fbpx

terça, 02 de maro de 2021

Aleam convoca deputados para discutir crise na saúde nesta terça

Em recesso, parlamentares receberam convocação para reunião virtual nesta terça-feira. Presidente da Comissão de Saúde sugere usar a verba do Cotão no combate à pandemia.

18 de janeiro de 2021

Compartilhe

O poder legislativo está em recesso e o retorno das sessões plenárias está programado para 2 de fevereiro. (Foto: Divulgação/Aleam)

Deputados estaduais já receberam convocação da mesa diretora da Aleam (Assembleia Legislativa do Amazonas) para sessão virtual extraordinária amanhã, terça-feira, para tratar sobre a crise da Covid-19 no Estado.

A extraordinária, sem remuneração, foi decidida em reunião virtual na última sexta-feira, com a presença de 23 dos 24 deputados. Parlamentares estão em recesso e o retorno das sessões plenárias está programado para o dia 2 de fevereiro.

A convocação é após pressão e cobrança da população, inclusive, nas redes sociais por ações urgentes de combate à pandemia. Durante a primeira onda da Covid-19, em 2020, o recesso de julho dos deputados estaduais foi suspenso após votação em sessão plenária virtual.

Propostas

A presidente da Comissão de Saúde da Aleam, deputada Mayara Pinheiro (Prpgressistas) sugeriu que a Casa adquira uma usina de oxigênio com recursos próprios ou altere a resolução que regulamenta o Cotão, de R$ 44,1 mil (valor reajustado) e cumulativo, para que a verba, usada para bancar despesas do mandato, seja utilizada em favor da população.

A iniciativa, elogiável, deve encontrar resistência entre os colegas de parlamento.

“O momento é de esforço mútuo para ampliar o número de leitos, comprar EPIs e fornecer oxigênio, não só para a capital, mas também para o interior”, disse a médica.

Com base eleitoral no interior, Cabo Maciel (PL) é favorável à ampliação da ajuda aos municípios do Estado, que também registram aumento de infectados e de óbitos pela doença.

A diretoria-geral da Aleam divulgou que a Casa Legislativa está providenciando a aquisição de oxigênio e de alimentos através de recursos próprios e de emendas parlamentares.

Leia mais sobre Política

Vereador lança plataforma gratuita de educação política para a população

Inicialmente serão abordados assuntos como a Constituição Federal, a divisão dos poderes, a competência legal dos vereadores e como funcionam as eleições no Brasil.

1 de março de 2021

Defensoria Pública quer “delessários” de volta às atividades policiais

Wilson Lima (PSC) encaminhou à ALE-AM um novo Projeto de Lei para recolocar os delegados no cargo de comissários de polícia. O projeto não foi analisado por falta de quórum.

1 de março de 2021

Compra direta de vacinas terá tramitação rápida e fácil na Câmara Municipal de Manaus

Vereadores ouvidos pelo RealTime1 já se mostraram favoráveis a participação de Manaus no consórcio da Frente Nacional de Prefeitos para compra dos imunizantes.

1 de março de 2021

Ministério da Saúde tem um sério problema com registro de datas

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

1 de março de 2021

Senado debate lei que incentiva empresas a vacinar os trabalhadores

Projeto de lei garante as empresas incentivos fiscais para aquelas que por vontade própria adotem medidas para vacinar os trabalhadores delas

1 de março de 2021

Reunião com governadores pautará a PEC emergencial e socorro à saúde

A conversa do presidente da Câmara Federal, Artur Lira (PP-AL) com os chefes do executivo estadual vai de encontro as falas de Jair Bolsonaro (sem partido) nos últimos dias.

1 de março de 2021

Horário restrito deve causar aglomeração de praticantes nas academias de Manaus

A avaliação é de vereadores de Manaus que não concordam com o horário estabelecido pelo Governo. Eles defendem que o horário seja ampliado.

1 de março de 2021

Ministério Público dá posse aos novos membros do Conselho Superior

Novos conselheiros serão responsáveis pelas ações administrativas do Ministério Público do Estado do Amazonas e também pela discussão de diretivas internas

1 de março de 2021