fbpx

domingo, 17 de janeiro de 2021

Deputado pede mais bombeiros no combate à queimadas e incêndios

Bessa destacou que a lei 3.431/2009, prevê que o efetivo do Amazonas seja fixado em 4.483 bombeiros militares e que, com isso, há um déficit de 75% do efetivo previsto.

15 de setembro de 2020

Compartilhe

Atualmente, há 1.113 bombeiros militares no Amazonas (Foto: Divulgação)

Mesmo com a efetivação de 693 novos servidores no quadro do Corpo de Bombeiros do Estado do Amazonas (CBMAM), que foram convocados em fevereiro deste ano pelo Governo do Estado, o número ainda preocupa o deputado estadual Carlinhos Bessa (PV). Atualmente, segundo dados oficiais do Estado, o Amazonas tem 1.113 bombeiros militares, sendo 652 combatentes e, os demais, de saúde, que ingressaram este ano.

Bessa destacou que a lei 3.431/2009, prevê que o efetivo do Amazonas seja fixado em 4.483 bombeiros militares e que, com isso, há um déficit de 75% do efetivo previsto. Para o parlamentar, se houver dois incêndios de grande porte no Estado, o efetivo não será suficiente para o saldo do combate ser positivo.

“Acontece muito incêndio no verão , caso aconteça dois de grande porte, no Estado, não teremos efetivo para controlar o fogo. Então, queria pedir ao Governo o preenchimento das vagas na corporação por meio de um concurso público”, falou o parlamentar.

“Dependendo do vulto da ocorrência, haveria maior ou menor dificuldade em seu controle, assim como o desgaste da tropa combatente para atuar por um longo período na zona de risco. Na atual situação, o CBMAM teria dificuldades em atuar simultaneamente em dois incêndios, caso esses fossem ambos de grande porte”, respondeu a assessoria do Corpo de Bombeiros quando questionado pelo RealTime1 sobre a possível falha na missão.

A corporação entende como “incêndio de grande porte” as ocorrências que demandam a utilização de mais de três viaturas, “em constante revezamento para não haver interrupção no combate com a água, sendo necessário ainda considerar o revezamento entre a tropa, visto que incêndios de grande porte, normalmente envolvem horas de combate para seu efetivo controle e início do rescaldo”.

Bessa destacou que, em visita à unidade de segurança, assentiu que a corporação está bem dotada de equipamentos para desenvolver suas atividades, faltando “apenas um maior efetivo”.

“Temos 631 bombeiros na ativa. Em 2021, mais de 50 bombeiros serão aposentados e temos uma lei que nos ampara um número maior de combatentes”, pontuou o deputado.

Reportagem: Rosianne Couto

Veja mais notícias

Inep notifica estudantes do AM sobre cancelamento do Enem

As provas estavam agendadas para este domingo (17) e para o domingo da semana que vem, no dia 24 de janeiro.

16 de janeiro de 2021

Consumo de oxigênio depende do grau de comprometimento pulmonar

Médica infectologista relatou que o consumo de oxigênio em um paciente internado, na fase inicial, começa com três litros do gás e pode chegar a 15 litros por dia.

16 de janeiro de 2021

Governo do Amazonas anuncia prorrogação de decreto neste domingo

Em novo decreto a ser publicado, Governo irá prorrogar a restrição ao funcionamento do comércio não essencial em todo o estado até o fim de janeiro.

16 de janeiro de 2021

Anvisa decide neste domingo se aprova uso emergencial de vacinas

Dretoria da Anvisa irá analisar os processos das vacinas Coronavac, fabricado pelo Instituto Butantan com o laboratório Sinovac, e da Oxford/AstraZeneca, da Fiocruz.

16 de janeiro de 2021

A velha tática de contar uma mentira mil vezes até virar verdade

Repasse de R$ R$ 8.91 bilhões que Bolsonaro alega ter efetuado para o combate à Covid-19 no Amazonas não corresponde à verdade, mas é reproduzido nas redes sociais.

16 de janeiro de 2021

Bolsonaro mente ao dizer que repassou R$ 8,9 bi para Covid no AM

Dos R$ 8,9 bilhões divulgados nas redes sociais, apenas 10% foram recursos para o enfrentamento da Covid. Resumindo: apenas R$ 212,83 por habitante do Amazonas.

16 de janeiro de 2021

AM teve que remanejar quase R$ 400 milhões para a Saúde em 2020

Para se ter uma ideia, somente nos meses de março e abril, auge do primeiro pico da pandemia no estado, foram remanejados aproximadamente 200 milhões.

16 de janeiro de 2021

Twitter classifica como ‘enganosa’ publicação de Bolsonaro

Segundo a rede social, a publicação sobre tratamento precoce para Covid-19 contém “informações enganosas e potencialmente prejudiciais" relacionadas à doença.

16 de janeiro de 2021