fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Defensoria Pública recomenda que Parintins mantenha uso de máscaras

Segundo a Defensoria Pública do Polo Baixo Amazonas, decreto da Prefeitura de Parintins deveria flexibilizar o uso sem máscara contra Covid-19 apenas em ambientes abertos.

17 de março de 2022

Compartilhe

DPE-AM destaca os riscos de contaminação com novas variantes do vírus da Covid-19 (Foto: Divulgação/DPE-AM)

O Polo Baixo Amazonas, da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), expediu nesta terça-feira (15), uma recomendação à Prefeitura Parintins (distante 369 quilômetros a leste de Manaus) para que altere o decreto municipal n° 28/2022, que desobriga o uso obrigatório de máscaras em ambientes abertos e fechados.

A DPE-AM alerta que deixar de exigir o uso do equipamento em ambientes abertos segue o decreto governamental sobre o assunto, mas em ambientes fechados o uso deve seguir obrigatório. Para pessoas com 70 anos ou mais, o uso é recomendado em qualquer ambiente.

A defensora pública Renata Visco explica que a população não pode ser exposta ao risco de contaminação por coronavírus e outras doenças, em prol do maior conforto em ambientes fechados.

“É preciso ainda destacar o claro benefício adicional que as máscaras trazem no controle de outras doenças infectocontagiosas. Ao reter gotículas em sua parte interna, a máscara ajuda a evitar a transmissão de vírus como os causadores da gripe e das influenzas, sarampo, catapora, tuberculose e meningite. Nem há que se falar em desconforto no uso de máscaras: tal questão nem se põe frente aos ganhos que se obtêm com seu uso e mais que isso, frente aos prejuízos que podem advir da desobrigação.”

A recomendação da DPE-AM lembra ainda os riscos trazidos pela descoberta da variante deltracron – combinação das cepas delta e ômicron, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Não podemos flexibilizar em demasia. A pandemia esmoreceu, mas não acabou, e toda flexibilização tem que ser gradual para que se possa acompanhar seu reflexo nos casos positivos no município”, completa a defensora Camila Campos.

Com informações da Assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro planeja mais R$ 1,2 bi para trator e ignora famílias carentes

Ministério da Cidadania comprou 247 tratores e outras máquinas agrícolas usando recursos que deveriam ser direcionados para mitigar impacto da pandemia em comunidades pobres.

26 de maio de 2022

Roberto Jefferson usa estrutura do PTB para atacar STF, dizem ex-dirigentes

Parlamentares dizem que Roberto Jefferson utiliza pessoas da estrutura partidária "para proferir xingamentos a ministros e realizar manifestações em frente ao Supremo".

26 de maio de 2022

Senado aprova MP que altera incentivos para indústrias químicas

Aprovação da medida provisória teve a relatoria do senador Eduardo Braga (MDB-AM), que aperfeiçoou o regime tributário cobrando contrapartidas do setor.

26 de maio de 2022

‘Não desisti, mas está muito difícil’, diz Plínio sobre candidatura ao Governo

O senador Plínio Valério (PSDB) afirmou que nos próximos dias deve tomar a decisão final se premanece como pré-candidato ao Governo do Amazonas até as convenções partidárias.

26 de maio de 2022

TSE aprova federação entre PSDB e Cidadania; partidos ficam juntos por 4 anos

Criado para salvar partidos pequenos, a federação pode facilitar a eleição de quadros a cargos proporcionais, como é o caso dos deputados federais.

26 de maio de 2022

Câmara pode votar sobre venda direta de etanol aos postos de combustíveis

A Medida Provisória 1100/22 faz ajustes na tributação da comercialização de etanol para viabilizar a venda direta do combustível dos produtores ao varejo.

26 de maio de 2022

PL aciona Lula e o PT no TSE por campanha eleitoral antecipada

O PL questiona atos pró-Lula em eventos da CUT e do PSol onde teria havido infração eleitoral, já que a pré-campanha veda pedido explicito de votos e ataque a adversários.

26 de maio de 2022

Plínio questiona programa de demissões do Banco da Amazônia

De acordo com o senador, a situação desses profissionais tende a se agravar ainda mais diante da crise social e econômica que o País atravessa, provocada pela pandemia.

26 de maio de 2022