segunda-feira, 15 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

EDUCAÇÃO

“Mercadinho Pedagógico” ensina matemática na prática em Manaus

Mais de 60 estudantes participaram do projeto que conta com apoio do Programa Ciência na Escola, da Fapeam
COMPARTILHE
Matemática,alunos
(Foto: Eduardo Cavalcante/ Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar)

Mais de 60 alunos, do 5º ano do Ensino Fundamental, utilizaram a Matemática para produzir um trabalho interativo e multidisciplinar na Escola Estadual (EE) Barão do Rio Branco, Centro de Manaus.

O projeto, intitulado “Mercadinho Pedagógico: o uso das embalagens como recurso didático no processo de ensino aprendizagem da Matemática”, também promoveu discussões ambientais, por utilizar materiais reciclados em sua produção.

A organização do “Mercadinho Pedagógico” teve ações semelhantes a comércios reais, com a criação de propagandas, jingles, divisões por setores, precificação e produção de encartes.

De acordo com a professora-orientadora do projeto, Maria de Fátima Cardoso, sem perceber, os estudantes adentraram em um universo matemático. 

“Trabalhamos com os estudantes as operações matemáticas, o raciocínio lógico, o sistema monetário, números decimais, o conceito de descontos, promoções, porcentagem. Fomos instigando eles, que foram super engajados durante todos os momentos”, destacou a docente. 

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

O “Mercadinho Pedagógico” é um projeto também referendado pelo Programa Ciência na Escola (PCE).

A iniciativa da professora Maria de Fátima é uma entre as mais de 1,1 mil que foram submetidas à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) por escolas da rede estadual de ensino em 2023. 

Participação coletiva

Foi a aluna Ana Paula Sapucaí, de 10 anos, quem ficou responsável pela criação da letra e performance do jingle do comércio fictício organizado no “Mercadinho Pedagógico”.

Ana Paula contou que cantar é uma das suas maiores paixões, e que, dessa maneira, também contribuiu para o êxito da atividade. 

“Eu falei para a professora que todos os mercadinhos têm uma música, e pedi para escrever. Escrevi com minha amiga, e como gosto de cantar, fizemos uma canção alegre para as apresentações”, ressaltou a discente. 

Todos os itens do “Mercadinho Pedagógico” eram provenientes de materiais reutilizados, e a criatividade também pôde ser vista com produtos líquidos do comércio.

Divididos estrategicamente em setores, os líquidos ganhavam a coloração correta com os alunos misturando corantes, sob supervisão da professora. 

“Foi uma grande experiência. A professora contou que se a gente misturasse vermelho, amarelo e azul, sairia preto. Fiquei muito feliz, a gente queria fazer uma Coca-Cola”, compartilhou o aluno João Cícero Benacon, de 9 anos. 

Durante as próximas semanas, o “Mercadinho Pedagógico” também vai fazer parte da rotina de outras turmas da EE Barão do Rio Branco.

A unidade de ensino funciona nos turnos matutino e vespertino, atendendo a mais de 400 estudantes de todas as séries do Ensino Fundamental 1 (1º ao 5º ano).  

Da Redação com informações da assessoria

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMPARTILHE