fbpx

terça, 21 de setembro de 2021

Turismo é a atividade que mais se digitalizou durante a pandemia

85% das empresas que atuam no setor se digitalizaram, número superior à média geral (67%) e seis pontos percentuais acima do segundo colocado que é o setor de pet shops.

2 de agosto de 2021

Compartilhe

Canais mais utilizados pelos pequenos negócios são o WhatsApp e as redes sociais (Foto: Reprodução)

O Turismo é um dos segmentos que mais apresentou queda de faturamento desde o início da pandemia da Covid-19, mas foi o que mais se digitalizou para enfrentar as crises econômica e sanitária instaladas no país.

De acordo com a 11ª Pesquisa de Impacto da Pandemia do Coronavírus nas Micro e Pequenas Empresas, realizada pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), 85% das empresas que atuam no Turismo se digitalizaram, número superior à média geral que é de 67% e seis pontos percentuais acima do segundo colocado que é o setor de pet shops, com 79% das empresas comercializando pela internet.

“Com uma queda de faturamento registrada em 91% das empresas do segmento e com apenas 9% dos estabelecimentos funcionando da mesma forma que na pré-pandemia, a digitalização das micro e pequenas empresas do Turismo foi uma das saídas encontradas pelos empreendedores que compõem as atividades do setor”, ressalta do presidente do Sebrae, Carlos Melles.

O forte investimento no mundo digital fez com que 48% das empresas desse segmento tivessem mais da metade de seu faturamento proveniente do comércio eletrônico. “A pandemia fez com que os pequenos negócios se vissem forçados em comercializar seus produtos pela internet e os setores mais atingidos absorveram essa necessidade, como o Turismo e a Economia Criativa”, explica o presidente do Sebrae, Carlos Melles

Plataformas do turismo

A mesma pesquisa, em sua 9ª edição, realizada em novembro, mostrou que a plataforma Whatsapp é a preferida pelos empreendedores que inseriram o mundo virtual nas suas vendas, com 84% de adeptos. Cerca de 90% das empresas que exercem atividades como Artesanato, Beleza e Moda, e que digitalizaram sua comercialização, usam esse recurso para vender seus produtos e serviços. Instagram e Facebook são as próximas opções, com 54% e 51%, respectivamente. Apenas 23% dos negócios vendem por sites próprios.

Fonte: Sebrae

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Segunda prévia do IGP-M aponta variação de -0,58% em setembro

O resultado mensal de setembro é o primeiro com variação negativa desde fevereiro de 2020. Dois dos três indicadores que compõem o IGP-M exibiram variação menor no mês.

20 de setembro de 2021

Manaus recebe 4ª edição da Feira Internacional da Gastronomia Amazônica

FIGA acontecerá em outubro, com objetivo de promover o intercâmbio entre chefs regionais, nacionais e internacionais e divulgar a Gastronomia Amazônica para diversos países.

20 de setembro de 2021

Estado arrecadou R$9,2 bi e cresceu 13,4% no ano, segundo Sefaz

Amazonas arrecadou mais de R$1,1 bi em agosto. Número representa crescimento de 1,75% em relação a agosto de 2020. Enquanto de janeiro a agosto o crescimento foi de 13,4%.

20 de setembro de 2021

A Importância da ZFM é tema do projeto Diálogos Amazônicos desta segunda

Participam do debate o reitor da Universidade do Estado do Amazonas, Cleinaldo Costa; e Juliano Assunção, professor da PUC-Rio e diretor do Climate Policy Initiative no país.

20 de setembro de 2021

EUA liberam a entrada de estrangeiros totalmente vacinados contra Covid-19

Medida entra em vigor a partir de novembro e vale para todos os países, incluindo o Brasil. Turistas terão que comprovar que estão completamente imunizados contra a doença.

20 de setembro de 2021

Governadores negam influência do ICMS na alta dos combustíveis

De acordo com nota assinada por 20 governadores, "nos últimos 12 meses, o preço da gasolina registrou um aumento superior a 40%, embora nenhum Estado tenha aumentado o ICMS".

20 de setembro de 2021

Vagas em home office: veja seleção de oportunidades para trabalhar de casa

Foram elencadas mais de 15 empresas que dispõem de vagas para quem quer garantir renda sem sair de casa. Na pandemia, home office ganhou destaque.

20 de setembro de 2021

Ministro do Desenvolvimento promete investir R$ 7 bi em mobilidade

Segundo Rogério Marinho, o transporte público é a alternativa mais importante para o deslocamento de pessoas. Afirmação foi dada durante abertura da Semana da Mobilidade.

20 de setembro de 2021