fbpx

domingo, 05 de dezembro de 2021

Dados sobre desmatamento serão divulgados por Ministério da Agricultura

O anúncio ocorre após uma série de números recordes de desmatamento e próximo ao período de seca no país onde tradicionalmente as queimadas aumentam.

13 de julho de 2021

Compartilhe

O governo brasileiro é questionado mundialmente pela inoperancia no combate às queimadas ilegais (Pelegrine Neto/SSP-AM)

O governo federal deve alterar, em breve, a maneira como reporta incêndios no Brasil. Tanto o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) quanto o Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) deixarão de emitir alertas de incêndio em nome do governo federal. A medição ficará a cargo exclusivo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), ligado ao Ministério da Agricultura.

A notícia foi dada durante uma live do Ministério da Agricultura para apresentar um projeto de mitigação de incêndios nas áreas florestais, envolvendo os estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. “A gente já fechou hoje, pela manhã, que não haverá mais emissão do Inpe ou do Censipam sobre incêndios, que será do Sistema Nacional de Meteorologia todos os relatórios do governo federal”, disse Miguel Ivan Lacerda de Oliveira, que dirige o Inmet.

Segundo Miguel Ivan, a nova estrutura resolveria o problema de pulverização e dissonância nos dados sobre incêndio no país. Ivan definiu isso como uma questão que o país experimenta “há mais de 40 anos e que nunca foi tratado.” Isso tirará do país alguns dos medidores de focos de fogo em biomas como a Amazônia e o Pantanal.

O Inpe, subordinado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Comunicações, coordena o “Programa Queimadas”, que diariamente atualiza dados sobre possíveis focos de incêndio nos seis biomas brasileiros (a Amazônia registrou 111 deles, apenas neste domingo (11), de acordo com a plataforma); o Censipam, ligado ao Ministério da Defesa, foi criado em 2003 e une sistemas integrados de sensoriamento remoto, radares, estações meteorológicas e plataformas de coleta de dados para uma análise quase em tempo real.

Com informações do Congresso em Foco

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Obrigatoriedade de filmagem para entrar em domicílio de suspeitos é anulada

A decisão se deu em favor de um homem, suspeito de tráfico de drogas, com o entendimento de que a entrada dos policiais em sua casa foi ilegítima.

4 de dezembro de 2021

Prefeito David Almeida cancela festas de Réveillon em Manaus

Temendo aumento de casos de Covid-19, o prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou neste sábado o cancelamento das festas de Réveillon.

4 de dezembro de 2021

Empresa deverá pagar a entregador com Covid-19 ajuda financeira

Câmara aprova medidas de proteção a entregadores de aplicativo durante pandemia. A ajuda é equivalente à média dos três últimos pagamentos mensais recebidos pelo entregador.

4 de dezembro de 2021

CAE do Senado discute como barrar aumentos dos combustíveis

Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal vai analisar projeto que modifica a política de preços dos combustíveis adotada pela estatal Petrobras.

4 de dezembro de 2021

‘Lei Seca’ entrará em vigor a partir das 18h deste sábado em Coari

Eleição suplementar que acontece neste domingo escolherá o novo prefeito do município de Coari, o segundo mais rico do Estado e que tem um orçamento de R$ 300 milhões.

4 de dezembro de 2021

Braga propõe comissão mista para acompanhar escalada dos precatórios

Acordo que viabilizou a aprovação da PEC dos Precatórios no Senado determina a criação de uma comissão mista para fiscalizar políticas públicas geradoras de dívidas.

4 de dezembro de 2021

Evangélicos querem vaga de vice-presidente de Bolsonaro em 2022

Para não ser derrotado na disputa de 2022, Bolsonaro precisa agora selar um novo pacto, mas com a cúpula das igrejas e dos templos, e não com o Progressistas de Lira.

4 de dezembro de 2021

SSP-AM reforça suporte à operação Eleição 2021, em Coari

A eleição suplementar para a escolha do novo prefeito de Coari acontece neste domingo (5). A Lei Seca no município entrará em vigor a partir das 18h deste sábado.

4 de dezembro de 2021