fbpx

sexta, 22 de janeiro de 2021

Comissões se unem em prol de atendimento qualificado às grávidas

Durante a pandemia foram 201 casos, entre grávidas e puérperas com Covid-19. Ao todo, foram 15 mortes registradas, uma taxa de letalidade de 18,9 %.

23 de junho de 2020

Compartilhe

Membros das comissões se reuniram virtualmente (Reprodução da internet)

A Comissão de Saúde e Previdência, em parceria com a Comissão da Mulher, da Família e do Idoso, presidida pela deputada Alessandra Campêlo (MDB) e Defensoria Pública do Estado (DPE) realizaram na tarde dessa segunda-feira (22), uma Audiência Pública Virtual, na qual discutiram sobre os números divulgados acerca das mulheres grávidas e puérperas, durante a pandemia.

A deputada Mayara Pinheiro (PP) ressaltou a preocupação com os números divulgados, que de acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), foram 201 casos, nesses três meses entre grávidas e puérperas com Covid-19. Ao todo, foram 15 mortes registradas, uma taxa de letalidade de 18,9 %.

“Um número estarrecedor que comprova como ficamos estagnados e fomos despreparados no nosso sistema de saúde, principalmente com as nossas gestantes. Na Comissão de Saúde e Previdência da Aleam, da qual sou presidente, recebemos diversas denúncias sobre a desassistência às grávidas e o desrespeito ao acompanhamento. Por isso, nosso objetivo aqui foi apresentar propostas para resolvermos esta questão essencial para a saúde materno infantil”, explicou.

A parlamentar complementou ainda que essa situação alerta para um problema ainda maior no Estado: a falta de um atendimento qualificado às grávidas e aos nascituros. Também participaram da audiência, representantes de maternidades do Amazonas.

A Comissão também apresentou diversas propostas para buscar reduzir os índices de mortalidade materna e humanizar os serviços.

Entre as propostas apresentadas estão a criação de uma política estadual de atendimento à gestante no Amazonas e também a obrigatoriedade de priorização das grávidas no Sisreg.

A presidente da Comissão da Mulher, da Família e do Idoso, a deputada Alessandra Campêlo (MDB) também se pronunciou na audiência, destacando o não cumprimento da Lei Ordinária n. 5.007/2019, que obriga hospitais, clínicas e postos de saúde a afixarem cartazes informando sobre a Lei Federal n. 11.108/2005, que assegura a presença, junto à parturiente, de um acompanhante durante o trabalho de parto, parto e pós-parto imediato.

“O parto é um momento delicado e precisamos garantir um direito humano básico à mulher, que é ter o seu filho sem violência obstétrica. Dessa forma, estamos lutando por homens e mulheres que nascem todos os dias”, disse Alessandra.

Durante a audiência foi definido, ainda, que a FVS disponibilizará todos os dados relativos à pandemia e grávidas, além de reuniões com Susam e Semsa  na próxima semana a fim de discutir o cumprimento da lei do acompanhante e atendimento às grávidas durante o pré-natal.

Veja mais notícias

Secretários são multados em R$ 50 mil por crise na saúde do AM

Jupiza cobrava regularização na distribuição de oxigênio nas unidades de saúde, a ampliação no número de leitos nos hospitais e a transparência no Plano de Imunização.

22 de janeiro de 2021

Audiência Pública discute criação de consórcio para compra de vacina

De acordo com a autora da proposta, deputada Dra. Mayara, o estado precisa ter independência para adquirir os imunizantes diretamente, sem a intermediação do Governo Federal.

22 de janeiro de 2021

Comitê aciona delegacia para investigar irregularidades na vacinação

Na solicitação, o Comitê de Combate à Corrupção pede que "em caso de comprovação, que sejam indicadas medidas administrativas e judiciais aos órgãos competentes".

22 de janeiro de 2021

Governo anuncia repasse do FTI para fortalecer combate à covid-19

Governo quer repassar R$ 100 milhões do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Estado (FTI) para o interior

22 de janeiro de 2021

Vereador Amom libera pré-inscrições para vagas no gabinete

As pré-inscrições estão sendo feitas de forma virtual onde, no site do vereador, o candidato realiza um cadastro. O edital completo será divulgado dia 31 de janeiro.

22 de janeiro de 2021

Pico de síndromes respiratórias pode exigir consumo maior de oxigênio

As doenças respiratórias e o aumento dos casos de Covid-19 podem pressionar ainda mais o sistema de saúde do Amazonas, exigindo produção de mais de 100 m³ de oxigênio/dia.

22 de janeiro de 2021

Parintins receberá mais de 2 mil doses de vacina contra Covid-19

O imunizante é destinado ao Município através do Plano Nacional de Imunização contra Covid, elaborado pelo Governo Federal.

22 de janeiro de 2021

David Almeida sente a pressão política e se diz vítima de fake news

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

22 de janeiro de 2021