fbpx

quarta, 03 de maro de 2021

Construção Civil prevê crescimento do setor em 10% para 2021

Para o presidente do Sinduscon, isolamento e trabalho em home-office gerou maior valorização da moradia e expansão da construção civil.

11 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Sinduscon tem boas expectativas de crescimento em 2021. (Foto: Reprodução)

Em meio ao cenário de elevação de preços e o desabastecimento de insumos, o setor da construção civil mantém expectativa de crescimento de 10% no faturamento em 2021, em comparação aos números obtidos em 2020. O motivo do otimismo é a demanda crescente no segmento imobiliário.

Segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM), alguns insumos tiveram os preços elevados em até 100%, no último ano, perdurando ainda em janeiro de 2021.

O cimento, por exemplo, teve o valor acrescido em até 40%, o aço 50%, o PVC chegou a ter aumento de 80%.

Logística x construção civil

O motivo do aumento, conforme o sindicato, foi a redução na produção por parte das fabricantes, devido à pandemia de Covid-19; somada ao reajuste de preços com a escalada da inflação.

De acordo com o presidente do Sinduscon, Frank Souza, além de todos os impactos econômicos negativos, o Amazonas também registra a logística mais cara entre os demais estados da região Norte.

“A média de aumento foi de 15% a 20% se computados a cesta de insumos na indústria da construção em geral no estado do Amazonas. Ressalto que temos a logística mais cara da região Norte, muitas vezes não computada na tabela de preços Sinapi, que é nacional”, informou. “O aumento de preços e o desabastecimento também contribuem para o atraso na entrega de obras e influencia na velocidade de produção”, completou.

Pandemia valoriza casa

Na análise do presidente do Sinduscon, a necessidade do isolamento e do consequente trabalho em home-office gerou maior valorização do ambiente de moradia. O maior tempo em casa exige ambiente com melhor qualidade.

“Com todos os percalços gerados pelo aumento de preços, desequilíbrio, prevejo um 2021 com maior crescimento em relação a 2020, uma vez que imóvel é bem essencial para a qualidade de vida e nunca foi tão demandado, como agora, para a melhoria dos ambientes e condições favoráveis ao home office”.

Reportagem: Priscila Caldas

Leia mais:

Leia mais sobre Economia

Reflexos da redução de impostos sobre diesel depende de distribuidoras

De acordo com o vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis do Amazonas (Sindicam), Geraldo Dantas, redução ainda deve passar pelas distribuidoras.

2 de março de 2021

Postos já repassam reajuste e gasolina chega a custar R$5,59 no AM

Um dia após mais um reajuste no valor do combustível anunciado pela Petrobrás, postos de combustíveis de Manaus vendem gasolina por preços que variam entre R$5,29 e R$5,59.

2 de março de 2021

Perda de renda afeta arrecadação do IPVA em janeiro

Em janeiro, o Amazonas teve redução de 24% no recolhimento de IPVA, em comparação a janeiro de 2020. Para Sefaz, números refletem a pandemia.

2 de março de 2021

Presidente Figueiredo lidera as exportações do interior em janeiro

O município contabilizou em janeiro US$ 2,80 milhões em exportações. O segundo município que mais exportou em Janeiro deste ano foi Itacoatiara, com US$ 1,05 milhão.

2 de março de 2021

Exportações do Amazonas têm alta de 26,34% em janeiro

Valores exportados alcançaram cifras de US$ 71,98 milhões em janeiro de 2021. Venezuela, Bolívia, Argentina e Alemanha foram os principais destinos dos produtos amazonenses.

2 de março de 2021

Após quinta alta seguida Bolsonaro zera alíquota sobre gás e diesel

O decreto deve minimizar a flutuação dos preços. A redução sobre o diesel será válida apenas por dois meses, já a do gás de cozinha não tem previsão para o término.

2 de março de 2021

Após deixar o PIM, Sony encerra vendas de TVs, áudio e câmeras

Serviços de garantia e suporte técnico aos consumidores serão mantido, bem como a venda de produtos dos segmentos de Games, soluções profissionais, música e entretenimento.

2 de março de 2021

Com movimento fraco durante a semana, shoppings aglomeram no sábado

Lojistas relatam que primeira semana de reabertura gradual dos shoppings teve frequência ‘tímida’ dos consumidores de segunda a sexta com registro de aglomerações no sábado.

1 de março de 2021