sexta-feira, 12 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Hissa diz que nome em lista de gestores reprovados pode ser engano

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.
COMPARTILHE
Hissa

O pré-candidato à Prefeitura de Manaus pelo PDT, Hissa Abrahão, afirmou ao RealTime1 que está “apto e 100% regular” para disputar as eleições municipais deste ano. Segundo ele, a inclusão de seu nome na lista de gestores com contas reprovadas, apresentada na semana passada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), deve ser um engano. Em sua defesa, Hissa apresenta uma “Certidão negativa de contas irregulares”, expedida pelo TCE em 24 de junho de 2020 e assinada pelo Secretário-Geral de Controle Externo da Corte de Contas, Jorge Guedes Lobo.

___

TCE ESCLARECE

O TCE-AM emitiu nota reafirmando que Hissa Abrahão realmente consta na lista de gestores com contas julgadas irregulares pelo TCE-AM e entregue à Justiça Eleitoral. A certidão apresentada pelo ex-vice-prefeito diz respeito a processos eletrônicos, mas o nome dele foi parar na listagem após um cruzamento de processos eletrônicos (Spede) e físicos, segundo o TCE.

____

COM A PALAVRA, O TRE

Na nota, o TCE-AM ressalta também que que não cabe à Corte de Contas decretar ou declarar a inelegibilidade de possíveis candidatos. Segundo a legislação, tal atribuição é da Justiça Eleitoral, lembra o TCE.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

___

COSTURANDO ALIANÇAS

Enquanto isso, Hissa Abrahão tem mantido encontro com lideranças de alguns partidos para costurar alianças em torno de seu nome. Na segunda-feira (17), Hissa se reuniu com representantes de duas legendas. Nesta terça (18), havia o encontro com mais um partido na agenda de Hissa, que prefere manter em segredo as siglas até que se concretizem os acordos.

___

IMPACIENTE

Apesar do Executivo estadual ter anunciado que vai apresentar, ainda em agosto, um novo projeto de lei para abertura do mercado de gás no Amazonas, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), deputado Josué Neto (PRTB) voltou a utilizar as redes sociais para fazer cobranças ao Governo do Estado em relação ao tema.

___

VETO MANTIDO

Josué Neto é autor do projeto de lei 153/20, que traria uma nova regulação para a exploração do gás natural no Estado. O veto do governador Wilson Lima (PSC) ao PL foi aprovado na última quinta-feira (13) pela maioria dos deputados.

___

SETEMBRO

O governador Wilson Lima (PSC) disse, na última segunda-feira (10), que a nova lei do mercado de gás natural no Amazonas deve ser aprovada de maneira responsável, com a participação de todos os setores envolvidos. Ele adiantou que a comissão criada para revisar a política de energia e gás do Estado elaborou uma minuta de Projeto de Lei (PL) que será discutida e, ainda em setembro, deverá ser encaminhada à Aleam.

___

VELHA POLÍTICA

Mesmo com constates embates com o poder executivo estadual e com os colegas na Aleam, Josué Neto resolveu falar sobre união. Ainda no Twitter, o parlamentar falou que para assumir o poder em Manaus, a união “tem que ser maior que o ego”. “O que vi até agora em Manaus é mais do mesmo para ganhar eleição: Velha Política”, criticou o deputado.

___

TROCA DE COMANDO

O General Eduardo Pazuello está em Manaus para entregar o comando da 12ª Região Militar, cargo que acumula desde que assumiu interinamente o Ministério da Saúde há quatro meses. A troca de comando acontece nesta quinta-feira, dia 20, às 16h, quando o general de divisão Edson Skora Rosty assumirá a Região. A despedida de Pazuello é uma indicação da sua permanência à frente do ministério.

___

QUEM AVISA…

Profundo conhecedor dos bastidores da política local, o jornalista Hiel Levy já avisou em suas redes sociais: tem um exército fakes já em plena atuação na campanha municipal. “Não acredite em tudo o que lê! Veja o perfil de quem comenta”, alerta.

COMPARTILHE