fbpx

sábado, 21 de maio de 2022

Transporte público do Brasil é o segundo mais caro da América do Sul

Com gasto mensal de R$ 214 no transporte público, o Brasil ocupa a segunda colocação da América do Sul, sendo superado apenas pelo Chile, segundo estudo internacional.

28 de fevereiro de 2022

Compartilhe

Estudou comparou gastos mensais de passageiros em cem países (Foto: Reprodução)

Estudo da Cuponation, plataforma de descontos online, comparou o valor médio do transporte ao redor do mundo e identificou que o brasileiro tem o segundo maior gasto mensal , entre os países da América do Sul (R$ 214).

A empresa estrangeira Numbeo apontou recentemente os 100 países que possuem o valor do passe mensal de ônibus, metrô e trem mais caros do mundo – e pelo terceiro ano seguido, o território brasileiro não ficou de fora dessa. Apesar de muita gente ter deixado de frequentar diariamente o transporte coletivo com a alta do home office durante a pandemia, muitos cidadãos, ainda necessitam deste serviço. 

O mínimo mensal de R$214 que o brasileiro paga com ticket de condução – considerando apenas duas passagens por dia, correspondem a pelo menos 17,66% do salário mínimo (R$1.212/IBGE) com transporte público.

O Cuponation registrou que assim como o valor do passe, a posição do Brasil no ranking do bilhete mais caro também subiu de forma significativa, passando do 55º lugar para o 36º em apenas dois anos – subindo 19 posições.

A Irlanda é a nação que cobra mais caro pela passagem ao converter os valores, sendo cerca de R$ 630,25 por mês para utilizar a locomoção. A população da Austrália e da Nova Zelândia aparecem logo atrás na segunda e terceira posições.

No penúltimo e último lugares da lista estão a Armênia e a Tunísia, onde os cidadãos precisam desembolsar somente R$ 52,70 e R$ 52,57, respectivamente, durante o mês. Entre os países da América do Sul presentes na pesquisa, o Chile (26º) é o único território latino que está à frente do Brasil. Uruguai, Bolívia, Colômbia, Venezuela, Peru, Equador, e Argentina também aparecem cobrando menos. 

Com informações da Assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Lei de tempo de espera máximo para atendimento é sancionada, no AM

O Instituto de Defesa do Consumidor do Amazonas destaca que, para que o consumidor consiga indenização perante a Justiça, é necessário recorrer ao Poder Judiciário.

20 de maio de 2022

PL destina recursos do pré-sal para políticas de pesca e aquicultura

Projeto de Lei 6114/19 destina para as políticas de aquicultura e pesca dos estados e municípios até 1% dos recursos arrecadados pela União com venda dos barris de petróleo.

20 de maio de 2022

PIM poderá ganhar fábrica da Tesla, empresa de Elon Musk, diz colunista

Informação é do colunista Igor Gadelha, do site Metrópoles. Em setembro do ano passado, a empresa apresentou, pela primeira vez, um protótipo de um veículo de duas rodas.

20 de maio de 2022

Em 4 meses, a arrecadação tributária do AM cresce 4% e supera R$ 5 bi

Crescimento reflete o bom desempenho da atividade comercial, e ainda, do subsetor de postos de combustíveis, que registraram alta na arrecadação, respectivamente, de 6% e 10%

20 de maio de 2022

Governo publica decreto com regras para mercado de carbono

Medida exige que os ministérios do Meio Ambiente e da Economia criem um plano de mitigação das mudanças climáticas, em que serão definidas metas de emissão de gases.

20 de maio de 2022

Eneva mais do que dobra reservas de gás na Bacia do Amazonas

Auditoria de reservas e recursos na Bacia do Amazonas mostra que as reservas de gás natural da Eneva passaram de 7,1 bilhão de m³ (Bm³) no fim de 2021 para 14,8 Bm³ em abril.

20 de maio de 2022

Brasil terá geração mais pobre com fechamento de escolas na pandemia, diz FMI

Aprendizado incompleto na pandemia pode diminuir o rendimento médio dessa geração de estudantes em 9,1%. Prognóstico coloca o país na 3ª pior posição entre os países do G20.

20 de maio de 2022

Startups podem obter crédito para acessar soluções tecnológicas

Programa Serpro Booster seleciona empresas tecnológicas e oferece créditos para que acessem algumas das melhores soluções tecnológicas de administração de dados públicos.

20 de maio de 2022