fbpx

terça, 30 de novembro de 2021

PL de Braga quer subsidiar gás de cozinha a famílias de baixa renda

Projeto beneficia famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo.

10 de setembro de 2021

Compartilhe

Projeto beneficia na compra de gás de cozinha, envasado em botijões de 13 Kg (Foto: Reprodução)

Com intuito de subsidiar famílias de baixa renda na compra de botijão de gás de cozinha, um projeto de lei que cria o Programa Gás para os Brasileiros está pronto para ser deliberado em Plenário.

Sem análise de comissões, o projeto (PL 2.350/2021), de autoria do senador Eduardo Braga (MDB), beneficia na compra de gás liquefeito de petróleo (GLP), envasado em botijões de 13 quilos, as famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo, ou que tenham entre seus membros residentes no mesmo domicílio quem receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

“A pobreza energética, isto é, a dificuldade de acesso a fontes modernas de energia, como a eletricidade e o GLP, popularmente conhecido como gás de cozinha, é uma triste realidade em diversas partes do mundo, inclusive no Brasil. A questão é de tamanha gravidade que a Cúpula das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável incluiu-a entre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)”, justificou Braga.

O senador salienta ainda que o crescente uso de lenha, carvão e outras fontes tradicionais de energia para cozinhar alimentos tem consequências danosas para a saúde, prejudicando principalmente mulheres e crianças, que ficam mais expostas aos poluentes produzidos pela queima desses combustíveis.

O projeto original estabelecia que as famílias teriam direito, a cada bimestre, ao valor de 40% do preço médio de revenda do botijão de 13 kg. Mas o relator da matéria em Plenário, senador Marcelo Castro (MDB-PI), considerou mais efetivo estipular o benefício na faixa de 40% até 100% do preço médio de revenda do botijão conforme valores de cada estado, a ser pago a cada dois meses.

“Tomando como base o número de famílias atendidas pelo Programa Bolsa Família, 14,2 milhões, e o preço médio do botijão de gás de cozinha, R$ 100, a despesa anual do Programa Gás para os Brasileiros será na faixa entre R$ 3,4 bilhões a R$ 8,5 bilhões, a depender do percentual de subsídio concedido. Dessa forma, o governo federal terá certa flexibilidade para ajustar o valor do benefício aos recursos disponíveis”, expôs o relator.

Castro também atendeu sugestão da senadora Rose de Freitas (MDB-ES) para que o pagamento do benefício seja feito preferencialmente à mulher responsável pela família, “pois bem sabemos que, na maioria das situações, a mulher é o esteio da família, principalmente quando há crianças”.

Caberá ao Poder Executivo determinar a organização, operacionalização e governança do programa, utilizando, no que couber, a estrutura do Programa Bolsa Família, ou outro que venha a substituí-lo.

Recursos

O relator também apresentou alterações quanto às fontes de recursos destinados ao programa, assim definidas: dividendos pagos pela Petrobras à União; bônus de assinatura das rodadas de licitação de blocos para a exploração e produção de petróleo e de gás natural e outros recursos previstos no Orçamento Fiscal da União.

A ideia do uso dos dividendos da Petrobras foi aproveitada do PL 1.507/2021, do senador Paulo Paim (PT-RS) — que tramitava em conjunto com o PL 2.350/2021 e foi rejeitado pelo relator pelas coincidências de objetivos e por detalhar em excesso questões operacionais que Castro avalia ser mais apropriado que o governo federal as defina, “haja vista que possui as informações e as ferramentas para encontrar as soluções que darão maior efetividade ao Programa Gás para os Brasileiros”.

“A política de paridade internacional dos preços dos combustíveis tem permitido que a Petrobras amealhe lucros fabulosos. Nada mais justo, portanto, que parte desse ganho retorne para a parcela mais necessitada de nossa população, que tanto sofre com essa política de preços dos combustíveis”, avaliou o relator.

A segunda fonte de recursos apresentada é o bônus de assinatura das rodadas de licitação de blocos para a exploração e produção de petróleo e de gás natural. Segundo Castro, a União tem obtido recursos substanciais com o bônus de assinatura e continuará assim por um bom tempo ainda.

“Com essas novas fontes de custeio, estamos convictos de que haverá recursos suficientes para implementar e manter o Programa Gás para os Brasileiros”, afirmou o relator.

O programa será praticado por cinco anos, produzindo efeitos a partir da abertura dos créditos orçamentários necessários à sua execução.

Fonte: Agência Senado

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Concessionárias voltam a ter automóveis à pronta-entrega

Retorno produtivo de algumas montadoras refletiu em oferta de automóveis em novembro, com projeção positiva para dezembro. Concessionárias conseguem atender à pronta entrega.

30 de novembro de 2021

43ª Expoagro acontece entre os dias 9 e 12 de dezembro, em Manaus

Maior feira de agronegócio da região norte será uma oportunidade para comercialização de máquinas, implementos e insumos, além de animais, como bovinos, caprinos e ovinos.

29 de novembro de 2021

Confiança do setor de serviços recua 2,3 pontos em novembro, diz FGV

Assim como indicado pelo Comércio, ambos os componentes do índice do setor de Serviços tiveram queda no mês. Sendo o destaque para as expectativas com queda de 2,7 pontos.

29 de novembro de 2021

Contas públicas fecham outubro com saldo positivo de R$ 28,195 bi

Segundo o Tesouro, em outubro, comparado a igual mês de 2020, houve aumento real (descontada a inflação) de 5,9% da receita líquida e decréscimo real de 15,4% nas despesas.

29 de novembro de 2021

Guaraná Jesus: famosa bebida cor-de-rosa maranhense chega ao AM

Original do Maranhão, o Guaraná Jesus, famoso pela sua coloração cor-de-rosa, chega ao Amazonas por meio do Grupo Simões, fabricante e distribuidor de Coca-Cola no estado.

29 de novembro de 2021

Com salários de R$8 mil, concurso do ICMBio tem vagas para o Amazonas

Para o Amazonas são destinadas 22 vagas para o cargo de Técnico Ambiental e 12 vagas de Analista Ambiental, com salários de R$ 3.605,34 e R$ 8.089,64, respectivamente.

29 de novembro de 2021

Endividamento das famílias atinge maior patamar em quase 12 anos

Percentual de famílias brasileiras com dívidas, em atraso ou não, chegou a 74,6% em outubro deste ano. Desde julho, o percentual de endividados supera os 70%.

29 de novembro de 2021

Abertura de empresas do mercado pet tem incremento em 2021

Só no primeiro semestre entre os microempreendedores individuais, o crescimento foi de mais de 46% e entre as micro e pequenas empresas, o aumento foi de cerca de 39%.

29 de novembro de 2021