fbpx

sexta, 20 de maio de 2022

Cascavel diz que chuvas causaram mortes em Manaus e é contestado por Omar

Para o ex-assessor de Eduardo Pazuello, as duas ondas da Covid-19 atingiram a capital amazonense em meio ao período chuvoso e isso fortaleceu o coronavirus.

5 de agosto de 2021

Compartilhe

Eduardo Pazuello e Airton Soligo trabalharam juntos por seis meses no Ministério, mas a performance deles em Manaus foi decepcionante (Foto: Reprodução)

Na avaliação do ex-assessor especial do Ministério da Saúde, Airton Soligo, o ‘Cascavel’, foi o inverno Amazônico, que vai de dezembro a maio, quem fomentou as duas ondas de Covid-19 em Manaus. Esse posicionamento foi colocado aos senadores que o ouvem na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 do Senado, na manhã desta quinta-feira (5).

“O pico das chuvas no Amazonas acontece em abril e, na primeira onda, morreram lá quatro mil pessoas. Por sorte, era o fim do período chuvoso. Já a segunda onda atingiu a cidade bem no começo do inverno”, afirmou o ex-assessor.

Essa avaliação foi contestada pelo presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD), que lembrou a intenção do governador Wilson Lima (PSC) de decretar o fechamento da cidade em 26 de dezembro. “Infelizmente o governador recuou após uma campanha feita pelo presidente, pelos filhos do presidente, por deputados bolsonaristas. O resultado foram as mortes”, atacou Omar.

O senador também acrescentou que o Governo Federal, por meio da secretária de Gestão e Trabalho da Saúde, Mayra Pinheiro, a ‘Capitão Cloroquina’, apostou no kit covid, com remédios que não têm eficácia contra a doença, e no aplicativo TrateCov. “Me espanta essa senhora ainda estar no Ministério. Ela é responsável pelas mortes de muitos amazonenses e ela vai pagar por isso”, frisou Omar.

Sobre a comissão enviada ao Amazonas no fim de dezembro, Airton Cascavel disse que ao voltar para Brasília alertou sobre os riscos de haver muitas mortes por conta das chuvas. Respondendo ao relator, senador Renan Calheiros (MDB/AL), Cascavel disse que recomendou o envio de, ao menos, 100 respiradores e a abertura de 100 leitos de UTI. “Isso foi feito”, afirmou, mas foi novamente contestado por Omar que lembrou da falta de envio destes equipamentos para o Amazonas.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro ataca o STF, e Moraes fala em luta contra antidemocráticos

Bolsonaro também afirmou que as Forças Armadas foram convidadas a participar do processo eleitoral e que suas observações "não vão ser jogadas no lixo".

19 de maio de 2022

Em pré-campanha, Arthur busca apoio de influenciadores digitais

O ex-prefeito reuniu com influenciadores digitais do Amazonas, que já o apoiaram durante sua gestão na Prefeitura. A ideia é ampliar sua rede de apoio nas redes sociais.

19 de maio de 2022

‘Não vou dar mole para essa empresa’, diz Sinésio sobre AM Energia

Ao comentar decisão que libera a AM Energia a instalar medidores, Sinésio afirma que os aparelhos são vergonhosos e que não vai deixar a empresa livre para cometer abusos.

19 de maio de 2022

João Pedro ‘bate o pé’ e lança seu nome ao Senado pelo PT-AM

O ex-senador afirmou que irá registrar candidatura ao Senado, contrariando Sinésio Campos, que afirmou que o PT não terá candidato ao posto para apoiar Omar Aziz.

19 de maio de 2022

General Franklimberg quer levar experiência militar para Aleam

Filiado ao União Brasil, o militar colocou seu nome à disposição da sigla para tentar uma vaga na Asembleia. Ele ajudou a atual gestão durante o período de transição.

19 de maio de 2022

Populares reagem a vídeo de Amazonino dizendo não ter dinheiro; confira

Depois de quatro mandatos como governador e três como prefeito, Amazonino Mendes disse, em vídeo, não ter dinheiro. O ex-governador quer voltar a chefiar o Estado.

19 de maio de 2022

Homeschooling: Átila, Bosco, Alberto Neto e Pablo dizem sim à educação domiciliar

A bancada do Amazonas na Câmara ficou dividida na votação do homeschooling. Os destaques do texto-base serão votados nesta quinta e depois segue para o Senado.

19 de maio de 2022

‘Gestor tem que ser jovem, andar e estar perto do povo’, diz Liliane Araújo

Liliane Araújo é a nova entrevistada da série do Real Time 1 com os pré-candidatos para a Câmara dos Deputados em Brasília onde faz a defesa de suas bandeiras.

19 de maio de 2022