fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Política Estadual de Incentivos Fiscais garante investimentos no PIM

Lei que prorroga por mais 10 anos a Política Estadual de Incentivos Fiscais foi aprovada no dia 15 de dezembro e publicada no Diário Oficial do Estado em 31 de janeiro.

3 de fevereiro de 2022

Compartilhe

Política Estadual de Incentivos Fiscais foi prorrogada por 10 anos e vale até 2032 (Foto:Reprodução)

Prorrogada por mais 10 anos e válida até 2032, a Política Estadual de Incentivos Fiscais proporciona segurança jurídica a investidores e garante competitividade às empresas instaladas na área de abrangência da Zona Franca de Manaus (ZFM). O Projeto de Lei com essa finalidade, encaminhado pelo governador Wilson Lima (PSC) à Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), foi aprovado por unanimidade no dia 15 de dezembro de 2021 e publicado no Diário Oficial do Estado em 31 de janeiro de 2022, regulamentado por meio do Decreto nº 45.140.

“Isso representa, a médio e longo prazo, um benefício muito grande, pois dá a segurança aos investidores de fazerem os seus investimentos e terem o retorno desses investimentos. Essa lei, que venceria neste ano (2022) e foi antecipada para o ano passado, o governador assinou no fim de dezembro, e garantiu a todos que manteria, em sua maior parte, tudo o que já tinham”, destacou Jório Veiga, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

De acordo com o secretário, a medida aperfeiçoa a legislação vigente, regida pela Lei nº 2.826/2003, permite a continuidade dos investimentos e se soma aos esforços do Estado para fortalecer e impulsionar o crescimento industrial do Amazonas.

“Ao longo desses três últimos anos, 2019, 2020 e 2021, o Estado aprovou R$ 36,1 bilhões em investimentos e a criação de mais de 20 mil vagas de trabalho. Isso significa um impulso enorme para a economia e praticamente 20% das vagas coexistentes no Distrito Industrial, além de ter permitido remanejamento de mais de 6 mil vagas. Ou seja, essas pessoas não perderam os seus empregos, elas foram remanejadas dentro das próprias fábricas”, detalhou Jório.

Entre os pontos de aperfeiçoamento que o projeto de lei traz à atual legislação, está a inclusão da sustentabilidade como princípio a ser observado quando da concessão dos incentivos fiscais pelo Estado, os quais deverão servir como instrumento do desenvolvimento que satisfaça as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das futuras gerações satisfazerem as próprias necessidades.

Crescimento em 2022

O titular da Sedecti ressaltou ainda que o cenário previsto para o ano de 2022 é favorável ao crescimento industrial do Amazonas.

“Nós temos várias empresas que estão se instalando aqui, outras que nem estavam considerando se instalar já estão prospectando e muito bem encaminhadas, em função da legislação existente. Essa renovação da lei ajuda muito as empresas, e também nós vemos a economia melhorando um pouco neste ano. A inflação foi muito alta ano passado, neste ano devemos ter uma inflação menor”, observou.

“Tudo isso mostra para a gente um cenário positivo e de muita esperança, para que a gente possa dar aos investidores a segurança, como foi garantido pelo governador – e ele sempre reafirma isso –, bem como aos amazonenses em geral a possibilidade de manterem seus empregos, e aqueles que ainda não estão empregados conseguirem seus empregos”, acrescentou Jório Veiga.

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Para economistas, ICMS em 17% terá pouco impacto na redução de preços

Economistas acreditam que projeto que estipula teto de 17% na cobrança de ICMS não resultará em redução expressiva no preço do combustível, com queda de até 5% nos preços.

26 de maio de 2022

Novamed anuncia expansão no PIM com investimento de R$ 50 milhões

Empresa pretende aumentar a produção de 1 bilhão e 100 milhões de comprimidos/mês para 1 bilhão e 400 milhões/mês, além da garantia de cerca de 900 postos de trabalho.

26 de maio de 2022

Indígenas Tikuna participam de oficina de artesanato em Benjamin Constant

O Workshop, promovido em parceria com o Sebrae Amazonas, contou com a presença de consultores de artesanato do Ceará, do Espírito Santo, Colômbia e Brasília.

26 de maio de 2022

Caixa amplia em até 21,4% subsídio do programa Casa Verde Amarela

Percentuais vão variar de 12,5% a 21,4%. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, acréscimo varia conforme região, renda familiar e população do município.

26 de maio de 2022

Câmara aprova limite da alíquota de ICMS sobre combustíveis

Lei classifica os setores de combustíveis, gás natural, energia elétrica, comunicação e transportes como essenciais e indispensáveis, limitando a alíquota ao máximo de 17%.

26 de maio de 2022

Amazonas precisa qualificar 114 mil trabalhadores da indústria até 2025

A Fieam levantou a demanda de profissionais da indústria a serem qualificados até 2025 no Amazonas para atender às novas demandas do setor na Zona Franca de Manaus.

26 de maio de 2022

‘Nosso Centro’ quer expandir empreendimentos na região central de Manaus

Programa da Prefeitura prevê a revitalização do centro histórico com a implantação dos projetos 'Mais Negócios', 'Mais Vida' e 'Mais História', ao longo dos próximos 3 anos.

25 de maio de 2022

Em apoio a petroleiros, parlamentares questionam venda da Reman no TCU

Deputado Zé Ricardo e o senador Jean Paul (PT/RN) acionaram o Tribunal de Contas da União solicitando medida cautelar para suspender o processo de privatização da refinaria.

25 de maio de 2022