fbpx

sábado, 29 de janeiro de 2022

Setor termoplástico cresceu 89,20% no quadrimestre

O segmento registrou o terceiro maior resultado, atrás apenas da indústria naval (146,48%) e do setor de bens de informática do polo eletroeletrônico (96,33%).

22 de julho de 2021

Compartilhe

Setor termoplástico cresceu 89,20% no quadrimestre. (Foto: Reprodução)

O setor termoplástico do Polo Industrial de Manaus (PIM) fechou o primeiro quadrimestre deste ano com incremento de 89,20% no faturamento, em relação a igual período de 2020. Os números são dos Indicadores de Desempenho do PIM, divulgados pela Suframa.

De janeiro a abril deste ano, o segmento termoplástico contabilizou mais de R$4,4 bilhões. Nos quatro primeiros meses do ano anterior esse saldo foi de R$2,3 bilhões. O crescimento no período foi de 89,20%.

Na análise dos resultados mais recentes dos indicadores, em relação aos demais segmentos fabris, o setor termoplástico foi o que registrou o terceiro maior resultado, atrás apenas da indústria naval (146,48%) e do setor de bens de informática do polo eletroeletrônico (96,33%).

De acordo com o diretor executivo do Sindicato das Indústrias de Material Plástico de Manaus (Simplast), Paulo Abreu, a demanda segue crescente. Ele explica que o abastecimento do principal insumo, que é a resina, foi normalizado em junho deste ano.

As indústrias sentiram leve impacto no fornecimento do insumo importado em decorrência da obstrução no Canal de Suez, no mês de março.

“A partir da compra, o tempo de fornecimento da resina é de 45 dias. Sofremos algo pontual, no início do ano, devido à obstrução no Canal de Suez, mas não chegou a afetar o volume de produção local. Desde junho o abastecimento está normalizado”, informou o empresário.

Conforme Abreu, 90% do que é produzido por meio do processo de extrusão (embalagem criada através do sopro, como garrafas por exemplo), pelas fabricantes do PIM, abastece a região sul do país.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Divergências no governo travam negociações da PEC dos Combustíveis

Entre as possibilidades discutidas - sem consenso - estão: a redução a zero de impostos federais, a criação de um fundo de estabilização e cortes no imposto sobre o diesel.

28 de janeiro de 2022

CNI: convite à OCDE é passo fundamental para crescimento econômico

Para a Confederação Nacional da Indústria, a entrada do país na organização irá atrair mais investimentos em áreas estratégicas e ampliar a integração da economia brasileira.

28 de janeiro de 2022

Emprego formal no setor privado cresce 4% entre setembro e novembro

Na categoria por conta própria, o crescimento foi de 588 mil pessoas (2,3%), chegando a 25,8 milhões de pessoas. Os trabalhadores domésticos subiram 6,0%.

28 de janeiro de 2022

Lei obriga postos a informar Procon-AM sobre preço dos combustíveis

Com a Lei, postos de combustíveis deverão informar o preço do litro na bomba a cada reajuste ao Procon-AM como medida de transparência aos consumidores do Estado.

28 de janeiro de 2022

Empresários de serviços iniciam 2022 menos confiantes, aponta FGV

A confiança dos empresários do setor de serviços recuou 4,3 pontos em janeiro e atingiu 91,2 pontos. É o menor nível desde maio de 2021, quando alcançou 88,1 pontos.

28 de janeiro de 2022

Amazonas teve a 4ª maior arrecadação de royalties de Petróleo em 2021

O Estado recebeu R$ 307,9 milhões em royalties segundo balanço da ANP referente a 2021 que assinalou recorde na distribuição do recurso no País com crescimento de 65%.

28 de janeiro de 2022

Amazonas Shopping promove Liquidação Ponto Mix a partir desta sexta

Durante a Liquidação Ponto Mix, lojas de todos os segmentos estarão com produtos com descontos que vão de 5% a 70%. Promoção acontece até o próximo domingo (30).

28 de janeiro de 2022

Confiança do comércio cai e atinge menor nível desde abril de 2021

Índice de Confiança do Comércio (Icom) cedeu 0,4 ponto em janeiro, ao passar de 85,3 para 84,9 pontos, menor nível desde abril de 2021 (84,1 pontos).

28 de janeiro de 2022