fbpx

quinta, 06 de maio de 2021

Pré-cadastro para auxílio estadual da Amazonastur vai até dia 6

A Lei do Auxílio foi sancionada no dia 27 de abril, pelo governador Wilson Lima, beneficiando 13 mil trabalhadores da cultura, esporte e turismo com o valor de R$ 600.

4 de maio de 2021

Compartilhe

O pré-cadastro pode ser feito no Centro de Convenções Vasco Vasques (Foto: Divulgação)

A Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) iniciou o pré-cadastro do auxílio estadual voltado para os profissionais do turismo do Estado, que pode ser feito presencialmente, das 8h às 14h, no Centro de Convenções Vasco Vasques, primeira etapa, localizado na Av. Constantino Nery, 5001, Flores.

A documentação também pode ser enviada pelo e-mail auxilioturismo@amazonastur.am.gov.br. O prazo de inscrição segue até quinta-feira (06).

A Lei do Auxílio foi sancionada no dia 27 de abril, pelo governador Wilson Lima, beneficiando 13 mil trabalhadores da cultura, esporte e turismo. O valor de R$ 600,00 será dividido em três parcelas.

Para realizar o pré-cadastro presencial, o profissional deve ter em mãos cópia do RG, CPF ou CNPJ, comprovante de residência, comprovante de cadastro na cooperativa e o crachá de profissional de guia do turismo do Cadastur, emitido pelo Ministério do Turismo.

Para o pré-cadastro on-line, a mesma documentação deve ser encaminhada pelo e-mail auxilioturismo@amazonastur.am.gov.br. Em relação ao Cadastur, os profissionais devem estar com cadastro regularizado até janeiro de 2021. Após a realização do cadastro, a Amazonastur irá divulgar em seu site oficial e redes sociais, a lista dos profissionais contemplados.

Para o setor de turismo, o auxílio estadual deve alcançar 562 trabalhadores, sendo 378 guias de turismo e 184 cooperados – canoeiros, piloteiros, barqueiros e outros.

Os beneficiários precisam estar registrados e regularizados no sistema de Cadastro de Pessoas Físicas e Jurídicas do Ministério do Turismo, o Cadastur, ou associados a uma das 10 cooperativas de transporte fluvial turístico. Terão direito ao benefício os profissionais que atuam como pessoa física e Microempreendedor Individual (MEI).

Com informações da assessoria

Leia mais:

Leia mais sobre Negócios

Indicador de mercado de trabalho da FGV sobe 1,6 ponto em abril

Com isso, o Indicador Antecedente de Emprego chegou a 78,7 pontos. O indicador encontra-se abaixo do patamar de fevereiro de 2020, período pré-pandemia de Covid-19.

6 de maio de 2021

Itapemirim recebe aprovação da ANAC para operar voos no país

A empresa recebeu o Certificado de Operador Aéreo, liberação para a oferta de voos nacionais. Início de operação da companhia e as rotas a serem ofertadas serão divulgadas.

6 de maio de 2021

Para Omar, falas de Bolsonaro, além da vacinação, podem prejudicar a economia

Senador alertou que ataques contra a China poderão fazer com que o Brasil perca seu principal parceiro comercial. Em 2020, negócios entre os dois países somaram US$ 101,7 bi.

6 de maio de 2021

Prefeitura quer criar grupo para sugerir propostas à Reforma Tributária

Iniciativa vai contar com a presença do titular da Semed, Pauderney Avelino, e do subsecretário de Assuntos Operacionais, da Semtepi, Gustavo Igrejas.

6 de maio de 2021

Atendimento tributário da ‘Manaus Atende’ permanece on-line

No site da Semef, o contribuinte poderá ter acesso a uma lista de e-mails dos setores específicos, para esclarecimentos de dúvidas ou envio de documentações.

6 de maio de 2021

Alta da Selic terá pequeno impacto sobre juros finais, diz Associação

Apesar do impacto pequeno nas taxas médias, os consumidores e as empresas gastarão mais para contratarem linhas de crédito, conforme as simulações detalhadas da entidade.

6 de maio de 2021

Venda de veículos seminovos no Amazonas registra queda em abril

Para Fenauto, o resultado foi melhor do que o índice nacional e pode ser atribuído a um possível arrefecimento da pandemia no estado, com consequente incremento na demanda.

6 de maio de 2021

Bolsonaro veta adiamento do prazo de entrega do Imposto de Renda

O veto será publicado na edição desta quinta-feira do DOU, mas poderá ser derrubado pelo Congresso Nacional. Presidente acatou pedido de equipe econômica.

5 de maio de 2021