fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Supermercados registram 1,79% de perdas sobre o faturamento bruto

Os itens que mais sofreram perdas em valor e quantidade em 2020 foram: refrigerantes, cervejas, cortes bovinos, pilhas e baterias, chocolates e queijos.

22 de abril de 2021

Compartilhe

Supermercados registraram perdas em 2020. (Foto: Reprodução)

O setor supermercadista registrou 1,79% de perdas sobre o faturamento bruto em 2020, de acordo com a 21ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro de Supermercados, realizada pelo Departamento de Economia e Pesquisa da ABRAS. Esse índice representa um total estimado de R$ 7,6 bilhões.

Dentre as principais causas de perdas estão: quebra operacional, 47,9%; furto externo, 16,0%; erros de inventário, 10,2%, erros administrativos, 9,5%; e furto interno, 7,4%.

Os itens que mais sofreram perdas em valor e quantidade no ano de 2020, de acordo com a pesquisa, foram: refrigerantes, cervejas, cortes bovinos (exceto picanha), pilhas e baterias, chocolates em barra ou tabletes, e queijos.

Perecíveis e não perecíveis

As seções que lideram os índices de perdas (por faturamento bruto) entre os perecíveis foram:  Frutas/Legumes/Verduras, 5,25%; Rotisseria e Comidas Prontas, 4,32%; e Padaria e Confeitaria, 2,74%. Entre os não perecíveis estão: Bazar, 1,77%; têxtil; 1,04%; e Higiene e Perfumaria, 0,82%. 

Dentre os principais fatores que impulsionaram as perdas dos não perecíveis no setor supermercadista estão: validade vencida, 37,4% e produto impróprio para venda, 29,1%.  Em relação aos produtos não perecíveis a validade vencida também liderou as respostas dos participantes, 42,5%, seguida de produtos avariados, 29,1%. 

Prevenção 

Do total de respondentes da pesquisa, 72% possuem área de prevenção de perdas, ante 71% no ano anterior.  A falta de justificativa do investimento e o alto custo de manutenção foram citados pelos supermercadistas como principais fatores da falta da área de prevenção de perdas na empresa.

Na avaliação também foram identificados os recursos tecnológicos mais utilizados atualmente pelos empresários para prevenir as perdas nas lojas: coletor de dados para a realização de inventário, CFTV (monitoramento por câmeras) e alarmes de acesso.

Em relação às principais atividades adotadas para a prevenção de perdas, citadas pelos supermercadistas, estão:  treinamento para colaboradores, definição das metas de perdas, controles e planos de ações, e processos mais cuidadosos no recrutamento e seleção.

Respondentes

A 21ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro de Supermercados foi realizada com base nas informações de 228 redes supermercadistas, que somam 3.576 lojas no País. O faturamento bruto dessas empresas somou R$ 49,9 bilhões em 2020. 

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

‘Nosso Centro’ quer expandir empreendimentos na região central de Manaus

Programa da Prefeitura prevê a revitalização do centro histórico com a implantação dos projetos 'Mais Negócios', 'Mais Vida' e 'Mais História', ao longo dos próximos 3 anos.

25 de maio de 2022

Em apoio a petroleiros, parlamentares questionam venda da Reman no TCU

Deputado Zé Ricardo e o senador Jean Paul (PT/RN) acionaram o Tribunal de Contas da União solicitando medida cautelar para suspender o processo de privatização da refinaria.

25 de maio de 2022

Comércio do Amazonas teve alta de até 20% nas vendas do Dia das Mães

Mais da metade dos estabelecimentos do comércio disse que as vendas do Dia das Mães cresceram entre 11% e 20% com destaque para pagamento no cartão parcelado.

25 de maio de 2022

Programa do Cetam realiza curso de criação de startups em Itacoatiara

Programa Trilhas de Empreendedorismo Digital vai receber 40 alunos para três dias de imersão no processo de criação de startups. Curso começa nesta quarta-feira (25).

25 de maio de 2022

Wilson Lima institui Sistema de Informações de Custos do Amazonas

Com o Sica, o governo vai ampliar o rigor no controle das informações com o objetivo de melhorar a qualidade dos investimentos. O sistema funcionará de forma eletrônica.

25 de maio de 2022

Operadoras de telemarketing vão ao STF contra uso do prefixo 0303

Argumento é de que a norma viola a Constituição por supostamente afetar o exercício de atividade empresarial e prejudicar a livre iniciativa e a busca do pleno emprego.

25 de maio de 2022

Fieam aponta distorção e afirma que ‘lista misteriosa’ prejudica o PIM

Fieam considera que a lista de produtos elaborada pela Suframa e pelo Ministério da Economia não atende às necessidades do PIM. Presidente da entidade demonstra preocupação.

25 de maio de 2022

Resultado preliminar do concurso público da PGE-AM é divulgado

Provas ocorreram no dia 17 de abril, quando quase oito mil candidatos concorreram a uma das 44 vagas ofertadas, sendo 37 para ampla concorrência e sete para PcDs.

25 de maio de 2022