fbpx

quarta, 22 de setembro de 2021

Lojas de seminovos ‘driblam’ desabastecimento e mantêm vendas

Mesmo em meio às dificuldades para repor os estoques, revendedores de veículos usados conseguem atender à demanda.

5 de agosto de 2021

Compartilhe

Vendas de seminovos cresceram em julho. (Foto: Reprodução)

As vendas de veículos usados cresceram 11,6% em julho, em relação ao mês anterior. O setor também teve incremento de 16,5% no acumulado do ano em relação a igual período de 2020. Mas, quando comparado a julho de 2020 o segmento registrou queda de 7,6% nas comercializações. Os dados são da Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto).

Conforme a federação, em julho o estado foi responsável pela comercialização de 10,9 mil automóveis seminovos. Enquanto em junho, foram vendidos 9,7 mil automóveis usados. Houve crescimento de 11,6% nas comercializações.

Os números também foram positivos no acumulado de janeiro a julho deste ano, período em que 57.361 automóveis foram comercializados, frente às 49.249 unidades vendidas nos sete meses de 2020. Houve incremento de 16,5%.

Apesar da alta, cenário continua difícil

Conforme o empresário da loja Kodó Veículos, Diogo Augusto, as vendas em julho tiveram incremento de 15%. Porém, apesar do resultado positivo, ele afirma que o cenário é preocupante e que a falta de veículos novos no mercado atrapalha a reposição de veículos nas lojas.

“Só vende quem está conseguindo fazer estoque. Tá muito difícil conseguir comprar carros bons devido à falta de produtos novos. Eu nunca imaginei um cenário como esse. Acho que isso deve perdurar até o próximo ano”, avalia.

Segundo Augusto, atualmente ocorre um desequilíbrio entre oferta e demanda. Ele conta que para repor veículos nas lojas tem negociado carros de amigos e parceiros.

“Ainda consigo comprar carros novos por amizade. O carro leva em média de 15 a 25 dias para chegar à Manaus. Vamos tentando  manter de alguma forma o movimento no mercado. Eu compro tudo que aparece  para o ciclo para não parar de girar”, declarou.

O presidente da Fenauto, Ilídio dos Santos, concorda que o setor sofre impactos pela diminuição na produção de automóveis no país.  

“O setor é impactado pela diminuição na produção de carros novos, pois quando a oferta dos mesmos diminui e não acontece com a fluidez necessária, é criada uma distorção para quem deseja e precisa comprar um veículo, seja para o trabalho ou para o lazer. Naturalmente, o carro usado é a entrada de um novo. Mas, se o cliente quer mesmo um zero, mas não encontra, ou tem uma demora para recebê-lo vai procurar alternativas viáveis e mais rápidas, buscando veículos mais novos que o dele e realimentando a cadeia de negócios”, explicou.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Proposta do autoatendimento em postos tramitará em urgência no dia 26

A MP recebeu proposta de 73 emendas ao texto-base, dentre elas, a que propõe a implantação de bombas de autoatendimento nos postos de combustíveis.

22 de setembro de 2021

Argentina vai permitir a entrada de brasileiros vacinados

Para ingressar no país será necessário comprovar o esquema de vacinação contra Covid-19 completo há ao menos 14 dias, e ter testado negativo para a doença antes do ingresso.

21 de setembro de 2021

Produção nacional de aço tem aumento de 2,92% em agosto, diz Instituto

Com este aumento, os níveis de produção do aço no país seguem elevados, acima de 8 milhões de toneladas por mês durante todo o ano de 2021, com exceção do mês de março.

21 de setembro de 2021

Manaus Previdência lança edital para concurso; salários chegam a R$ 12,4 mil

A vigência do concurso será de dois anos, a partir da data de homologação do resultado final, sendo prorrogável por mais dois anos.

21 de setembro de 2021

Bioeconomia é oportunidade para aperfeiçoar atividades públicas e privadas

Com ajuda do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), representantes dos setores público e privado veem na bioeconomia amazônica, potencial para avançar em suas atividades.

21 de setembro de 2021

Fab Lab cria projetos de fomento à inserção feminina na tecnologia

Nos cursos, ofertados pela instituição, as mulheres têm acesso a conteúdos como: robótica, realidade virtual, modelagem 2D e 3D, eletrônica, marcenaria, IOT, entre outros.

21 de setembro de 2021

Confederação do Comércio: confiança do diminui 0,4% em setembro

Para o presidente da CNC, José Roberto Tadros, os dados reforçam a ideia de recuperação, mas ainda há muitos desafios para serem enfrentados para a retomada da economia.

21 de setembro de 2021

Inovativa Day oferece conteúdo gratuito para empreendedores

Promovido pelo InovAtiva, iniciativa do Ministério da Economia e Sebrae, o evento reforça o plano de realizar 15 mil atendimentos a startups e projetos inovadores no país.

21 de setembro de 2021