fbpx

domingo, 19 de setembro de 2021

Primeira prévia do IGP-M aponta variação de 1,06% em agosto

Apesar do resultado de agosto estar em patamares menores que o apurado no início do ano, o dado do mês apresenta aceleração frente os meses de junho (0,60%) e julho (0,78%).

11 de agosto de 2021

Compartilhe

No acumulado no ano até agosto, o IGP-M registra alta de 17,20% (Foto: Reprodução)

Na primeira prévia do Índice Geral de PreçosMercado (IGP-M) aponta variação de 1,06% na leitura de agosto, ante alta de 0,78% do mês de junho. Os números foram divulgados nesta quarta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV).

Apesar do resultado mensal de agosto estar em patamares menores que o apurado no início do ano, quando as variações mensais ficaram superiores a 2,0% (exceto abril com variação de 1,51%), o dado do mês apresenta aceleração frente os meses de junho (0,60%) e julho (0,78%).

Dois dos três indicadores que compõem o IGP-M exibiram variação menor no mês de agosto quando comparado com o apresentado em julho, o IPC-M e o INCC-M.

O IPA-M, único indicador que mostrou variação percentual maior que o mês de julho, ficou em 1,26% no mês de agosto ante 0,71% do mês anterior, aumento de 0,55 p.p. entre os meses.

A variação do IPC-M foi de 0,49% no mês de agosto, desacelerando em relação ao registrado em julho quando variou 0,83%.

Por fim, o INCC-M apresentou avançou 0,48%, uma variação 0,76 p.p. menor em relação ao mês de julho quando cresceu 1,24%. 

No acumulado no ano até agosto, o IGP-M registra alta de 17,20% apresentando aceleração em relação a julho (15,98%). O IPA-M acumula crescimento de 21,34% em 2021, INCC-M, 11,28% e o IPC-M, 4,77%.

Em 12 meses as variações são mais expressivas em todos os indicadores. O IGP-M acumula crescimento de 31,63% com desaceleração pelo terceiro mês consecutivo (37,04% em maio, 35,75% em junho e 33,83% em julho). Nesta mesma ótica, o IPA-M mostra elevação de 40,81%, também em desaceleração por três meses seguidos (50,21% em maio, 47,53% em junho e 44,25%). 

O resultado dos indicadores segue na tabela abaixo:

Fonte: Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp)

Fonte: Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp)

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Governo anuncia leilão para compra simplificada de energia em outubro

Leilão, a ser realizado em outubro, contratará energia de reserva, na modalidade por quantidade para usinas termelétricas a biomassa, eólica e solar fotovoltaica.

18 de setembro de 2021

Temporada de manejo do pirarucu na RDS Uacari está aberta

Em toda a RDS Uacari, a despesca será de 646 pirarucus, envolvendo 16 outras comunidades e 134 famílias. A estimativa de renda total na reserva é de R$ 290 mil.

18 de setembro de 2021

Produção de splits impulsiona setor de condicionador de ar no PIM

Produção do modelo split saltou de 1,8 milhão, nos primeiros meses de 2020, para mais de 3,1 milhões, de janeiro a junho deste ano. Fabricação do modelo janela também cresce.

18 de setembro de 2021

FGV divulga resultados das provas objetivas do concurso do TCE-AM

O concurso teve a confirmação de mais de 15 mil candidatos, com 40 vagas para provimento imediato na Corte de Contas, com vencimentos de até R$ 8,3 mil, além de benefícios.

17 de setembro de 2021

Inaugura em Manaus a primeira unidade franqueada da rede Flexfarma

Com um diversificado mix de fármacos, dermocosméticos e conveniências, primeira unidade da rede de drogarias Flexfarma em Manaus inaugura na próxima segunda-feira (20).

17 de setembro de 2021

Renda das mulheres cresce no 2º trimestre, apesar da desocupação maior

Redimento da força de trabalho feminina teve aumento 1,4% no segundo trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2020. Enquanto a renda masculina subiu 0,4%.

17 de setembro de 2021

Endividamento familiar sobe 2,1% e tem o maior nível da história

Percentual das famílias endividadas apresentou sua nona alta na passagem mensal, chegando em 72,9% em agosto, segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio

17 de setembro de 2021

Secretário do Tesouro garante Auxílio Brasil no valor de R$ 300

De acordo com o secretário especial do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, a expectativa é de que os beneficiário recebam o novo auxílio já a partir do mês de novembro.

17 de setembro de 2021