fbpx

quarta, 01 de dezembro de 2021

Diego Afonso anuncia ‘revogaço’ de leis para alavancar economia

Trabalho da Frente Parlamentar do Empreendedorismo identificou mais de 350 leis municipais ainda vigentes que atrapalham negócios, diz vereador Diego Afonso.

19 de outubro de 2021

Compartilhe

Vereador afirma que revogação de leis antigas e que perderam o sentido vai ajudar na retomada da economia no pós-pandemia (Foto: Reprodução)

A Frente de Recuperação Econômica aos Impactos Causados pela Pandemia do Covid -19 (Frenpre), vinculada à Câmara Municipal de Manaus (CMM), vai sugerir nos próximos 30 dias um “revogaço geral” de leis municipais antigas que perderam a razão de ser, mas seguem integrando o ordenamento jurídico municipal e, assim, permanecem válidas. A informação é do vereador Diego Afonso (PSL).

O parlamentar estima que, no total, serão revogadas mais de 350 leis que, editadas em um determinado momento histórico, perderam o sentido e atrapalham as atividades dos setores produtivos da economia em Manaus.

O vereador cita como exemplo uma lei de 1984, que proíbe supermercados de ficarem abertos após as 22h.

“É algo que, hoje em dia, perdeu totalmente o sentido, mas está valendo. E se de repente um órgão fiscalizador resolve cobrar sua observância em Manaus? Como fica o comerciante?”, questionou Diego Afonso.

Para o advogado Marcelo Santos, a revogação em massa de leis é necessário de tempos em tempos, mas deve ser feita com “muito cuidado para não deixar lacunas no ordenamento jurídico da cidade”.

“Os parlamentares brasileiros produzem muitas leis, muitas dispensáveis. Acaba que, após um certo tempo, elas perdem o sentido completo, sendo necessária uma atualização ou mesmo a revogação”, diz o advogado, lembrando que no Código Penal Brasileiro, editado nos anos 40, havia uma série de artigos machistas que tiveram de ser revogados à medida em que a sociedade evoluiu e as mulheres passaram a ter um protagonismo maior em todos os campos da atividade humana.

A Frenpre foi instaurada em maio deste ano e é formada ainda pelos vereadores Lissandro Breval (Avante), Glória Carratte (PL), Amom Mandel (Podemos), William Alemão (Cidadania), Everton Assis (PSL), João Carlos (Republicanos), Peixoto (PTC), Caio André (PSC), Rosivaldo Cordovil (PSDB), Sassá da Construção Civil (PT), Rodrigo Guedes (PSC) e Marcelo Serafim (PSB), além de Afonso.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

No AM, prefeitura vai gastar R$ 2,6 mi com materiais de expediente e escritório

Duas empresas venceram o processo licitatório e vão receber mais de R$ 2,6 milhões para fornecer materiais de expediente e escritório para a Prefeitura de Boa Vista do Ramos.

1 de dezembro de 2021

Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprova PEC dos Precatórios

A PEC do senador Fernando Bezerra, que já passou pela Câmara dos Deputados, libera espaço fiscal em 2022 para o pagamento do programa social Auxílio Brasil.

1 de dezembro de 2021

Prazo para apresentação de emendas impositivas à LOA encerra hoje

O Governo estima o orçamento para o próximo ano fiscal em pouco mais de R$ 24 bilhões. Os deputados podem dispor de 1,2% da receita corrente líquida para emendas individuais.

1 de dezembro de 2021

Comissão de Educação ignora pedidos do Sinteam e frustra educadores

Sindicato que representa a categoria dos profissionais da Educação diz que a comissão não deu retorno de ofícios protocolados ao longo do ano; reajuste é uma das pautas.

1 de dezembro de 2021

STF mantém foro de Flávio Bolsonaro no caso das rachadinhas

A investigação que atinge o senador foi desidratada por decisões do STJ, que anulou a maior parte das provas colhidas em primeiro grau por considerar o juízo incompetente.

1 de dezembro de 2021

Deputados debatem prática de empinar moto como atividade desportiva

Deputada diz que o 'grau de moto' têm sido muitas vezes reprimido por agentes da polícia e por isso quer transformar a 'acrobacia' em esporte.

1 de dezembro de 2021

Destacando presença de deputados, Bolsonaro oficializa entrada no PL

Durante o evento, o presidente Jair Bolsonaro destacou que a cerimônia foi uma simples filiação ao partido e que não estava “lançando ninguém a cargo nenhum”.

30 de novembro de 2021

Plínio e Marcelo defendem emendas do relator e transparência na aplicação

Senador Plínio Valério e o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos, defenderam o instrumento que possibilita liberação de recursos para o Estado e os municípios.

30 de novembro de 2021