fbpx

domingo, 24 de outubro de 2021

Bolsonaro vai formalizar recondução de Augusto Aras para chefia da PGR

Procurador-Geral da República teve a recondução aprovada no Senado com 55 votos a favor, 10 contrários e 1 abstenção após uma longa sabatina de mais de seis horas.

25 de agosto de 2021

Compartilhe

O senador Eduardo Braga foi o relator da recondução de Augusto Aras para o cargo de chefe da Procuradoria-Geral da República (Foto: Reprodução)

Com 55 votos a favor, 10 contrários e 1 abstenção, o plenário do Senado aprovou, na noite desta terça-feira (24), a recondução de Augusto Aras para o cargo de Procurador-Geral da República. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) será comunicado da decisão ainda na manhã desta quarta-feira (25) e deverá formalizar ainda hoje a recondução do chefe do Ministério Público Federal.

A votação em plenário durou menos de meia hora, porém, antes, Aras foi sabatinado por mais de seis horas na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde a recondução foi aprovada por 21 votos a favor e 6 contrários. O relator da indicação presidencial (MSF 35/2021) na Comissão e no Plenário foi o senador Eduardo Braga (MDB-AM).

“O doutor Augusto Aras foi sabatinado na CCJ de forma absolutamente transparente. De forma muito competente, demonstrou os avanços conquistados pelo Ministério Público Federal e, em um amplo debate democrático, apresentou as garantias e as conquistas que o povo brasileiro alcançou com o cumprimento da Constituição. O nosso Estado democrático de direito também está escudado exatamente na fiscalização e no trabalho da Procuradoria-Geral da República”, disse Eduardo Braga.

Antônio Augusto Brandão de Aras foi indicado pela primeira vez pelo Presidente da República para chefiar o Ministério Público Federal, em 2019, quando também foi sabatinado na CCJ e aprovado pelo Senado. Na ocasião, o relator da indicação também foi o senador Eduardo Braga.

Natural de Salvador (BA), Aras ingressou no MPF em 1987. É especialista em direito eleitoral e econômico, já atuou junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e integrou a comissão de juristas que trabalhou na reforma eleitoral de 2009 (Lei 12.034). Foi corregedor-auxiliar do Ministério Público e professor universitário.

Em 2019 e neste 2021, Aras foi indicado para a PGR pelo presidente Jair Bolsonaro, que preferiu, em ambas as oportunidades, não escolher um nome da lista tríplice elaborada pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), uma tradição seguida pelos presidentes da República desde 2003.

O Procurador-Geral da República é o chefe do Ministério Público da União, que abrange o Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Ministério Público Militar (MPM) e o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). 

Ele atua em todos os processos de competência do Supremo Tribunal Federal (STF), preside o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), acumula o cargo de procurador-geral eleitoral e também representa o Ministério Público brasileiro perante a comunidade internacional. Atua também perante o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O Procurador-Geral da República é quem designa os subprocuradores-gerais da República para atuarem nas turmas do STF, no STJ e no TSE.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) é a sede administrativa do MPF e está localizada em Brasília. É na PGR onde estão lotados os 73 subprocuradores-gerais da República, último grau da carreira de membro do MPF, incluindo o Procurador-Geral da República, chefe da instituição.

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson destaca Auxílio Permanente e transporte gratuito para estudantes

O governador do Amazonas anunciou, neste domingo (24), no Aniversário de Manaus, investimentos de R$ 580 milhões na capital e transporte gratuito para estudantes.

24 de outubro de 2021

David exalta investimentos de Wilson em Manaus e alfineta a velha política

Durante solenidade de entrega do Parque Rio Negro, neste domingo (24), o prefeito de Manaus e o governador do amazonas anunciaram novos investimentos para Manaus.

24 de outubro de 2021

Debatedores querem prorrogar prazo de atualização da Lei do Fundeb

Eles defendem que é um processo muito complexo e não há tempo para resolver isso em dez dias, pois há ações de operacionalização do fundo que precisam de ajustes.

24 de outubro de 2021

CAE analisa na terça projetos sobre segurança viária e ajuste fiscal dos estados

Dois projetos, um sobre segurança no trânsito e outro sobre dívidas dos estados, constam da pauta de votação da Comissão de Assuntos Econômicos para esta terça-feira (26).

24 de outubro de 2021

Subcomissão discute rumos da educação após a pandemia na próxima segunda

Subcomissão Temporária para Acompanhamento da Educação na Pandemia vai se reunir todas as segundas-feiras, para discutir o que aconteceu no setor durante a pandemia.

24 de outubro de 2021

Senadores voltam a defender derrubada do veto à distribuição de absorventes

Senadora Simone Tebet (MDB-MS), cobrou a votação urgente do veto parcial ao projeto que garante distribuição gratuita de absorventes para estudantes de baixa renda e mulher.

24 de outubro de 2021

Reta final da CPI tem definição de indiciados, votação e encaminhamento de Relatório

Como não possui poder de punição, último ato da CPI será o encaminhamento do Relatório Final aprovado aos órgãos responsáveis por apresentarem denúncias.

23 de outubro de 2021

Gilberto Kassab anuncia Rodrigo Pacheco como candidato a presidente

O presidente Nacional do PSD revelou, neste sábado, que o candidato do partido à presidência, no próximo ano, será o senador Rodrigo Pacheco, presidente do Senado.

23 de outubro de 2021