fbpx

quinta, 23 de setembro de 2021

CPI confirma 14 novos investigados após homenagear vítimas da Covid

Renan Calheiro havia decidido monocraticamente que 14 testemunhas passariam a condição de investigados. CPI também fez homenagem as vítimas da doença.

22 de junho de 2021

Compartilhe

Senadores fizeram um minuto de silêncio em homenagem aos mortos pela Covid-19 ao longo da pandemia (Foto: Reprodução)

A Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 do Senado Federal fez um minuto de silêncio pelas 502.802 mortes de brasileiros pela doença desde março de 2020. A homenagem foi uma proposta do senador Rogério Carvalho (PT-SE) e antecedeu o depoimento do deputado Osmar Terra (MDB-RS) na comissão.

Após a homenagem, a CPI pegou fogo com uma questão de ordem do senador Luiz Carlos Heinze (PP-RS) para que a colegiado analisasse a decisão do relator, senador Renan Calheiros (MDB-AL), de transformar 14 depoentes de testemunhas para a condição de investigados, um status bem mais grave e que poderá levá-los a responder processos na Justiça civil e criminal.

Após muita discussão, o líder do governo, senador Fernando Bezerra (MDB-PE), pediu que fosse retirado o nome do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, dessa lista, o que não foi aceito pelo presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD). “Ele tem responsabilidade sim, comprou vacinas da Pfizer por preço muito mais alto e ainda avalizou a realização da Copa América no Brasil”, afirmou Omar.

Após esse debate, os senadores aprovaram a decisão do relator e os 14 passaram a condição de investigados.

Confira a lista:

 Marcelo Queiroga, Ministro da Saúde;

 Marcellus Campêlo, ex-secretário de Saúde do Amazonas;

 Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde;

 Ernesto Araújo, ex-ministro das Relações Exteriores;

 Élcio Franco, ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde;

 Hélio Angotti Neto, ex-secretário de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde;

 Fábio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação da Presidência da República;

 Mayra Pinheiro, secretária de gestão e trabalho do Ministério da Saúde;

 Luciano Dias Azevêdo, tenente-médico da Marinha

 Nise Yamaguchi, médica oncologista;

 Paulo Zanoto, médico virologista;

 Carlos Wizard, empresário;

 Arthur Weintraub, ex-assessor da Presidência da República;

 Francieli Fantinato Fontana, coordenadora do Programa Nacional de Imunização.

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

CPI da Covid ouve nesta quinta-feira o empresário Danilo Trento

Danilo Trento é sócio da empresa Primarcial Holding e Participações, com sede em São Paulo e no mesmo endereço da empresa Primares, cujo sócio é Francisco Maximiano.

23 de setembro de 2021

Senado aprova mudanças na regra eleitoral e na posse presidencial; entenda!

Volta das coligações, defendida pelos deputados, foi barrada no Senado Federal durante votação nesta quarta-feira (22); parte das mudanças vale a partir de 2022.

22 de setembro de 2021

Omar Aziz critica Câmara por abrir processo contra Luís Miranda

Deputado que, ao lado do irmão Luís Ricardo, revelou o caso Covaxin terá de responder a processo de cassação na Comissão de Ética da Câmara Federal.

22 de setembro de 2021

Ministério usou dados da Prevent sem autorização, diz executivo

Em ao menos dois casos, Pedro Benedito Batista Júnior negou que dados usados pelo Ministério da Saúde tenham sido autorizados pela empresa Prevent Senior.

22 de setembro de 2021

Depois de se esquivar sobre o ‘puxadinho’ da CMM, Carpê cobra holofotes

Depois de ter visto a repercussão negativa sobre o 'puxadinho', o vereador resolveu se posicionar e passou a criticar a postura dos demais colegas que aprovam a obra.

22 de setembro de 2021

Amazonas Energia cobra duas bandeiras tarifárias em conta, diz Sinésio

Presidente da Aleam e deputados pregam acatar decisão da Justiça de suspender a CPI e depois criar uma nova ; mas Sinésio Campos é contrário à saída.

22 de setembro de 2021

Executivo da Prevent Senior passa a ser investigado pela CPI da Covid

Os senadores apresentaram provas, encaminhadas à comissão com denúncias de médicos e pacientes, comprovando a prescrição do chamado tratamento precoce na Prevent.

22 de setembro de 2021

Prevent falsificava dados sobre mortes de pacientes por Covid-19

O senador Humberto Costa (PT/PE), que e médico, foi quem revelou documentos mostrando que a Prevent adotava este procedimento para mascarar os dados de mortes por Covid.

22 de setembro de 2021