fbpx

quarta, 19 de janeiro de 2022

Manejo sustentável é a saída para produtor rural, aponta setor agrícola

Segundo especialistas, os sistemas agrícolas que mais favorecem a qualidade do solo são aqueles que cultivam plantas intensamente, de preferência de espécies diferentes.

10 de dezembro de 2021

Compartilhe

Manejo sustentável é a saída pra agricultores

A bandeira da sustentabilidade tem ganhado cada vez mais força na agricultura brasileira. Dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) apontam que, no ano passado, a área agrícola financiada pelo Programa ABC (Agricultura de Baixa Emissão de Carbono) cresceu 47%. O levantamento do Mapa mostra ainda que a recuperação de pastagens degradadas, que soma 372,5 mil hectares, é a tecnologia mais buscada pelos produtores rurais para financiamento pelo programa.

Além dessa maior conscientização por parte dos produtores rurais, a atual situação dos fertilizantes químicos reforça ainda esse cenário sustentável. A escassez de matéria prima importada da China vai afetar os mercados de fosfatados e nitrogenados. A importação dessas matérias soma 85%, o que afeta a produção de Fertilizantes no Brasil e nos deixa dependente de importação.

 ‘Essa relação de oferta e demanda dos químicos, somado ao alto custo de produção, tem reforçado a aceitação das tecnologias e manejos sustentáveis’, como analisa o mestre em agronomia e coordenador técnico da Tratto Agro, Saulo Brockes. Segundo ele, há diversas técnicas que podem ser utilizadas no campo visando otimizar a produtividade e qualidade da lavoura

Usualmente, a qualidade do solo agrícola é considerada sob três aspectos: físico, químico e biológico, que estão integrados. Saulo destaca que umas das formas de melhorar a qualidade do solo é a adoção de práticas de cultivo sustentável, que evitam ou praticamente excluem o uso de fertilizantes e defensivos sintéticos. ‘Dessa maneira, procuramos substituir insumos importados por aqueles encontrados na propriedade ou na região’, diz.

O agrônomo Saulo Brockes acrescenta que os sistemas agrícolas que mais favorecem a qualidade do solo são aqueles que cultivam plantas intensamente, de preferência de espécies diferentes. ‘Além disso, o produtor também pode adotar práticas como a rochagem para remineralização do solo, calagem para correção da acidez, utilização de bioinsumos com os organominerais para nutrição e a inoculação de microorganismos no solo’, explica ele

Resultados no campo

O produtor rural Alexandre Ceresa, de Piracanjuba (GO), tem usado o manejo sustentável há dois anos e os resultados, segundo ele, tem sido surpreendentes. ‘Tivemos um retorno excelente com uso das técnicas sustentáveis, conseguimos diminuir o custo de produção, aumentar a produtividade e ainda remineralizar o solo, devolvendo tudo que foi retirado durante anos’, conta.

Cláudio Leão, de Rio Verde, também é adepto da bandeira sustentável. Segundo ele, a utilização dos pós de rocha, como o Fino de Micaxisto (FMX), possibilita diminuir ou até mesmo eliminar o uso dos químicos e ainda melhorar o solo. ‘Com isso, o produtor rural vai criando, ao longo do tempo, autonomia, diminuindo o seu custo e produzindo com sustentabilidade’, avalia ele.

Com informações do Estadão Conteúdo

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Santander renegocia dívidas com clientes do Amazonas até 31 de março

Santander lança campanha nacional para negociação de dívidas com prazos estendidos de parcelamento e descontos de mais de 90% tanto pessoa física quanto jurídica.

19 de janeiro de 2022

Greve da Receita Federal pode gerar desemprego no PIM, alerta Cieam

Greve dos auditores fiscais preocupa o presidente do Centro das Indústrias do Amazonas, que teme demissão de postos de trabalho caso empresas precisem se reprogramar.

19 de janeiro de 2022

App se posiciona a favor de motoboys, após encerramento da Uber Eats

Fui App se posiciona a favor de motoboys quee receberam notícia do fim das atividades da Uber Eats, após sanção de lei que amplia direitos de entregadores de refeições.

18 de janeiro de 2022

FGV recebe inscrições até sexta-feira para seleção do Censo 2022 do IBGE

FGV inscreve online para mais de 206 mil vagas para o recenseamento que deve visitar mais de 70 milhões de domicílios em todo o País, de acordo com projeção do IBGE.

18 de janeiro de 2022

Governo do Amazonas investe na piscicultura familiar de Iranduba

Fomento abrange desde entrega de alevinos e kits de análise de água a assistência técnica e compra de pescado. Ao todo, foram beneficiados 700 piscicultores do estado.

18 de janeiro de 2022

Com 70,9% das famílias devendo, país encerra 2021 com recorde de endividados

De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), o nível de endividamento médio das famílias brasileiras em 2021 foi o maior em 11 anos.

18 de janeiro de 2022

Servidores federais realizam ato contra ‘congelamento salarial’

Protestos acontecem em frente ao edifício-sede do Banco Central, em Brasília. Mobilização de servidores federais pede reestruturação de carreiras e reajuste salariais.

18 de janeiro de 2022

Anac autoriza redução no número de comissários em voos da Gol e Azul

Decisão leva em consideração "o recente e ainda crescente surto da variante ômicron do coronavírus no Brasil e seus respectivos impactos na disponibilidade de tripulantes".

18 de janeiro de 2022