometeu em atender as demandas da comunidade Nova Canaã, quilômetro 41 da BR-174 (Manaus-Boa Vista).

Embora o evento tenha ocorrido com a ajuda de um gerador de energia providenciado pelos comunitários, a concessionária garantiu a substituição de toda rede elétrica da área, entre os quilômetros 1 e 41 da rodovia, e a instalação de um posto de pronto-atendimento dentro da localidade.

Por conta da chuva, segundo a própria empresa, o serviço só foi restabelecido ao final da reunião.

Presidida pelo deputado estadual João Luiz (Republicanos), responsável pela CDC/Aleam, a audiência teve como propósito discutir as constantes falhas de energia elétrica enfrentadas pelas mil famílias da comunidade Nova Canaã que, na última semana, ficaram cinco dias, ininterruptos, sem o serviço.

A reunião contou, ainda, com a participação da promotora Sheila Andrade, da 81ª Promotoria de Justiça Especializada na Proteção de Defesa do Consumidor (81ª Prodecon) do Ministério Público do Estado (MP-AM); e de Maurílio Nunes, do Procon-AM; além de representantes da Defensoria Pública do Estado (DPE-AM), Amazonas Energia, Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) e Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

De acordo com o presidente da CDC/Aleam, deputado João Luiz, o resultado da audiência foi satisfatório, uma vez que a Amazonas Energia se comprometeu em solucionar os problemas.

“A empresa anunciou investimentos na substituição de toda a rede elétrica até o quilômetro 41 da rodovia, com conclusão prevista para março de 2021, e também a instalação de um posto de pronta-resposta dentro da comunidade”, disse.

“Isso, sem dúvida, vai garantir rapidez e eficácia em caso de problemas na rede. Desta forma, os moradores não terão de aguardar pelo deslocamento de uma equipe técnica para solucionar a falha”, afirmou o parlamentar.

Durante a audiência, os comunitários relataram os problemas enfrentados e gerados pela interrupção do fornecimento de energia na localidade. “A área fica totalmente isolada, sem comunicação e também sem água. Isso, sem falar dos prejuízos dos comerciantes e dos agricultores.

A unidade de saúde daqui também amarga perdas de remédios, cuja armazenagem necessita de energia. Agradeço ao deputado João Luiz por ter sido a nossa voz no parlamento e por fazer com que a Amazonas Energia apresentasse solução a todos esses problemas”, afirmou o líder comunitário Rone Nascimento.

Apesar dos anúncios da Amazonas Energia, o Procon-AM e a DPE-AM solicitaram a organização das denúncias apresentadas durante a audiência e orientaram as famílias de baixa renda da comunidade a ingressarem com ações individuais para o ressarcimento dos equipamentos queimados.

A promotora Sheila Andrade informou que o MP-AM, por meio da 81ª Prodecon, irá instaurar um procedimento para acompanhar todas as ações dos órgãos de defesa do consumidor junto a concessionária.

Ação

No próximo dia 29, a CDC/Aleam irá realizar uma edição do Balcão do Consumidor na comunidade Nova Canaã, com a participação de representantes da Amazonas Energia e da Seas. A ação vai tratar dos problemas individuais dos consumidores da localidade, como aparelhos danificados por queda de energia, tarifa social, cobrança abusiva e instalação de medidores nas unidades consumidoras.

Fonte: assessoria

Leia Mais:

Veja mais notícias

Governo do Amazonas anuncia prorrogação de decreto neste domingo

Em novo decreto a ser publicado, Governo irá prorrogar a restrição ao funcionamento do comércio não essencial em todo o estado até o fim de janeiro.

16 de janeiro de 2021

Anvisa decide neste domingo se aprova uso emergencial de vacinas

Dretoria da Anvisa irá analisar os processos das vacinas Coronavac, fabricado pelo Instituto Butantan com o laboratório Sinovac, e da Oxford/AstraZeneca, da Fiocruz.

16 de janeiro de 2021

A velha tática de contar uma mentira mil vezes até virar verdade

Repasse de R$ R$ 8.91 bilhões que Bolsonaro alega ter efetuado para o combate à Covid-19 no Amazonas não corresponde à verdade, mas é reproduzido nas redes sociais.

16 de janeiro de 2021

Bolsonaro mente ao dizer que repassou R$ 8,9 bi para Covid no AM

Dos R$ 8,9 bilhões divulgados nas redes sociais, apenas 10% foram recursos para o enfrentamento da Covid. Resumindo: apenas R$ 212,83 por habitante do Amazonas.

16 de janeiro de 2021

AM teve que remanejar quase R$ 400 milhões para a Saúde em 2020

Para se ter uma ideia, somente nos meses de março e abril, auge do primeiro pico da pandemia no estado, foram remanejados aproximadamente 200 milhões.

16 de janeiro de 2021

Twitter classifica como ‘enganosa’ publicação de Bolsonaro

Segundo a rede social, a publicação sobre tratamento precoce para Covid-19 contém “informações enganosas e potencialmente prejudiciais" relacionadas à doença.

16 de janeiro de 2021

Líder em infectados no interior, Coari compra usina de oxigênio

A usina terá capacidade para atender o hospital municipal com abastecimento direto e envasar cilindros para unidades de saúde, comunidades interioranas e cidades próximas.

16 de janeiro de 2021

TCE-AM prorroga home office e prazos até o fim de janeiro

A corte considerou a crise no sistema de saúde do Amazonas. A suspensão dos prazos processuais não inclui medidas acautelatórias e eventuais termos de ajustamento de gestão.

16 de janeiro de 2021