fbpx

sábado, 24 de julho de 2021

Bolsonaro tem 15 dias para apresentar provas sobre fraude em eleições

O ministro do TSE, Luís Felipe Salomão, justificou que o pedido de esclarecimentos visa recolher provas para dar segurança ao processo eleitoral em 2022.

22 de junho de 2021

Compartilhe

Na última fala sobre o assunto, o presidente afirmou que teria ganhado o pleito de 2018 no primeiro turno (Foto: Reprodução)

A insistência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na retórica de que houve fraude nas Eleições de 2018 deverá ser comprovada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O corregedor da Corte, ministro Luís Felipe Salomão, despachou nesta terça-feira (21) uma ordem para que os esclarecimentos sejam apresentados em até 15 dias.

De acordo com o documento, a solicitação é parte de um procedimento administrativo para “análise de elementos que possam ter comprometido a regularidade de pleitos anteriores”, uma vez que as afirmações partem de autoridades como o presidente da República. Mais de uma vez, Bolsonaro alimentou a teoria de que as urnas eletrônicas teriam sido fraudadas no pleito que o sagrou vencedor, afirmando ter provas que comprovam suas alegações.

Essa é a primeira resposta do Judiciário às acusações do presidente que tenta desqualificar o processo eleitoral brasileiro. A decisão, segundo o ministro, tem o intuito de buscar informações “detalhadas e documentadas sobre os fatos narrados” para dar segurança ao pleito de 2022.

A base do governo na Câmara dos Deputados tenta emplacar o voto impresso auditável como uma forma de combater supostas fraudes, mesmo que no Brasil nunca tenham sido registrados fatos desse tipo.

Com informações do Congresso em Foco

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Voto impresso pode gerar ‘mapismo’ e fraudes, defende Carlos Velloso

Ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, Carlos Velloso, afirma que urna eletrônica é utilizada há 25 anos sem indícios de fraudes.

24 de julho de 2021

No Educa+Amazonas, Wilson vai pagar 14º e 15º salários à educação

O investimento previsto é de R$ 12,1 milhões investidos nos 14º e 15º salários e em premiações a servidores da educação.

24 de julho de 2021

CPI atuou ’em todas as angústias do povo brasileiro’ avalia Confúcio

Senador Confúcio Moura (MDB-RO), avaliou como positiva a atuação do colegiado no primeiro semestre de 2021 e demonstrou otimismo quanto a atuação para o segundo semestre.

24 de julho de 2021

Bancada gastou R$ 5,2 milhões com verba de gabinete em Brasília

Verba é destinada para a contratação de funcionários diretamente por cada um dos deputados do Amazonas em Brasília ou em escritórios montados no Estado.

24 de julho de 2021

Aleam concede 28 autorizações de viagens no recesso parlamentar

Após o início do recesso parlamentar a Aleam autorizou o pagamento de viagens e diárias para servidores da Casa. Destinos no Sul e Sudeste e Tabatinga foram os preferidos.

23 de julho de 2021

Luis Miranda chora após fim da parceria entre Precisa e Bharat Biotech

Chorando, o deputado Luis Miranda questionou ser chacota dos colegas e estar no conselho de Ética após depoimento à CPI da Covid-19.

23 de julho de 2021

David prorroga ‘Auxílio Manauara’ e amplia para outras 410 famílias

A prorrogação do auxílio será por mais três meses e foi anunciada nesta sexta-feira (23) pelo prefeito de Manaus, David Almeida. Benefício vai comtemplar mais 410 famílias.

23 de julho de 2021

Bi Garcia confirma propostas para ser candidato a vice-governador

Embora esteja focado na administração municipal, o prefeito de Parintins, Bi Garcia, disse que tem avaliado propostas para compor uma chapa como vice-governador nas eleições.

23 de julho de 2021