fbpx

terça, 15 de junho de 2021

Amazonas perdoa dívida de agricultores que têm financiamento com Governo

Segundo a Afeam, a anistia beneficiará 666 operações de crédito, que somam R$ 8,9 milhões. Com as duas linhas de crédito, que contam com juros subsidiados pelo Estado.

5 de maio de 2021

Compartilhe

Governador implementou medidas semelhantes anteriormente (Foto: Divulgação)

O Governo do Amazonas vai anistiar os produtores rurais com dívidas dos Programas Procalcário e Promecanizção, operacionalizados pela Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).  A medida se soma às anteriores implementadas pelo governador Wilson Lima para amenizar os impactos econômicos e sociais gerados pela pandemia do coronavírus.

A medida foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), na sessão plenária desta quarta-feira (5).

Segundo a Afeam, a anistia beneficiará 666 operações de crédito, que somam R$ 8,9 milhões. Com as duas linhas de crédito, que contam com juros subsidiados pelo Estado, os agricultores do estado podem custear o trabalho de máquinas e o uso de calcário para correção da acidez do solo, etapas vitais que antecedem o plantio das mais variadas culturas.

Na mensagem encaminhada aos parlamentares, o governador Wilson Lima lembra que a crise econômica provocada pela pandemia impediu os produtores de pagar os financiamentos, havendo casos inclusive que o produtor, o tomador titular do financiamento, faleceu vítima da Covid-19.

A anistia prevista no Projeto de Lei (PL) alcança ainda, de forma parcial, as atividades agropecuárias, contempladas com recursos dos Programas Promecanização e Procalcário, prejudicados pela enchente deste ano, “nas localidades onde foi reconhecida a calamidade pública ou estado de emergência pela Defesa Civil Estadual ou Secretaria Nacional de Defesa Civil, com remissão das dívidas apenas em relação às parcelas vencidas em 2021”, destaca o PL.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Prefeita e ex-secretário de Coari são denunciados pelo MPAM

De acordo com o MPAM, há indícios de uso do programa social 'Direito a Cidadania' para fins eleitoreiros, devido à possibilidade das Eleições suplementares no município.

14 de junho de 2021

Wizard poderá ser levado à CPI por condução coercitiva, caso falte na quinta

Caso o empresário não compareça, o auditor do TCU, Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques, estará de sobreaviso para antecipar depoimento à comissão investigadora.

14 de junho de 2021

Entusiasmo de governador e prefeito esbarra na vontade da população

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

14 de junho de 2021

PEC da Guarda Municipal avança, mas sem trechos inconstitucionais

A proposta para regulamentação da Guarda Municipal armada no Amazonas tramita em regime de urgência na Assembleia Legislativa e deve entrar em pauta nesta quarta-feira (16).

14 de junho de 2021

Supremo abre crise na CPI com decisões divergentes sobre sigilos

Analisando casos de quebras dos sigilos telefônico e telemático, Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Ricardo Lewandowski tomaram decisões bastante diferentes.

14 de junho de 2021

Parceria com David na imunização vai ter ‘bis’ nos próximos dias, diz Wilson

Governador e prefeito comemoraram os números alcançados na ação do final de semana e agradeceram aos profissionais da saúde envolvidos na operação.

14 de junho de 2021

Depoimento de Marcellus Campêlo pode evidenciar omissões de Bolsonaro

O ex-secretário de Saúde do Amazonas deve ser questionado acerca da crise de oxigênio vivida em janeiro e da imposição do tratamento precoce pelo Ministério da Saúde.

14 de junho de 2021

Deputados levam indícios de crime de responsabilidade de Bolsonaro ao TCU

Os dados foram apresentado pelo deputado Elias Vaz (PSB-GO) também à CPI da Covid. O desvio de valores destinados a publicidade seriam de R$ 52 milhões.

14 de junho de 2021