fbpx

sexta, 26 de fevereiro de 2021

Covid: saiba o porquê da eficácia da vacina vir após 2ª dose

Médica infectologista, Solange Dourado, esclarece as dúvidas sobre a vacina contra a Covid-19 e alerta para a manutenção dos cuidados com a higiene das mãos e uso de máscara.

4 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Médica infectologista fala que vacinas representam esperança para sociedade (Foto: Divulgação)

“O nosso organismo precisa de estímulos para produzir proteção”.

Foi com essa afirmação que a infectologista Solange Dourado explicou o motivo de as vacinas Coronavac e AstraZeneca – contra Covid-19 – serem aplicadas em duas doses.

De acordo com a médica, que atua na Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), a primeira dose é para a produção da proteção.

A segunda dose é para que tal proteção se torne mais duradoura.

“São necessárias duas doses para que o sistema humano produza uma resposta protetora satisfatória e mais duradoura. O esquema indicado foi o avaliado nos estudos de fase 3 e que demonstraram melhor imunogenicidade”, explicou a médica.

“É importante seguir os intervalos que já se mostraram adequados nos ensaios clínicos”, completou.

Solange ressalta que seguir os critérios estabelecidos pelos laboratórios é fundamental para que se obtenha eficácia nos resultados.

Cuidados devem continuar

A médica destaca ainda que as vacinas, aliadas aos protocolos de saúde, como uso de máscara, higienização da mãos e distanciamento social, representam “um grande passo para a superação da pandemia”.

Para ela, as vacinas simbolizam a “esperança e principal estratégia” da Ciência.

Solange ressalta ainda que, somente após a segunda dose na maioria da população, é que a sociedade terá uma real situação do impacto da vacina em relação à transmissibilidade.

“Nossa expectativa é de que no futuro possamos tirar as máscaras”, concluiu.

Da Redação, com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Derrubada teto de gastos deve piorar o caos com a cheia no interior

Os municípios do interior do Amazonas se preparam para uma cheia histórica e podem ser os mais prejudicados caso haja aprovação do texto original da PEC Emergencial.

26 de fevereiro de 2021

Citando injustiça e ‘likes’, Marcelo Ramos defende PEC da Impunidade

Para Marcelo Ramos, quem é contra a PEC que limita as possibilidades de prisão de parlamentares age com 'absoluta injustiça' ao se referir ao texto como 'PEC da Impunidade'.

26 de fevereiro de 2021

Nas redes sociais, Jaiza Fraxe fala em vacina para animais domésticos

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

26 de fevereiro de 2021

Adail Filho e a longa agonia do município mais rico do interior do Amazonas

O ex-prefeito de Coari, Adail Filho e o vice Keitton Pinheiro recorrem sobre a decisão do TRE-AM que determinou a cassação da candidatura por inelegibilidade.

26 de fevereiro de 2021

Câmara Federal começa a discutir agora projeto da ‘impunidade parlamentar’

A chamada PEC da Impunidade torna mais difícil a prisão de um parlamentar flagrado cometendo crimes, como foi o caso do deputado Daniel Silveira (PSL/RJ), semana passada

26 de fevereiro de 2021

Sem pauta e sem quórum deputados estaduais se limitam à falácia

Hoje, o alvo da base opositora foi uma viagem de Wilson Lima a Brasília. A Aleam, no ano passado, gastou com esses serviços R$ 11,3 milhões

25 de fevereiro de 2021

Sílvia Tuma é a nova corregedora do Ministério Público do Amazonas

Nova corregedora-geral terá mandato de dois anos e será responsável por fazer o controle interno das atividades de procuradores e promotores de Justiça do Amazonas

25 de fevereiro de 2021

Governo teve que fretar voo para buscar doses de vacina no Amapá

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

25 de fevereiro de 2021